• Assinantes
  • Esporte

    Tupi perde “caminhão” de gols, mas consegue vencer na Série C

    Matheus Brum Matheus Brum 17/07/2017

    Foram, ao todo, 20 finalizações. Média de um chute a cada quatro minutos e meio de partida. Entretanto, faltava confiança. Com os atacantes sem marcar desde a estreia no Campeonato Brasileiro da Série C, quando Matheus Pato marcou contra o próprio Tombense, era nítido que os homens de frente sempre buscavam aquele passe a mais. Porém, no final do jogo, Andrey achou Ítalo, que teve calma, e fez o gol da vitória diante da equipe de Tombos. Com os três pontos no bolso, o Carijó foi a 16, ficando provisoriamente na segunda colocação (aguarda o embate entre Botafogo-SP e Bragantino).

    O confronto começou com tudo. Apesar do sol forte que fazia em Juiz de Fora, os atletas começaram com disposição, impondo um ritmo forte à peleja. Logo aos quatro minutos, a primeira boa oportunidade. Éverton recebeu de Max, dentro da área e chutou. A bola explodiu no travessão de Paulo Henrique. O lance causou apreensão nos quase 1.000 torcedores alvinegros presentes no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio.

    Recobrado do susto, o Tupi foi pra cima. Aproveitando dos espaços deixados entre as linhas de marcação do Gavião Carcará, o Galo criava, tocava e envolvia o adversário. Porém, a bola insistia em não entrar. Quando não ia para fora, parava em Darley ou carimbava a trave. Andrey, Dênis (contra), Marcinho e Romarinho tiveram chances de abrir o placar, sem sucesso.

    No segundo tempo, a pressão carijó foi ainda maior. Contudo, do outro lado, o técnico Raul Cabral armava cada vez mais o Tombense para explorar os contra-ataques. O jogo, por fim, foi franco.

    As substituições se tornaram um verdadeiro jogo de xadrez. Percebendo a armação adversária, Ailton Ferraz sacou Romarinho e colocou Flávio Carvalho. Perdia em velocidade, mas ganhava no físico. Assim, os zagueiros precisavam ficar de olho no atacante.

    Na sequência, Cabral sacou Éverton e Éverton Maradona, substituindo-os por Keke e Allan Dias, respectivamente. O primeiro, extremamente veloz, o segundo alto e forte. A tática estava perfeita: velocidade e bola área. E desta forma, quase que o alvirrubro abriu o placar. Keke partiu pela direita e cruzou rasteiro. Wellington, de frente pro gol pegou mal e isolou.

    Em outro lance, Allan Dias recebeu cruzamento no segundo pau. Ele ajeitou para Max, na risca da pequena área. Por sorte, o centroavante escorregou e mandou para fora.

    O Tupi respondia com várias chegadas ao ataque, mas, as finalizações não causavam tanto perigo. Diego Luís, Andrey e Leandro Brasília, tentavam, mas não conseguiam passar por Darley. Foi então que brilhou a estrela de Ailton Ferraz. O treinador, que teve seu nome gritado pelos torcedores antes do início do confronto, colocou Ítalo na vaga de Diego Luís, aos 32 minutos.

    Dez minutos depois, o “Fantasma do Mineirão” usou a tática do Gavião e abriu o placar. Num rápido contra-ataque, Andrey achou Ítalo livre. O camisa 17 ficou cara-a-cara com Darley, e só teve o trabalho de tocar com calma no canto do goleiro. 1 a 0 e festa no Municipal.

    Após o tento, a lógica inverteu. O Tombense, que tentava amarrar a todo custo a partida, começou a partir para cima. Entretanto, não havia mais tempo. Vitória e muita comemoração no estádio.

    Agora, o Tupi viaja para o Rio Grande do Sul, para enfrentar o Ypiranga, em Erechim, no próximo domingo (23), às 15h.

    Ficha Técnica – Tupi 1 x 0 Tombense

    Gol: Ítalo (TUP), aos 41’ do 2º tempo.

    Tupi: Paulo Henrique, Lucas, Fernando, Patrick e Bruno Santos; Marcel, Leandro Brasília, Diego Luís (Ítalo) e Andrey; Romarinho (Flávio Carvalho) e Marcinho (Juninho). Técnico: Ailton Ferraz.

    Tombense: Darley, Marcelo (Marrone), Wellington Carvalho, Ednei e Dênis; Natan, Lucas Chapecó, Éverton (Keke) e Éverton Maradona (Allan Dias); Wellington e Max. Técnico: Raul Cabral

    Arbitragem: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ) auxiliado por Michael Correia (RJ) e João Luiz Coelho de Albuquerque (RJ).

    Público e Renda: 972 (500 pagantes) / R$10.500

    Matheus Brum nascido e criado em Juiz de Fora, jornalista em formação pela Universidade Federal de Juiz de Fora, e, desde criança, apaixonado pelo Flamengo e por esportes. Atualmente é redator/editor do site Coluna do Flamengo, repórter esportivo da Rádio Catedral 102,3 FM e colunista da Rádio Muriaé. Já passou pela TV Alterosa, Programa Mosaico e Rádios CBN-JF e Cultura, Santos Dumont.

    Os autores dos artigos assumem inteira responsabilidade pelo conteúdo dos textos de sua autoria. A opiniao dos autores nao necessariamente expressa a linha editorial e a visao do Portal ACESSA.com

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.