• Assinantes
  • Educação
    Quinta-feira, 11 de janeiro de 2018, atualizada às 14h53

    UFMG lança concurso com 56 vagas para cargos técnicos e administrativos

    Da redação

    A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) anunciou concurso público para preencher 56 vagas de cargos técnicos e administrativos nas unidades de Belo Horizonte. As oportunidades são para os níveis superior, médio, técnico e fundamental. A carga horária é de 40 horas semanais e os salários vão até R$4.180,00.

    As inscrições serão abertas no dia 19 de fevereiro e encerradas no dia 12 de março. O edital pode ser consultado no Diário Oficial da União. Conforme a UFMG, o concurso terá vigência de dois anos, podendo ser prorrogado por mais dois. A homologação dos resultados será feita em junho, antes do prazo mínimo anterior às eleições em que não é permitido nomear para cargos públicos.

    As vagas foram distribuídas da seguinte forma: Analista de Tecnologia da Informação (8), Arquiteto e Urbanista (1), Assistente Social (2), Bibliotecário-documentalista (2), Enfermeiro (1), Jornalista (2), Nutricionista (1), Pedagogo-área (2), Psicólogo (1), Químico (1), Terapeuta Ocupacional (1), Técnico de Laboratório - Mineração (1), Técnico em Agropecuária (2), Técnico em Anatomia e Necropsia (1), Técnico em Arquivo (1), Técnico em Artes Gráficas (3), Técnico em Audiovisual (2), Técnico em Eletromecânica (1), Técnico em Eletricidade (1), Técnico em Mecânica (1), Técnico em Telefonia (1), Auxiliar em Administração (17), Contramestre-Ofício (1), Sonoplasta (1), Operador de Máquinas Agrícolas (1).

    O concurso prevê provas práticas para os cargos de técnico em audiovisual, técnico em artes gráficas, técnico em mecânica e operador de máquinas agrícolas. Pessoas com deficiências poderão solicitar apoio para a realização das provas, como material escrito em braile, tradução em Libras etc.

    Candidatos participantes de programas sociais do governo federal poderão requerer isenção de taxa de inscrição.

    Cota racial e isenção

    Pela primeira vez, os candidatos autodeclarados negros serão avaliados por comissão constituída pela UFMG. Mesmo no caso de cargos em que não esteja prevista reserva de vagas, a declaração poderá ser feita, já que possíveis novas vagas, dentro da vigência do concurso, poderão ser destinadas a candidatos autodeclarados negros ou pessoas com deficiência. As autodeclarações serão avaliadas por comissão composta de três servidores, entre técnicos e docentes.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.