Casa

Aspecto de madeira surge como tendência para pisos e rodapés Entre os materiais usados estão o porcelanato, a madeira HPP, além de pisos cimentícios, que apresentam caráter ecologicamente correto

Aline Furtado
Repórter
18/2/2011
Ambiente

Quem pensa em reformar ou construir a casa e pretende seguir os passos da tendência de uso de pisos e rodapés deve considerar que ações ecologicamente corretas vêm sendo adotadas por grandes marcas e fazem parte do que há de novo no mercado.

Uma delas é o uso de material que imita a madeira, assemelhando-se ao material nas cores e na textura. "Hoje em dia, é possível encontrar, no mercado, peças muito parecidas com a madeira, como em porcelanato. O mais interessante é que não agride o ambiente porque não são fruto de extração", destaca o gerente de vendas de uma rede de material de construção e decoração, Guilherme Picinini.

Ele lembra, ainda, que a manutenção deste material é mais prática do que a da própria madeira. "Existe uma série de cuidados com a madeira, que não precisam ser tomados com o porcelanato, como no caso de uso da água." O piso que imita a madeira vem sendo muito usado para compor faixas em paredes ou mesmo no chão, além de colunas. "É uma forma de quebrar um ambiente neutro, alcançando, desta forma, um visual bem interessante." O porcelanato pode ser encontrado em diversos tamanhos, desde os maiores até os filetados.

Ainda com relação aos pisos, outra tendência são os flutuantes, montados sobre pisos já existentes (foto acima). "Uma combinação bonita é sobrepor um flutuante que imita madeira a um de porcelanato claro." A sobreposição pode ser feita em diferentes ambientes, como salas, quartos e até mesmo em cozinhas.

O gerente lembra que anteriormente o rodapé servia apenas como proteção. Contudo, atualmente, os rodapés vêm com alto caráter decorativo. "As pessoas têm buscado mesclar as tonalidades de piso, rodapé e parede, com isso, o rodapé acaba ganhando um destaque que não tinha antes." Segundo Picinini, outra cor muito usada em rodapés é o branco, que combina facilmente com diferentes tipos de ambientes. "O neutro sempre cai bem, como o branco, o areia, o bege e o marfim." Além do porcelanato, outro material que vem sendo muito utilizado no caso de rodapés é o HPP, fabricado a partir de madeira de eucalipto reflorestada e que se assemelha a um compensado.

Alguns rodapés disponíveis no mercado aliam a beleza à praticidade, já que trazem, na parte de trás, um vão por onde passa a instalação elétrica. "Eles podem ser sobrepostos, dependendo da necessidade de cada um e da quantidade de fio que será escondida atrás, por isso, são ideais para esconder a fiação durante reformas."

Pisos cimentícios

Com aspecto rústico, já que se assemelham a pedras, os pisos cimentícios também estão em alta, podendo ser usados tanto em ambientes internos quanto nos externos. "É possível criar um visual interessante, por exemplo, em uma sala de jantar. Nos ambientes externos, os cimentícios são usados em bordas de piscinas, em degraus e em varandas." As peças também são ecologicamente corretas, visto que são formadas por meio do reaproveitamento de materiais como areia e concreto. Esses pisos não retêm umidade. Além de serem atérmicos, podem ser usados em paredes ou no chão.

Os textos são revisados por Thaísa Hosken

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.