Casa

Espante os pernilongos da sua vida

Anote as dicas para se livrar dos insetos que atrapalham sua
noite de sono com os zunidos e picadas

Renata Solano
*Colaboração
12/09/2007

A luta contra os insetos é uma tarefa difícil, que talvez nunca consigamos vencer. Isso porque esses animais são extremamente capazes de adaptar-se aos meios diversos e também às mudanças que neles ocorrem.

Existem cerca de quatro mil espécies de pernilongos, com hábitos bem diferentes, mas todos passam uma parte da vida na água e outra no ar. Para nutrir os ovos, que serão colocados na água, as fêmeas de algumas espécies precisam de sangue.

Ao picar o homem e outros animais, elas obtêm o sangue de que necessitam. O problema é que alguns pernilongos carregam em seus corpos microrganismos causadores de doenças (malária, febre amarela e dengue, por exemplo). Ao sermos picados, podemos pegar uma dessas enfermidades.

Foto do biólogo Geraldo Majela De acordo com o biólogo e mestre em comportamento e ecologia animal Geraldo Majela (foto ao lado), o combate equivocado a morcegos é uma razão para a proliferação de insetos.

"Muitas espécies de morcegos podem se alimentar de centenas de insetos em uma hora de vôo, um morcego a menos significa centenas de insetos a mais por hora".

Ele ainda lembra sobre o acúmulo de água parada próximo a residências. "Muitos insetos colocam seus ovos nesse ambiente, não só os transmissores da dengue. Assim, uma estratégia eficaz é evitar o acúmulo de água junto as residências".

Livres dos mosquitos

O inseto de apenas cinco milímetros e pouquissímos miligramas pode acabar com o sono de qualquer um. Para conseguir dormir bem, sem ouvir o zunido dos pernilongos e sem ser picado pelas "praguinhas" você pode usar inseticidas. Remédios que são vendidos em aerossol e que, além de poder ser tóxicos, ajudam no aumento do efeito estufa.

Foto da advogada Eunice Fraga Ou então, você pode aproveitar as dicas caseiras e acabar com os pernilongos sem causar mal à sua saúde e ao meio ambiente.

Uma idéia é usar um pedaço da casca da laranja no aparelho repelente ligado à energia (em que colocamos as pastilhas vendidas em supermercado). Essa dica foi dada pela advogada Eunice de Oliveira Fraga (foto ao lado) e, segundo ela, a medida é eficaz e mais eficiente que o remédio convencional.

"A utilização de produtos naturais é benéfico pois substitui produtos químicos que podem causar reações alérgicas em adultos e crianças. Produtos naturais são sempre mais benéficos que industializados", afirma Majela.

O problema com os insetos aumentam durante o verão, pois essa é a época em que eles se reproduzem. O verão é a estação do ano onde as condições são mais estáveis e há maior quantidade de alimento para os animais.

Repelente ligado à energia Outra dica importante para se livrar dos pernilongos é impedir que eles entrem na sua casa. Feche as janelas e portas antes do anoitecer, já que o inseto procura lugares mais iluminados para se "hospedarem". Desta forma, você impede o contato do mosquito e evita o uso de inseticidas industrializados.

"No final das contas, isso tudo é fruto de um grande desequilíbrio ecológico. Menos florestas, menos predadores naturais, temperaturas mais altas, maior quantidade de insetos, maior quantidade de doenças transmitidas por estes. Assim, conservar a natureza, sobretudo mantendo ambientes naturais, evitando desmatamentos e queimadas, também contribui com a diminuição desses insetos e de doenças", alerta o biólogo.

*Renata Solano é estudante de Comunicação Social da UFJF


Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.

José Zumbini Junior: Vc coloca a casca pelo lado branco ou amarelo?

Marcos Santos: A casca de laranja é uma boa dica!