• Assinantes
  • Casa

    Três ambientes para descansar e relaxar em casa 

    Nome do Colunista Luiz Henrique Duarte 17/02/2017

    Com o crescimento, a cada ano, do número de ambientes integrados e multifuncionais, os espaços idealizados para descansar e relaxar em casa tornam-se cada vez mais presentes na maioria dos projetos de arquitetura e design de interiores. Os ambientes elaborados para fugir da correria e da rotina diária, precisam ser convidativos, projetados com atrativos e elementos decorativos para trazer estilo e personalidade sempre de acordo com as necessidades e preferências dos usuários. É muito importante analisar as dimensões do espaço para integrar com harmonia e precisão o mobiliário, os revestimentos, os adornos complementares e a paleta de cores, garantindo o conforto, a funcionalidade e principalmente a praticidade neste contexto aconchegante e uniforme.

    Ambientes

    Existem vários tipos de ambientes que permitem deliciosos momentos de descontração e lazer, específicos para as áreas internas e externas de nossas casas, os quais são fáceis de criar, independentemente das dimensões espaciais e que todos nós podemos ter o privilégio de usufruir. Ideais para receber os amigos, conviver com a família ou simplesmente aproveitá-los em momentos de leitura e meditação. Na verdade, o que importa, é a simplicidade e a autenticidade destes espaços, um refúgio cativante, onde nossos dias tornam-se muito mais agradáveis e prazerosos.

    A consagração destes espaços depende da idealização e do sucesso do projeto, caracterizando uma visão profissional, seguindo as tendências impactantes e uma ousadia sofisticada, porém com muito estilo e bom gosto. Utilizando como cenário à Dommanni Alta Decoração, a arquiteta e urbanista Raquel Fraga, criou três propostas de ambientes para o descanso e relaxamento com ideias de puro requinte. "Atualmente, nós possuímos os espaços internos e externos, como o home, que são utilizados para o descanso e diversão, as salas de jogos e adegas, ambientes gourmets e as varandas integradas, próximas de salas, churrasqueira ou piscinas ", explica a arquiteta.

    Varanda integrada

    O frescor das espécies verdes e o cheiro da natureza garantem memoráveis momentos de descanso nesta varanda que apresenta um projeto paisagístico composto por uma vegetação resistente ao impacto solar e aos ventos constantes. Um deck com estrutura retangular, todo em madeira, preparado com resina incolor para exposição ao tempo, expõe um conjunto de mesa em alumínio tonalizando com tampo em vidro temperado e cadeiras com fibras sintéticas, ideais para apreciar uma boa conversa ou realizar pequenos lanches ou refeições gourmets.

    O bambu mossô faz contraste com o painel rústico que estende-se por todo o espaço, onde duas poltronas em madeira com almofadas especiais e uma mesa de apoio central com jarras em vidro e um aquário natural sintetizam o decór externo. A escultura em aço cortém representando um cachorro, promove a descontração total deste local. "Em uma varanda, a maior dica é encontrar um móvel adequado, se é coberta podemos utilizar a fibra natural, para as descobertas, ou parcialmente fechadas, fibras sintéticas e lavável, como o aquablock e caso deseje usar plantas, observar a luz solar", ensina Raquel.

    Adega, home e sala de jogos

    A procura do bem-estar está em alta, visando elevar a qualidade de vida e garantir um lazer diferenciado, mas cercado por atributos tecnológicos relacionados ao espaço. Os ambientes descontraídos devem possuir uma certa informalidade, sejam para assistir TV, apreciar um bom vinho ou até mesmo jogar cartas.

    A adega em madeira escura foi projetada com nichos especiais, iluminados com fitas de LED e pode armazenar rótulos especiais, copos, taças, objetos decorativos pessoais e adornos diferenciados. A mesa de jogos, redonda, e com tampo em madeira, com gavetas em toda sua extensão, garante animadas rodadas de jogos e as quatro cadeiras capitoneadas mostram o mix do clássico com o contemporâneo. A persiana escura permite regular a incidência de luz natural externa dentro do ambiente.

    O home, todo automatizado, garante uma excelente qualidade de imagem e som, expõe um imponente sofá retrátil todo escuro em suede impermeável, ideal para assistir filmes, séries e musicais famosos. A manta em tricô cinza e as almofadas quadradas, com hierogramas sintetizam os detalhes que criam o aconchego deste ambiente. As gravuras expostas personalizam o espaço, e as mesas de apoio lateral, em cores diferentes, servem de apoio para copos, garrafas e as tradiciona bowls com pipoca. "No home, é adequado colocar uma mesa lateral para o apoio de bebidas, controles e pipoca, além do rebaixo de teto com uma iluminação difusa, sofás retráteis e um tapete para o ambiente ficar mais aconchegante", resume Raquel.

    Saiba fazer

    A arquiteta ainda sugeriu algumas dicas para os três tipos de ambientes propostos. Mas você também pode, de acordo com a sua realidade, adaptar, criar ou transformar os seus próprios ambientes, aproveitando aquilo que já possui ou reutilizando elementos decorativos ou peças de mobiliário, já existentes em sua casa, desde que tenham harmonia e criem uma atmosfera de descanso.

    • Os móveis para às varandas, dependerão do espaço, se é coberto, poderá ser utilizado às fibras naturais, aberto ao tempo, fibras sintéticas ;
    • Use tecidos impermeáveis em varandas, e sempre realizar uma manutenção com o tempo;
    • As plantas podem ser escolhidas de acordo com o ambiente e à luminosidade solar, e ainda pode servir como cerca viva, mantendo à privacidade em áreas devassadas;
    • Tudo deverá ter uma proporção em seu tamanho, principalmente o mobiliário;
    • Objetos de coleção podem ser expostos agrupados ou receber molduras especiais;
    • Rolhas, pratos, latas de bebidas e medalhas conferem personalidade aos ambientes;
    • Gravuras de cinema e discos em vinil podem ser utilizados;
    • Cafeteiras e geladeiras retrô estão em alta;
    • Observar o selo de qualidade em peças do mobiliário em madeira;
    • Jarros amadeirados em fibra ou cimento, além dos vietnamitas compõe estes ambientes;
    • Quadros de viagem retratando New York, Paris ou outra parte do mundo podem ser expostos;

    Mas, existem espaços, que podem atender, à função de descanso e relaxamento, de acordo com às preferências individuais de cada um, e devem, trazer, acima de tudo, o conforto, como uma sala de jogos, projetada recentemente por Raquel, para atender os hobbies de seus clientes. O mais importante, é criar o seu espaço para descansar e ser feliz, mais nada!

    As fotos exclusivas de Angeliza Lopes Aquino registram.

    Se você é artista plástico, escultor, pintor ou possui um espaço interessante para ser mostrado, entre em contato conosco.


    Luiz Henrique Duarte é Bacharel em direito, designer de interiores graduado, jornalista apaixonado por arte clássica e contemporânea, boa música, arquitetura e tudo relacionado à estética do bem viver.

    Os autores dos artigos assumem inteira responsabilidade pelo conteúdo dos textos de sua autoria. A opinião dos autores não necessariamente expressa a linha editorial e a visão do Portal ACESSA.com

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.