• Assinantes
  • Cidade
    Juliana Machado Juliana Machado 29/03/2016

    Dez motivos simples para se preocupar com o planeta

    1. Você depende do planeta para comer, morar, respirar , existir enfim (esse motivo por si só já bastaria...)

    2. É responsabilidade dos agentes morais conscientes - teoricamente, nós, seres humanos adultos e saudáveis - cuidar de tudo aquilo que nos cerca, por uma questão de compaixão. Ou de dever mesmo.

    3. Não existe outro planeta como este até onde sabemos.

    4. Somos os responsáveis por tudo de estranho que vem acontecendo com a Terra hoje: da poluição, às queimadas, da emissão de gases de efeito estufa à extinção de espécies.

    5. Nenhuma outra espécie, em nenhum momento da história impactou tanto e de forma tão negativa este planeta, como a nossa. Nenhuma outra tem o poder de mudar o rumo das coisas, como a nossa também.

    6. A Terra é um planeta que tem um poder de renovação possível. No entanto, se quisermos seguir a hipótese de Gaia, na qual este planeta é como se fosse um organismo, para se reerguer, a Terra irá eliminar tudo aquilo que a ela faz mal, logo a nossa espécie corre riscos reais.

    7. Individualmente somos capazes de uma reflexão moral racional e imparcial de modo a compreender sem dificuldades o tamanho do estrago que cada um de nós causa ao negligenciar uma mudança mínima de atitude.

    8. A natureza, as paisagens, as montanhas, os mares, rios, florestas e animais, são parte essencial do nosso bem-estar e do bem-estar de outros seres vivos. Seja por uma questão de sobrevivência, de apreciação espiritual, de valor estético, lazer ou qualquer outra forma de valoração.

    9. Nenhuma obra humana conseguirá nunca, ser tão magnífica, perfeita, harmônica e benéfica como a natureza. Não se iluda.

    10. Por fim, por uma questão de tempo. Não há mais tempo para pensarmos o contrário de nada do que está aqui dito. Não é porque eu quero, ou porque eu sei o que é melhor. Longe de mim! Na minha humildade eu reconheço o quão pequenos somos - todos nós - diante de todo o poder que a Terra como planeta encerra. A questão é que enquanto não nos enxergarmos como parte de um todo, assim os demais seres vivos, nós seremos os deslocados, os que andam a margem de todo esse equilíbrio. Sabemos como não fazer parte de um todo é difícil. Podemos alterar o rumo das coisas valorizando de fato a Ecologia. Nas escolas, nos livros, nos debates e nas nossas reflexões mais íntimas. Não vejo outra alternativa.


    Juliana Machado é Bióloga, mestre em Ciências Biológicas - Comportamento e Biologia Animal - UFJF/MG. Doutoranda em Bioética, ética aplicada e saúde coletiva - UFRJ/UFF/UERJ e Fiocruz.

    Os autores dos artigos assumem inteira responsabilidade pelo conteúdo dos textos de sua autoria. A opinião dos autores não necessariamente expressa a linha editorial e a visão do Portal ACESSA.com

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.