Mulher


Cauterização de chocolate Técnica de hidratação profunda não é alisamento e promete, entre
outras coisas, aumentar a durabilidade da escova progressiva

Sílvia Zoche
Repórter
07/06/06

Clique no ícone ao lado e veja a técnica da cabeleireira e bioquímica Jael Pifano de Castro e a aplicação do procedimento feito pela cabeleireira Priscila Barbosa


A maioria das mulheres adora novidades sobre beleza. Mesmo não colocando em prática, elas querem saber os detalhes. Com a onda dos cabelos lisos cada vez mais em voga, por exemplo, novas técnicas de alisamento surgem no mercado. É alisamento japonês, escova progressiva com formol, sem formol... A coloração e as mechas também fazem sucesso nos salões de beleza. O problema está não em querer experimentar, mas em não pensar que as químicas agridem as madeixas e que é necessário mantê-los hidratados. O resultado são cabelos pesados, opacos e cheio de fios arrebentados ou o famoso frizz.

Pensando na necessidade de colocar para suas clientes um produto de hidratação profunda, a cabeleireira Jael Pifano de Castro pesquisou, fez testes e chegou até a cauterização de chocolate. Com a intenção de procurar novidades, Jael foi a São Paulo, na Feira Hair Brasil. "Fiquei sabendo da escova de chocolate. Fui ver o que era e vi que tinha o tiaglicolato de amônio na composição, que alisa os cabelos. Mas eu não queria nada deste tipo, porque já temos no salão escova com formol, com tiaglicolato... Eu procurava por algo para tratar os cabelos", conta.

Até que achou um produto novo de hidratação potente de uma marca conhecida no mercado. Só que ela queria mais. Jael resolveu colocar em prática seus conhecimentos de bioquímica e acrescentou mais queratina e essência de chocolate, para dar um cheiro agradável. "Foi mais para deixar um cheito gostoso no cabelo da cliente". Ela fez testes em cerca de dez pessoas, inclusive clientes. "O pessoal adorou e as clientes confiaram e gostaram", afirma.

Que tipo de cabelo?
Qualquer tipo de cabelo pode receber esta cauterização. "Pensei nos cabelos danificados por química. Algumas de minhas clientes fazem a escova progressiva e querem repetir todo mês. Não dá, por melhor que seja a qualidade da química. Além disso, a maioria delas são loiras com tinta, o que agride muito os cabelos".

O melhor vem agora. Quem já fez alguma técnica de alisamento nos cabelos e depois de alguns dias faz a cauterização de chocolate, vê que os cabelos ficam lisos por mais tempo, sem contar o brilho. Mas que não tem nenhum tipo de química nos fios, mas quer dar um fim nos arrebentados, é uma opção também.

Antes Depois

Como o produto é muito concentrado, é preciso cuidado na hora de usar. Os fios finos pedem menos produto para que não fiquem oleosos. Já os mais grossos podem receber uma quantidade maior, mas sem exageros. "Senão, os cabelos, em vez de brilhosos, vão ficar oleosos e opacos", explica Jael.

Os cuidados pós
A indicação é que a pessoa fique dois dias sem lavar os cabelos, para que o produto penetre bem nos fios. Mas, ao contrário da escova progressiva, a pessoa fica livre para prender os cabelos, colocar atrás da orelha, porque não há risco de marcar. "É que a cauterização de chocolate não tem alisante nenhum". Este é um detalhe importante. A técnica hidrata, mas não alisa.

Jael alerta para que se use, de preferência, xampu e condicionador da mesma linha da cauterização. "Assim, a hidratação pode ser feita mensalmente". E ainda alerta que xampus alcalinos, muito ácidos, retiram toda a hidratação dos cabelos.

O valor
Mesmo sabendo que os benefícios são bons, o preço é um detalhe importantíssimo antes de marcar um horário no salão. Para quem possui pouco cabelo, como a da modelo da foto abaixo, Jael informa que faz por R$ 70. "O produto é caro e eu acrescentei mais coisas na fórmula", lembra e acrescenta. "Cabelos com brilho e tratados chamam a atenção. Minhas clientes perguntam como a Adriane Galisteu tem aquele cabelo. Como? Ela hidrata uma vez por semana. Quer ficar com cabelos bonitos? Tem que gastar", friza.

Passo-a-passo
As madeixas da modelo da foto, Angelina Chianello, também uma das cabeleireiras do salão, possuem coloração e mechas e precisavam de uma hidratação para acabar com os arrepiados. Como seu cabelo é fino e em pouca quantidade, o procedimento - desde a lavagem até secar - não demorou uma hora. Confira:

Passo 1 Passo 2 Passo 3

Passo 1 - Os cabelos devem ser lavados duas vezes com xampu anti-resíduos.

Passo 2 - Antes de receber o creme, eles devem estar secos novamente.

Passo 3 - Depois, a cabeleireira vai separar os cabelos em mechas.

Passo 4 Passo 5 Passo 6

Passo 4 - Cada mecha vai receber uma pequena quantidade de creme passado com pincel.

Passo 5 - Assim que todo o cabelo receber o creme, novamente, mechas serão separadas para serem secas com secador.

Passo 6 - É hora de passar a piastra mecha por mecha. Não adianta só o secador, porque para a queratina penetrar fundo nos fios, só com bastante calor. E a chapinha ainda sela bem os fios.

Passo 7 Passo 8 Passo 9

Passo 7 - Para finalizar, os cabelos recebem óleo de silicone para abaixar ainda mais os fios, principalmente os novos.

Passo 8 - veja como ficou atrás. Muita luz e maciez.

Passo 9 - Como a pistra foi passada nos cabelos, os fios ficam muito escorridos. Mas depois que forem lavados, ele volta a ter a maleabilidade de antes, mas com mais brilho.

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.