• Assinantes
  • Cidade
    Terça-feira, 7 de março de 2017, atualizada às 17h17

    Comerciantes temem transtornos de obra da Cesama na rua Floriano Peixoto

    Lucas Soares
    Repórter

    Uma intervenção que a Companhia de Saneamento Municipal (Cesama) iniciou na última segunda-feira, 6 de março, deixou comerciantes da rua Floriano Peixoto, no Centro, preocupados. As obras têm previsão de durar até o fim do mês, e para que aconteçam, serão necessárias interrupções do abastecimento de água de segunda a sexta, de 7h30 às 17h, horário de funcionamento dos estabelecimentos. Com isso, a maioria dos proprietários terá a rotina alterada pelas obras de implantação dos 425 metros de redes de água no trecho entre a rua Santo Antônio e a Tiradentes.

    O dono de um restaurante na esquina das ruas Floriano Peixoto e Santo Antônio, Luiz Cézar Menezes, 52, afirma que, até o momento, não recebeu nenhum comunicado sobre a falta de água e que teve que procurar se informar junto aos técnicos que realizavam a intervenção.

    "Eu fiquei sabendo da obra a partir do início dela, não recebi nenhum comunicado. A minha capacidade de reserva de água é limitada para 2 mil litros, eu gasto aproximadamente 4 mil por dia. Estou viabilizando até com a própria Cesama para que o meu registro seja aberto em determinado horário para encher a caixa e não ficar sem, nos horários de pico. A minha rotina, enquanto proprietário e cozinheiro, foi alterada. Hoje já cheguei às 4h, para começar a cocção de ingredientes que demandam água, além de fazer a limpeza, com o fluxo normalizado. Antes eu chegava às 6h", afirma.

    Patrícia Vaz, 51, dona de uma cafeteria na Floriano, também acredita que o órgão deveria ter avisado aos comerciantes com antecedência. "Nós não fomos avisados previamente. Eu acho que deveriam ter nos falado com antecedência para nos organizarmos, não é em cima da hora. A gente espera não ser prejudicado, porque o que foi passado por um funcionário, é que não vai faltar água o dia todo. A nossa caixa d'água é abastecida durante o dia, para evitar alagamento, e agora vai ficar ligada durante a noite e eu vou correr esse risco, não tem outro jeito. Espero não ser prejudicada", afirma.

    Já na opinião da gerente de um salão de belezas, Leiliane Reink, 38, se a Cesama religar o abastecimento no horário combinado, não deve haver problemas. "O nosso prédio tem uma caixa d'água, mas o salão funciona de 8h às 20h. Todos os moradores do prédio também usam a água da caixa e se acabar antes do previsto, vamos acabar sendo prejudicados. Se a Cesama cumprir o combinado e ligar o abastecimento às 17h, não devemos ter problemas", diz.

    De acordo com a assessoria da companhia, "as obras de implantação que estão acontecendo na Rua Floriano Peixoto são parte integrante de um projeto de remodelação do sistema de abastecimento da região central, que já vinha acontecendo em outras vias do bairro. A Cesama lamenta pelos transtornos causados à população local, mas informa que os trabalhos são necessários para modernização do sistema, que contava com redes muito antigas e já desgastadas. E para realização dos serviços, que são feitos de acordo com o cronograma da companhia e autorização da Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra), não há outra forma senão a suspensão temporária do fornecimento de água. Os imóveis que possuem caixa d'água compatível com seu consumo não chegarão a sentir o desabastecimento, e quaisquer solicitações podem ser feitas à Cesama por meio do 115. "

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.