• Assinantes
  • Mulher
    Segunda-feira, 18 de dezembro de 2017, atualizada às 16h31

    Projeto que trabalha autoestima de mulheres com câncer de mama abre vagas  

    Da redação

    Melhorar autoestima e os movimentos de mulheres que passam ou passaram por tratamento contra o câncer de mama é o objetivo do projeto Viva Ventre, que está com inscrições abertas para a formação de mais uma turma com dez vagas. A ação, que já existe há dois anos, foi idealizada pela psicóloga e professora de dança do ventre Fabiana Tolomelli, que atua junto com a fisioterapeuta Mayra Massote. As aulas acontecerão na Clínica Feminina Florescer, avenida Rio Branco, 3500, 6° andar, uma vez por semana, com duração de 1h30.

    Fabiana explica que o grupo permaneceu fechado com 12 mulheres neste primeiro momento do projeto. “Percebemos que as aulas trouxeram muitos benefícios para as participantes, o que despertou o interesse de outras pessoas que nos procuraram querendo participar. Por isso, decidimos abrir duas novas turmas para 2018. Uma delas será preenchida com a demanda de mulheres que já estavam cadastradas, já para o outro grupo, abrimos inscrições e vamos fazer triagem”, destaca.

    Os encontros acontecem uma vez por semana. Nos primeiros 30 primeiros minutos, a fisioterapeuta direciona exercícios planejados e elaborados para as dificuldades específicas de cada aluna. Depois, a aula continua com 1 hora de dança do ventre, quando são trabalhadas, de forma lúdica, toda a musculatura e consciência corporal.

    “Já nas primeiras aulas, podemos perceber a mudança evidente no comportamento e motivação das participantes. Trabalhamos de uma forma deliciosa e descontraída a autoestima; o amor por si mesma e também por todas as integrantes. A socialização e o vínculo de amizade e cumplicidade entre as integrantes vão sendo fortalecido a cada nova aula. Tiramos o foco do tratamento e da doença e trabalhamos as qualidades de cada uma. Isso fortalece e ressignifica a vida e a história de todas”, reforça a professora de dança do ventre.

    Outra atividade realizada de 15 em 15 dias é o suporte terapêutico, quando são trabalhadas questões diversas, levadas pelas participantes.

    Inscrições

    Para participar, a candidata precisa, necessariamente, ter passado pelo diagnóstico do câncer de mama e, passar ou já ter passado pelo tratamento. A idade mínima é de 18 anos. A mulher precisa apresentar atestado médico, comprovando que está apta a executar atividade física de baixo impacto. Após as vagas serem preenchidas, as candidatas que não forem chamadas, vão para uma lista de espera.

    Fabiana completa que cada aluna contribui com ajuda de custo de R$ 50 mensais. “Este valor é destinado para as compras de material de limpeza e higiene pessoal, além do lanche para as participantes. Todo o nosso trabalho não é remunerado”. As interessadas podem enviar seus dados pelo Whatsapp 32 99989-1364 (falar com Fabiana Tolomelli). O dia e horário das aulas serão divulgados posteriormente.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.