Mulher

Massagem erótica Tocar pontos chaves pode aumentar o prazer do casal

Colaboração:
Quintal de Artes e Terapia
07/06/2000

Tá pintando um clima de romance no ar? Pensando no Dia dos Namorados? Ainda não escolheu o presente? Que bom. Principalmente se está atrás de uma fórmula mágica de enlouquecer seu parceiro na cama. Se procura uma idéia original e especial, algo só seu, vai aí uma dica: massagem erótica, feita a dois. Isto mesmo, com pitadas de sensualidade e tudo o mais que vocês têm direito.

É o chamamento do toque, classifica a terapeuta corporal Maria José de Almeida, que prepara profissionais nas artes das massagens estética, terapêutica, relaxante e desportiva no Quintal de Artes e Terapia. É o despertar do conhecimento do outro, através do corpo. As preliminares, apesar de continuarem a ser o caminho mais certo de prazer infinito, podem ser estimuladas. E o toque de alguns pontos especiais, a forma de fazer isto.

Num primeiro momento, ensina Maria José, pense apenas em relaxar o parceiro ou parceira. Faça massagens nos ombros, principalmente nos homens, que costumam "carregar o mundo" nas costas. "É um ótimo início e dá uma idéia do que vem pela frente". Outro ponto que também funciona como relax é a planta dos pés. Vale tanto para eles quanto para elas. Este local corresponde ao plexo solar no mapa dos chackras, que, segundo a filosofia indiana, quando tocados, liberam tanto a recepção como emissão de energia.

O rosto reserva também lugares que, quando manipulados, podem despertar a sexualidade, o mesmo valendo para a planta das mãos. E não se esqueça da região abdominal. "Um toque firme pode levar à loucura".

Para quem não conhece os segredos da massagem, Maria José orienta que a técnica usada deve ser a digitopressão, ou seja, pressionar os pontos com o polegar, para estimulá-los e conseguir o que se deseja; relaxando e despertando a libido que mora dentro de você e do seu parceiro.

Aliada à massagem, a terapeuta corporal sugere que se use a aromoterapia. Algumas fragrâncias estimulam a sexualidade e também a libido. Pode ser flor de laranjeira, iang iang, que é afrodisíaca, o alecrim – estimula a sensualidade, e o óleo de rosas. Tanto pode ser na forma de óleos essenciais como gotas no ambiente. "O óleo", lembra Maria José, "também pode ser usado na massagem e em um bom banho de banheira".

Para incrementar o presente, faça das cores sua aliada. Use e abuse do vermelho, tanto nas roupas íntimas como na roupa de cama. "Uma massagem sobre lençóis vermelhos é sucesso na certa", garante Maria José. Não é à toa que o vermelho é considerada a cor do pecado.

Um ambiente propício completa o trabalho. Maria José explica como dever ser este ambiente: velas aromáticas espalhadas pelo quarto ou pela casa – pode ser com os mesmos cheiros dos óleos essenciais – e pétalas de rosas, que também estimulam a sexualidade e a libido. Não se esqueça do som, um toque de requinte: deve ser suave e em volume baixo. Prefira as instrumentais ou as new age. Baladas românticas caem bem.

A terapeuta corporal orienta que quem não é iniciado na arte da massagem deve tomar cuidado com a liberação de energia provocada por ela. Para que isto não aconteça, deve-se estender um colchão no chão, para eliminar a influência de energias negativas. E um último recado: os ingredientes amor e carinho são fundamentais para que a massagem surta efeito. "Não adianta só fazer o toque. "Ele tem de ser acompanhado de afeto e vir do fundo do coração".

Coloque em prática

A massagem deve ser feita respeitando-se o sentido do fluxo de energia, da circulação sangüínea. Sempre dos pés para a cabeça, de fora para dentro. Nas mãos, da ponta dos dedos em direção ao centro.

  • Ponha a mão dele ou dela com a palma da mão virada para cima, entre as suas. Amasse-a como se fosse quebrar um biscoito.
  • Aperte-a na base de cada dedo e puxe, deslizando até a ponta.
  • Deite de bruço. Seu namorado, ou namorada, deve usar os polegares para fazer pressão em todo o contorno da planta dos pés.

Prontos? Mãos à obra!

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.