• Assinantes
  • Cidade
    Quarta-feira, 28 de dezembro de 2016, atualizada às 9h40, atualizada às 12h54

    Chuva causa estragos em Juiz de Fora

    Da redação

    Devido a forte chuva registrada em Juiz de Fora na noite da última terça-feira, 27 de dezembro, a Defesa Civil (DC) contabilizou 40 chamados. Desse número, a maioria foi nas regiões Sudeste, Leste e Oeste. Nesta quarta, 28, as equipes estão empenhadas para atender os chamados de queda de árvore em vias públicas e destelhamento de casas.

    As ocorrências mais graves foram: uma queda de árvore na rua Carlos Palmer, no bairro Vila Ozanan, que danificou a rede elétrica. Outra árvore, caiu na avenida Rio Branco, esquina com Doutor Romualdo, no Centro. Além disso, um muro na rua Salvador Del Duca, no Nova Era, caiu, atingindo meia pista.

    Conforme informações da assessoria da Defesa Civil muitas residências tem coberturas de laje com estruturas metálicas. "Com os ventos, as telhas voaram por inteiro, caindo sobre a fiação elétrica. Também foi registrado grande quantidade de quedas de árvores em vias públicas que também atingiram a rede elétrica, deixando vários pontos da cidade sem energia".

    A rua Feliciano Pena (foto abaixo), no bairro Mariano Procópio, ficou alagada e foi totalmente interditada. No Cascatinha, o muro do clube desabou e a rede de drenagem não suportou o grande volume de água. Em cerca de 30 minutos, o volume de chuva foi intenso na região. São Pedro registrou 86,87mm nesse período, seguido do Aeroporto, 69,47mm, e Passos Del Rei, 69,23mm. A média de todos os pluviômetros da cidade foi de 38,81m.

    Vários bairros da cidade ficaram sem luz, mas até o momento a Cemig não soube informar a situação na cidade. No bairro São Mateus e Mariano Procópio, os moradores registraram acumulo de lixo e comerciantes tiveram que limpar as lojas no início da manhã. Na avenida Barão do Rio Branco, moradores de um prédio próximo à Santa Rita, tiravam água da garagem com baldes nesta manhã. Na foto acima, uma internauta registrou queda de árvore na Praça Antônio Carlos.

    De acordo com a assessoria do Corpo de Bombeiros, houve queda de árvores na fiação da Cemig. Até o momento, corporação registrou dois destelhamentos, um deslizamento, 16 quedas de árvores e ainda quatro registros de enchente e inundação logo após a chuva.

    Com a falta de energia, os boletins da DC foram feito à mão e até o final do dia eles serão passados para o sistema, quando a pasta poderá informar outros detalhes.

    Níveis das  represas

    Com as chuvas dos últimos dias, os níveis das mananciais que abastecem a cidade estão operando com um volume expressivo: Represa de São Pedro: 80%; Represa Doutor João Penido: 81,4% e Chapéu D'Uvas: 69%.

    Obras de reparo

    A Empresa Municipal de Pavimentação e Urbanização (Empav) está realizando operação tapa buraco nas ruas João Pinheiro (Jardim Glória), da Bahia (Poço Rico), Goiás (São Bernardo) e José Lourenço - Estrada da Mindoca (Borboleta). As equipes também estão atendendo os endereços que já estavam incluídos na programação. O setor de Parques e Jardins, também da Empav, trabalha na remoção de galhos e árvores que estão impedindo o tráfego de vias como nas avenidas: Barão do Rio Branco (Centro), Presidente João Goulart (Cruzeiro do Sul) e Brasil (Centro). Além de ruas dos bairros: São Pedro, Poço Rico, Nova Califórnia e Granbery. As praças que também foram afetadas pela chuva, como a Praça Antônio Carlos, no centro da cidade, estão sendo atendidas pelas equipes. Já a Secretaria de Obras (SO) está realizando vistorias para identificar os problemas ocasionados pelas chuvas e assim tomar as providências necessárias. Uma equipe continua trabalhando na limpeza da rede de águas pluviais, na região Central.

    No momento, oito elevatórias de água da Cesama estão paradas em função da falta de energia elétrica, devido à chuva da noite desta terça-feira, 27. As elevatórias Democrata, Parque Guarani, Caiçaras, Encosta do Sol, Amazonas e Santos Dumont, que abastecem os bairros de respectivos nomes, estão com o fornecimento de água comprometido, assim como a unidade Belmiro Braga, que abastece parte da região sul da cidade, e a elevatória Paracatu, que fornece água para os bairros Bandeirantes, Vivendas da Serra, Marumbi, Bom Clima e Granjas Betânia. A Cemig já foi acionada e a Cesama aguarda o restabelecimento da energia, ainda sem previsão, para regularização dos serviços.

    No bairro de Lourdes, funcionários da Cesama estão recompondo uma vala na Rua Maria Gonçalves Torres, com cerca de 19 metros de extensão. Na terça-feira, foi feita uma manutenção na rede de esgoto local, e a vala foi recomposta para posterior asfaltamento, como de costume. Porém, a chuva comprometeu o trabalho realizado e a companhia está recuperando a vala para que a via possa ser asfaltada.

    A Settra, através do Departamento de Fiscalização, está dando apoio e sinalizando os locais que apresentam danos para o trânsito. São eles: Avenida Brasil, em frente a Prefeitura (árvore caída); Avenida Barão do Rio Branco com a Rua Doutor Romualdo (árvore caída); Praça Antônio Carlos; Rua Antônio Carlos (árvore caída); Avenida Francisco Valadares, próximo ao Demlurb; também na Avenida Francisco Valadares, mais à frente, interdição total no sentido Centro/Bairro, com liberação de veículos aos poucos; Rua Gentil Forn (árvore caída); Rua Princesa Isabel e Barão de Santa Helena, no Granbery (árvore caída); Rua Carlos Palmer (árvore caída), com interdirão de parte da pista; reposicionamento de braço de semáforo da Avenida Francisco Bernardino com Marechal Deodoro; Rua Salvador Del Duca, Bairro Nova Era II, interditada totalmente.

    O Demlurb está realizando lavação em várias ruas dos bairros São Mateus e também na Avenida Presidente Itamar Franco. Além disso, está sendo feito a retirada de lama da Avenida Rio Branco próximo ao Bom Pastor; na Avenida Francisco Valadares, na altura do bairro Vila Ideal; e nas ruas Osório de Almeida e Espirito Santo, no Poço Rico. Durante o dia, outros pontos da cidade serão atendidos conforme demanda.

    Unidades sem energia

    As Unidades de Atenção Primária à Saúde (Uaps) de Benfica, Furtado de Menezes, Jardim da Lua, Vila Ideal e Vila Olavo Costa estão com os serviços temporariamente suspensos, pois as unidades ficaram sem energia, algumas com danos.O Procon está sem energia elétrica e os consumidores sem atendimento. A previsão de retorno é às 12h.

    O Núcleo Travessia, no Vila Olavo Costa, está sem energia e o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do local está funcionando parcialmente por conta disso.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.