• Assinantes
  • Astral

    Libra

    Max Klim Max Klim
    Astrólogo

    O equinócio de primavera no Hemisfério Sul, às 17h03 de 22 de setembro, nos leva no Zodíaco à regência solar em Libra na passagem anual de nosso principal luminar pelo signo do equilíbrio, do senso de justiça e da busca pela perfeição e pela estática em fase na qual o senso humano se volta para os mais comezinhos princípios da igualdade e da noção do que é direito e justo.

    Este é o ponto mais alto da roda do zodíaco e representa na astrologia o signo de Libra, a Balança, campo da busca da harmonia pelo equilíbrio que, num aspecto simbólico, têm forte relação com ideais e sonhos de um mundo onde a igualdade entre os seres humanos se torna princípio básico da vida

    Regido por Vênus, este mês solar é época propícia ao acordo, à diplomacia, à beleza e ao refinamento e nos sugere como seus principais elementos a moderação; a necessidade social; o senso de valores; a paz e a harmonia.

    Na natureza, este novo ciclo solar aponta o mais alto degrau na vida dos seres humanos, momento em que completamos nosso conhecimento e alcançamos o maior potencial de desenvolvimento físico e mental. É o ápice da evolução do ser e ponto de inflexão para uma caminhada declinante. Por isso, a ligação do signo com a noção de equilíbrio e de seu símbolo com a balança.

    Particularidades

    Período de regência astrológica padrão: de 23/09 a 22/10
    Em 2017:: de 11h22 de 22/09 até 20h47 de 22/10
    Regente: Vênus
    Elemento:Ar
    Nativo: libriano ou libriana
    Símbolo: Uma balança estilizada
    Signo oposto: Áries
    Dia da semana:Sexta-feira – dia de Vênus

    Personalidade mundial do signo

    Mohandas Ghandi, líder indiano

    Personalidades de destaque no Brasil

    Dinah Silveira de Queiroz, escritora – Heitor dos Prazeres, compositor e artista plástico – Joel Silveira, poeta e ensaísta – D. Pedro I, Imperador do Brasil – Rachel de Queiroz, escritora – Tarcísio Meira, ator – Austregésilo de Ataíde, escritor e jornalista – Roquete Pinto, educador – Juca Chaves, cantor – Pedro Ernesto, médico – Tim Maia, cantor – Gal Costa, cantora – Domingos de Oliveira, teatrólogo e cineasta – Adhemar Ferreira da Silva, atleta olímpico – Plínio Marcos, dramaturgo – Fernanda Montenegro, atriz – Clóvis Bevilacqua, jurista, escritor – Ida Gomes, atriz – Luiz Inácio Lula da Silva, metalúrgico, político – Zé Kéti, compositor e sambista – Adolpho Block, editor empresário – Catulo da paixão Cearense, poeta –Barão do Rio Branco, político e diplomata – José do Patrocínio, jornalista no Império – Mário de Andrade, poeta e escritor – João do Vale, compositor e intérprete – Cartola, sambista – Abelardo Barbosa Chacrinha, animador de TV – Tom Zé, cantor – Antônio Houaiss, crítico literário, enciclopedista e filólogo – Ulisses Guimarães, político – Chiquinha Gonzaga, compositora e instrumentista – Luís Bonfá, cantor – Grande Otelo, ator – Benjamim Constante, militar e político – Padre Manoel da Nóbrega, religioso – Dias Gomes, dramaturgo – Vinícius de Moraes, diplomata, poeta, compositor – Evaristo de Morais, jurista.

    O tipo libriano

    Com seu temperamento modelado pelo sentido da pacificação do mundo ao seu redor, amante do equilíbrio e da harmonia, você é o exemplo do julgador correto e consciencioso, embora nem sempre ciente do rumo a seguir.

    Sonhador e romântico incorrigível, adora o luxo e faz por onde usá-lo como parte de sua atração pelo ócio e pela vida tranquila. Busca a paz, mas o faz sempre nos seus próprios termos e mostra uma possessividade que impressiona.

