• Assinantes
  • Casa

    Móveis com detalhes metalizados são tendências na decoração

    Nome do Colunista Luiz Henrique Duarte 24/11/2017

    Há muitos anos os projetos da arquitetura de interiores estavam direcionados para os mobiliários confeccionados e produzidos em madeiras brutas, incluindo os armários embutidos da marcenaria planejada e os móveis de apoio, como as cadeiras, aparadores e buffets para as salas de estar e jantar. Com o desenvolvimento do design contemporâneo e as várias questões relacionadas a sustentabilidade, os designers brasileiros e internacionais criam os seus projetos com a utilização das lâminas em madeira, tornando suas concepções ecologicamente corretas e bem mais flexíveis, devido à enorme variedade de tonalidades encontradas através das placas. Atualmente, as tendências incidem para os móveis retilíneos e com detalhes metalizados, proporcionando uma atmosfera aconchegante e uma sensação de leveza dentro de todos os espaços. Os metais acobreados, em aço inox e corten, bronze ou cromados, precisam de estar em equilíbrio e harmonia com a paleta de cores, os revestimentos e todos os acessórios decorativos coadjuvantes, agregando estilo e personalidade aos ambientes. O cenário luminotécnico e o paisagismo natural ajudam a provocar os sentidos visuais e humanizam a estética dominante de todos os espaços, sejam corporativos, comerciais ou residenciais, evidenciando os detalhes metalizados dos móveis  ou em pequenos objetos de arte.

    Décor e tendências

    A decoração moderna proporciona aos espaços da atualidade multiplas possibilidades relacionadas ao mobiliário de vanguarda que, com a utilização dos materiais corretos e da tecnologia, somam durabilidade e qualidade, observando também as questões funcionais e práticas, além da facilidade em suas manutenções diárias. Os metais decorativos permitem aos ambientes uma sofisticação ímpar, que destacam-se as bases estruturais dos sofás, laterais de aparadores e detalhes frisantes de muitos móveis, como a estrutura de apoio para os tampos das mesas centrais ou de jantar. Para as pequenas e médias peças do mobiliário, os metais podem ser inseridos na composição de cadeiras, puffs individuais, poltronas de aproximação e mini-mesas ornamentais.

    A arquiteta Giovanna Brigatti assina vários projetos com a utilização de metais decorativos, observados em detalhes coadjuvantes, através dos acabamentos das peças de mobiliário contemporâneo. A arquiteta idealizou vários ambientes, utilizando sofás, mesas e elementos decorativos arrojados e com design (Mod 01) para ilustrar o metalismo fashion no design de interiores. O mobiliário metalizado é uma das grandes tendências do design, permitindo dentro de seu uso, a composição de vários ambientes únicos, independente do estilo de decoração, seja do clássico ao clean, do boho ao casual. "Os móveis com detalhes em metais seguem as tendências internacionais, e estão com um design mais delicado, seguindo uma linha até mais orgânica", relata a profissional.

    "Os móveis de alguns anos eram confeccionados em madeira bruta, e hoje, são fabricados em lâminas, proporcionando acabamentos laqueados até mesmo com resinas", argumenta Giovanna. Os detalhes metalizados podem compor qualquer parte destes móveis, desde o tampo, base ou laterais, conferindo uma identidade sensacional para cada peça fabricada. Estes móveis estão com as linhas, cada vez mais retas, permitindo um espaço mais clean e descontraído. "O mobiliário moderno está cada vez mais direcionando-se para os traços de linhas retas, e os móveis metalizados podem fazer uma brincadeira com os cortes, desenhos, dobraduras, e até mesmo sua estrutura", explica a arquiteta.

    A arquitetura nórdica mostra ambientes clean em seus projetos, somando a paleta de cores e aos móveis detalhes em metais, principalmente aos acobreados. "Hoje, observamos uma estética aliada à leveza, e o metal proporciona isso, seja na base das mesas, trabalhadas com delicadeza, ou através dos detalhes em aço corten, como também, em elementos vazados e composições proporcionando simetria" afirma a profissional.

    Saiba usar

    Para integrar os móveis metalizados em nossos principais projetos de interiores, devemos levar em consideração as dimensões do espaço e a finalidade de uso para aquele ambiente, direcionando assim as nossas escolhas. Existem metais que não reagem bem com ambientes externos, como varandas gourmet, devido a sua exposição excessiva ao calor e sol, como os cromados, podendo ocorrer uma deterioração das peças. "O alumínio, titânio e o inox podem muito bem compor as áreas externas, como o corten", ensina Giovanna.

    Entretanto, todos os ambientes restantes, onde os móveis metalizados podem ser expostos resultará em um décor extremamente satisfatório. Mas, recomenda-se evitar muitos metais em um ambiente, para não ocorrer uma profusão deste mesmo material e desvalorizá-lo simultaneamente. "Os metais ficarão lindos em qualquer lugar, desde em ambientes destinados para o estar e jantar, quartos, e armários de cozinhas, até em detalhes de cabeceiras de cama", analisa a profissional. Os metais dourados estão voltando com força total, representando um it a mais nas ambientações, mas deve-se dar a preferência para os de tonalidades foscas.

    • Siga sempre um projeto com a ajuda profissional de um arquiteto ou designer de interiores.
    • Os metais em aço inox oferecem maior durabilidade e resistência.
    • Os tons acobreados e bronze, categoricamente, sintetizam ambientes personalizados e requintados.
    • O aço corten é resistente para áreas externas, proporcionando espaços totalmente contemporâneos.
    • Para as bases estruturais de sofás, os cromodados, propagam muito brilho e glamour aos ambientes, porém, evite o contato dos animais de estimação próximos a eles.
    • As mesas centrais com detalhes metalizados na estrutura não necessitam de muitos adornos.
    • Evite metalizar tudo em um único ambiente, escolha no máximo duas peças tipo sofás e mesas centrais.
    • Para as mesas de jantar, os metais em sua estrutura conferem estilo.
    • Móveis com frisos metalizados podem ser expostos em qualquer ambiente.

    Para compor os ambientes com os móveis metalizados, podemos inserir vários elementos decorativos, porém, com equilíbrio e harmonia. "Podemos dar uma verticalizada dentro dos ambientes, com quadros e poucos adornos nas mesas de centro, como livros e pequenos objetos, deixando, o destaque maior para os móveis metalizados", ensina Giovanna. A tonalidade da paleta de cores, dos revestimentos dos sofás, podem ser neutras, deixando as almofadas mais coloridas, mas, com tecidos escuros, como o preto e o cinza chumbo, onde, os metais estarão destacando-se cintilantes em qualquer circunstância. "Se você está colocando um móvel, com design diferenciado, igual a estes desenvolvidos através do Silvio Romero, você poderá expor poucos adornos ", finaliza a arquiteta.

    Com os ambientes mais compactos, devemos optar por sofás menores, como outras peças de nosso mobiliário, aumentando a sensação de amplitude dos espaços, principalmente com a utilização de móveis com detalhes metalizados.

    As imagens de nossa galeria de fotos registram.

    Luiz Henrique Duarte é Bacharel em direito, designer de interiores graduado, jornalista apaixonado por arte clássica e contemporânea, boa música, arquitetura e tudo relacionado à estética do bem viver.

    Os autores dos artigos assumem inteira responsabilidade pelo conteúdo dos textos de sua autoria. A opinião dos autores não necessariamente expressa a linha editorial e a visão do Portal ACESSA.com

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.