• Assinantes
  • Seus Direitos



    Luz


    Pode ocorrer "corte" do serviço por falta de pagamento?
    Sim, salvo em casos extremos. A concessionária de energia elétrica pode suspender o fornecimento do serviço. Entretanto, para evitar prejuízos e transtornos, o consumidor deve ser avisado com 15 dias de antecedência.

    Em caso de "corte" e posterior pagamento da conta atrasada, qual é o prazo para a religação?
    A concessionária tem o prazo máximo de 48 horas para normalizar o fornecimento do serviço. Se não o fizer, e ocorrendo danos, deve o consumidor se dirigir ao Juizado Especial Cível.

    Havendo "corte" indevido, qual é o prazo para religação?
    A concessionária tem o prazo máximo de 4 horas para efetuar a religação. Além disso, caso a prática ilegal tenha dado ensejo à danos materiais e/ou morais, o consumidor deve se dirigir ao Juizado Especial Cível para ser indenizado.

    A cobrança pela média é possível quando o consumidor não está em casa para receber o leiturista?
    Sim. A concessionária pode cobrar pelo consumo médio dos últimos seis meses caso o leiturista não tenha acesso ao relógio na data marcada para a leitura. Para evitar tal problema, as contas enviadas ao consumidor possuem a data da próxima marcação. Confira-a e tome as devidas providências no sentido de possibilitar ao leiturista o seu trabalho.

    A conta deve ser entregue ao consumidor quanto tempo antes do vencimento?
    O consumidor deve receber a conta indicando o consumo do mês 10 (dez) dias antes da data do vencimento.

    O consumidor pode escolher ou modificar a data do vencimento da conta?
    Sim. A concessionária é obrigada a oferecer gratuitamente, no mínimo, 6 (seis) datas opcionais para o vencimento de conta. O consumidor interessado deve se dirigir a uma loja da concessionária e se informar sobre as datas disponibilizadas.

    Como devo proceder se alguns aparelhos de minha casa sofreram danos em virtude de queda de energia ou de descarga elétrica?
    A pessoa deve entrar em contato imediatamente após o ocorrido com o serviço de atendimento ao cliente para relatar os fatos. Depois, portando três orçamentos detalhados, o consumidor irá se dirigir a loja da empresa mais próxima a sua residência para realizar o pedido de indenização da quantia gasta no conserto dos bens avariados. É importante não esquecer de exigir o protocolo de registro da reclamação. Caso a concessionária decida não indenizar os prejuízos causados, o consumidor deve procurar o Juizado Especial Cível.

    A empresa tem algum prazo para responder às reclamações feitas?
    Sim. Segundo a ANEEL, a concessionária tem o dever de responder às reclamações feitas pelos consumidores no prazo máximo de 30 dias. Caso assim não proceda, a agência reguladora tem o dever aplicar alguma sanção à empresa.

    Quais são as orientações gerais que podem ser dadas ao consumidor do serviço de distribuição de energia elétrica?
    Caso o consumidor queira efetuar qualquer tipo de reclamação (alta no consumo, problemas no medidor, não emissão de contas) deve se dirigir a uma loja da concessionária levando as 3 (três) últimas contas pagas. Em Juiz de Fora, a Cemig está localizada na Avenida Barão do Rio Branco, 2281/9ºandar e o telefone é (32) 3229-6567.

    É importante sempre exigir o protocolo de registro da ocorrência. Não sendo resolvido o problema, o consumidor pode procurar um órgão de defesa do consumidor para fazer prevalecer seus direitos.

    Fonte: portal Em Defesa do Consumidor

    Reclamações: procure o Procon de Juiz de Fora
    Horário de funcionamento: De segunda a sexta de 9h às 17h

    Procon (Centro)
    Procon (Zona Norte)
    Avenida Getúlio Vargas, 200
    Centro - Juiz de Fora - MG
    CEP 36010-110
    Telefones: 3690-7005 ou
    3690-7006
    Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 5351
    Nova Era - Juiz de Fora - MG
    CEP 36.087.000
    Telefone: 3690-7924


    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.