    O charme é a arma que Balança usa para conquistar seus espaços. Guarda mágoas e ofensas e sofre em torno disso.

      Pontos positivos

    • O equilíbrio
    • A diplomacia
    • O senso de justiça
    • A sensibilidade
    • A sinceridade
    • O reconhecimento
    • O refinamento
    • A ambição

      Pontos negativos

    • Falta de iniciativa
    • Apego ao luxo
    • Possessividade
    • Egoísmo
    • Sensibilidade à crítica
    • Excessiva dependência

    O homem de Libra

    Um idealista realizador que foge de brigas e confusões. Assim é o nativo do sétimo signo do Zodíaco, um ser que regido por Vênus, um planeta feminino mas que tanta coisa positiva tem a oferecer ao seu filho de um signo que é, ao contrário, masculino expressionável, e dominante, características bem próprias do macho de nossa espécie. Da influência venusiana, o nativo de libra tira elementos que são fundamentais na definição de seu caráter.

    Ele é o conquistador nato que envolve a todos os que o cercam e não faz isso como forma de domínio masculino. Ele o faz por ser da sua própria natureza conquistar desde a atenção de uma criança que o ouve a um adulto que dele necessita. E nesse campo não há o que falar daquele nativo que se lança a uma conquista amorosa. Sem se mostrar predador e dominante ele vai trilhar o verdadeiro caminho da sedução pela sua aguda inteligência e seu conhecimento sempre pronto a desfiar um interminável somatório de dados, experiências, minúcias e detalhes que exporá com graça e encanto.

    Isso serve para todos os momentos da vida do homem de Libra, um bom filho de Vênus que ama o belo e harmonia e não faz concessões quando se trata de convencer os outros de seus próprios conceitos e valores. Para ele, a vida sempre lhe parecerá um deslizar sobre mar suave e caminhar por estrada plana, sem ondas que o derrubem ou montes que lhe entravem os passos.

    Dono de rara capacidade de autodomínio, o libriano enfrentará com muita serenidade os momentos mais difíceis, mesmo que ferva por dentro e viva situação que não lhe agrada por fugir aos padrões ideais de estabilidade e tranqüilidade que ele fixa para seu comportamento. Nessas ocasiões ele vai aparentar uma frieza e um controle que o tornam diferente das demais pessoas.

    O típico nativo de Libra vai manter seu interesse pelo amor até a mais longeva idade. Ele será sempre o digno representante de seu planeta regente na terra e isso faz com que o galanteio irreverente, a apreciação do belo e as bravatas dos conquistadores sejam uma constante em sua vida pois Libra e amor se conjugam com o mesmo verbo de afirmação.

    Dotado de forte intuição, o libriano habitualmente dá pouco valor a esse dom que poderia servir-lhe de contraponto a sua indecisão pois, quase sempre, ao seguir seus institutos e primeiras impressões ele se dá melhor em situações complicadas que com o seu freqüente hábito de adiar decisões. A intuição libriana vem de uma estreita ligação do nativo com as forças da natureza que dirigem seu signo e da influência de Vênus, um planeta que acentua tal dom nas pessoas.

    Há, no nativo, uma certa tendência à instabilidade afetiva que deriva de sua busca do ideal de companhia e do descarte de experiências já vividas, tendência que se combina de forma muito forte com a ânsia por liberdade e o temor de que os laços de uma relação mais estável o façam preso àquilo que não lhe agrada ou compensa.

    Habitualmente o libriano não é pessoa que tenha muito apego a dinheiro. Liberal com o seu, ele o gastará de forma generosa e considerará justo o gasto que se mostrar necessário ou útil pelos resultados que apresenta, embora possa levantar restrições quando o seu dinheiro é empregado em supérfluos que não tenham sido escolhidos por ele. Raramente se verá um libriano mesquinho ou sovina.

