Cidade

Aves são importantes para o equilíbrio ambiental Entre outros fatores, as aves sinalizam a condição ambiental
de determinada região


Marinella Souza
*Colaboração
05/08/2008

Com a sustentabilidade em alta, as aves aparecem como um fator importante na preservação do equilíbrio ambiental porque além de serem agentes dispersores de sementes, controladores de roedores e cobras, elas são um "termômetro da condição ambiental da região", como explica Luciano Medeiros Cunha.

"Quando uma ave comum em determinada região aparece em um outro lugar é o indício de que algo está errado. Pode ser que a região de origem esteja desmatada demais ou qualquer outra alteração ambiental que precisa ser pesquisada", diz.

Apaixonado por fotografia e aves, o engenheiro eletricista tem o hábito de observar e fotografar as aves de Juiz de Fora e região. O que era apenas um hobby para distrair das tensões do dia-a-dia se transformou no "Guia de aves: Juiz de Fora e região", um guia prático sobre as espécies existentes na cidade.

Luciano ressalta que seu guia se baseia em suas experiências de observador. "As fotos que estão no livro são aquelas que, na minha percepção, mais aparecem na região. O que não quer dizer que sejam realmente as mais comuns porque muitas aves são arredias e não permitem a aproximação. Algumas aves não se deixam fotografar", explica.

Luciano conta que suas fotos das aves da cidade surpreendiam seus amigos, que não sabiam que Juiz de Fora apresentava uma fauna tão rica. Mas o autor explica que a cidade está em uma região privilegiada. "Estamos cercados pela Mata Atlântica, onde existem muitas espécies endêmicas, ou seja, que só acontecem aqui. Isso torna a região muito rica". Entre as espécies endêmicas, Luciano destaca o tiê-sangue e as saíras.

foto de saíra-douradinha ,retirada do Guia de Aves: Juiz de Fora
 e região foto de tiê-sangue, retirada do Guia de Aves: Juiz de Fora
 e região foto de saíra-lagarta, retirada do Guia de Aves: Juiz de Fora
 e região

Com o seu guia, Luciano pretende fazer com que as pessoas tomem consciência da importância do cuidado com as aves e com o meio ambiente de forma geral. "Meu objetivo é despertar nas pessoas o sentimento para a nossa biodiversidade, que passa despercebida no dia-a-dia. Dessa forma, eu espero proporcionar a integração entre o homem e a natureza, que é a chave para a sustentabilidade, da qual tanto se tem falado".

Além das questões ambientais

foto de Luciano Cunha Com o foco no respeito e na preservação ambiental, Luciano pretende ir além do guia. "Quero proporcionar o início do turismo de observação de aves, uma modalidade que tem crescido no mundo inteiro". Luciano garante que Juiz de Fora é um bom nicho para esse tipo de turismo. "O livro prova isso", afirma.

Além disso, está nos planos do engenheiro, fotógrafo e escritor a criação de um clube de observação de aves na cidade. "A idéia é criar um espaço onde as pessoas que gostam de fotografar aves possam trocar fotos, curiosidades e informações sobre elas".

E para quem não se liga em questões ambientais, Luciano dá uma dica. "A observação de aves é uma forma de lazer, de aliviar o estresse do dia-a-dia", argumenta. E não há como negar que o contato com a natureza é mesmo relaxante.

O lançamento do "Guia de aves: Juiz de Fora e região" acontece nesta quinta-feira, 07 de agosto, às 18h na Livraria Leitura (Avenida Rio Branco, 2167 - Centro ).

*Marinella Souza é estudante de Comunicação Social da UFJF

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.