Casa
Piscinas para todos os gostos
O formato e os cuidados com a manutenção devem ser levados em conta na hora da escolha de sua piscina

Sílvia Zoche
Repórter
23/11/05

Clique no ícone ao lado e assista o que o engenheiro e dono de uma loja de piscinas, Edson Dorini, fala sobre a segurança

Leia!

Colocar uma piscina em casa ou apartamento pode ser garantia de festa e curtição para família e amigos. Só que é preciso pensar em alguns detalhes importantes, como a estrutura do solo, a higiene, manutenção, segurança, economia e até a iluminação, caso você queira sair do tradicional azul, como na foto ao lado. Tudo isso antes de comprar a tão sonhada piscina, para não gerar dor de cabeça depois (leia a matéria).

Manutenção
Tomou as providências necessárias, é hora de manter sua piscina novinha em folha por anos a fio. É recomendável ter um sistema de filtragem para facilitar o trabalho de higienização. Segundo o engenheiro mecânico, Edson Dorini (foto acima), o filtro em poliéster consegue absorver partículas que não são vistas a olho nu, de até seis micras (um micra equivale a milésima do milímitro). "Normalmente, os sistemas de filtragem com areia absorvem até 20 micras somente. Além disso, todo ano a areia deve ser trocada, já o filtro de poliéster não", explica Dorini.

Quanto ao tempo de duração, a facilidade de limpeza são nas piscinas de fibra de vidro, já que as de vinil devem ter um cuidado maior, porque objetos pontiagudos podem perfurá-la com mais facilidade. A de alvenaria é ainda mais trabalhosa, porque exige a limpeza dos rejuntes, além dos azulejos ou pastilhas. "A limpeza da piscina de fibra demora cerca de 45 minutos. A de vinil, entre uma hora e duas", relata o engenheiro.

A pintura da piscina também influencia higiene. Pinturas que são impermeabilizadas contribuem para que a sujeira não agarre. "A pintura gel coat é um gel de resina especial, mais parafina e impermeabilizante e que, além de contribuir na limpeza, deixa o material com brilho", indica Dorini.

Economia
Além da manutenção contribuir para que se economize - já que será possível aumentar a durabilidade da piscina -, uma dica é fazer piscinas que não sejam quadradas ou retangulares.

"Ninguém fica lá no canto da piscina, naquelas bordas, quando a piscina é retangular ou quadrada. Com isso, é água e energia elétrica que se gasta mais", explica Dorini.

O despreparo da mão-de-obra traz dor de cabeça e no bolso. Qualificação de profissionais é essencial na hora da instalação. "É preciso ter um controle de qualidade. Se queimar alguma etapa, o trabalho dá errado", ressalta.

Segurança
A profundidade máxima da maioria das piscinas prontas chega a 1,50m, o que garante mais tranqüilidade para quem usa. Mas um ponto enfatizado por Dorini é a sucção fechada usados em algumas piscinas. Sabe aqueles buracos nas paredes da piscina, que se colocar a mão, ele puxa com muita força? Isso é perigoso e pode levar até a morte. O que Dorini indica é o uso de sucção aberta que fica junto ao filtro, fora da piscina, sem risco de contato.

Apesar da durabilidade ser a mesma com relação ao uso de escadas de alumínio e ABS, esta não libera inox e alumínio, o que traz mais segurança à saúde.

Piscina em apartamentos
Construir piscinas em apartamentos que não sejam no térreo não é complicado, mas é preciso saber se a construção comporta o peso. Existem tamanhos diferentes e específicos para construções menores.

A piscina, neste caso, deve ficar acima do nível do chão, claro. E para isso, pode ser feito com assentamento de concreto armado e madeira. O técnico em instalação de piscinas, Edson Dorini Junior (foto ao lado), lembra que a forma suspensa é também usada em residências no térreo e não somente em apartamentos.

Cores
Quer sair do azul básico da piscina de fibra ou vinil? Que tal uma piscina verde, lilás, amarela... Sim, é possível, usando iluminação apropriada para isso. As luzes são colocadas embaixo d'água - existe até kit completo usando fibra ótica - com lâmpadas vedadas e de baixa voltagem. Só que elas vão mudar de cor somente à noite.

Já as piscinas de alvenaria mudam de cor de acordo com o azulejo ou pastilhas que for colocado. É bom pensar bem, porque para trocar de cor só refazendo tudo.

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.