    O nativo típico do signo detesta aglomerações ou ajuntamentos que venham a quebrar os seu senso de harmonia. Um comício ou manifestação política apinhada de gente, ser-lhe-á, com certeza, penoso e hostil. Da mesma forma, ele gosta em sua intimidade de ambientes calmos e música ou som suaves, o que se aplica de forma admirável a sua maneira de ser, de vestir, de admirar uma obra de arte, de decorar a sua casa, de criar seu “cantinho” de trabalho e em tudo, enfim. Mas, em torno disso haverá sempre a aceitação por ele da opinião feminina que respeita e espera...

    A mulher de Libra

    A nativa do signo da balança é o mais perfeito e completo exemplo de alguém que representa em seu comportamento, o símbolo de seu signo. Equilibrada na sua aparência, firme e segura em seu modo de se mostrar ao mundo, a libriana vai conscientemente oscilar entre a plena feminilidade de um comportamento conquistador ao mais distante e frio modelo de um comportamento distante e quase masculino.

    Meiga e delicada, a mulher do signo de Vênus guarda em si esses dois extremos de comportamento, embora habitualmente só mostre a sua face mais cordial e amável, revelando-se a mais destacada das hostess no zodíaco, rivalizando-se mesmo com sua companheira de elemento, a geminiana. Requintada e sofisticada ao receber ela o fará de uma forma tão original que se destacará entre seus convidados pela classe e fidalguia.

    Da mesma forma com o que ocorre com seu par masculino de signo, a libriana vai ter fluência em muitos assuntos e não se afastará da discussão mais aprofundada, tendo sempre uma opinião a dar ou uma pergunta oportuna a ser feita, revelando o lado ágil de sua inteligência agudíssima.

    Apesar dessa fluência e de suas constantes demonstrações de conhecimento, ela manterá sempre a sua indefinição sobre tudo o que depender de uma conclusão imediata, refletindo assim uma das mais marcantes das características de seu signo, a indecisão. Ela vai meditar e pesar o assunto até que, pelo tempo, ele lhe dê a solução mais indicada. Em tudo ela vai ponderar duas, tr6es ou mais vezes, até encontrar o que considera o ponto ideal de equilíbrio e isso demanda tempo que, para a libriana, é apenas um pequenino detalhe.

    Incapaz de viver só, ela necessita como ninguém de companhia e de partilha, tanto em seu trabalho quanto nas atividades sociais. Mesmo em casa, a libriana vai buscar sempre alguém para conversar ou para dividir experiências e impressões. Ela considera o casamento uma experi6encia conjunta e, nos negócios leva a mesma conceituação. É uma excelente companheira, mais até do que uma esposa, simplesmente.

    Dotada de sensibilidade para as artes, qualquer manifestação que envolva a criatividade a atrairá fortemente. Sua capacidade de análise é surpreendente e quando livre para agir e pensar ela não deixará que as emoções interfiram nas suas conclusões que serão sempre desapaixonadas e realistas, apesar do atraso com que se tornarão públicas.

    De maneiras suaves, esse dom ele o transfere para sua casa onde haverá sempre um ambiente agradável e acolhedor, com inteligente escolha de cores e tons, esmerado posicionamento dos móveis e de objetos de decoração que serão únicos e exclusivos, de forma a fazer de um ambiente perfeito do mais remoto cantinho de uma vasta mansão.

    Sua aparência frágil e indefesa não reflete a estrutura interior da mulher de Libra que, ao contrário, tem vontade férrea e é muito determinada nas escolhas e naquilo que elege como seu objetivo de vida. Normalmente, a libriana trabalha antes e depois do casamento e, mesmo desempregada, vai considerar suas tarefas em casa, uma ocupação digna e fará de atividades comuns um exercício constante de auto-afirmação.

    Este estudo é melhor detalhado na coletânea “Você e seu signo” com um volume para cada signo - de autoria de Max Klim, editada pela Nova Era – Grupo Record

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.