• Assinantes
  • Mulher
    Jussara Haddad Jussara Hadadd 12/02/2007

    Ela não é pra transar. É pra casar!

    Se ouvíssemos dizer com freqüência que as mulheres casadas são as mais beneficiadas com o a quantidade e a qualidade de sexo muito maior e melhor que as solteiras liberadas, certamente não estaríamos aqui levantando esta questão tão discutida e levantada pela sociedade.

    A verdade é que, muitas, mas muitas mulheres mesmo, quando casam, sofrem grandes decepções e vêem seus sonhos de amor e prazer irem pelo ralo. Afinal, quem é que sonha com um marido que só pensa em trabalhar, em beber com os amigos ou em ir para a casa da mamãe sempre que sobra um tempinho?

    E aquele, então, que fica até uma hora da manhã assistindo a um jogo de futebol que nem é do seu time, mas quando é pra transar, "tá muito tarde benzinho, tô muito cansado, amanhã tenho que levantar cedo pra trabalhar, domingo que vem, as 9 e 35 da manhã eu te faço um carinho, tá"?

    Pois é, isto acontece com muito mais freqüência do que imaginamos. Quem foi que disse que a mulher casada é a que mais transa?. A mulher casada tem que ser companheira, tem que compreender as dificuldades de realização profissional do seu marido, tem que ser carinhosa e amiga.

    Cuidar muito bem da casa e das crianças, enquanto o "senhor do lar" vai para rua prover o sustento da família ou... Prover o sustento das fantasias sexuais que não realiza com a santa de casa, diga-se de passagem. Não querendo generalizar, mas afirmando que existem na atualidade muitos casais que vivem assim.

    Sim, porque "mulher da gente não é pra essas coisas". Parece mentira, mas em pleno século XXI ainda encontramos na maioria dos homens este dilema indecifrável. Como escolher uma moça para casar?

    Aí começa a difícil caçada. Dias de paquera, longos telefonemas, encontros culturais, jantares românticos e... A moça pergunta: (quando é que vamos para o motel?). Esta já não serve mais. "Oferecida, liberada, muito diferente do que escutei em casa, a vida toda, quando minha mãe e minhas tias falavam sobre como eu deveria escolher uma boa moça para casar, esta vai me trair é muito assanhada"!

    Cresci numa família com muitos homens adultos. Vi meus oito tios se casarem e hoje, escrevendo este artigo, me lembrei do discurso de cada um: - E aí mano, que gatinha linda que está saindo, hein? Ela é gostosa, é quente? - Que isso rapaz, esta é pra casar. Uma santa! Linda, prendada, recatada, de boa família... Até hoje não pude sequer beija-la na boca.

    Três deles foram traídos e os casamentos dissolvidos. "Eram umas vagabundas!" A família proclama.

    A moça para casar, na concepção de certos cidadãos, tem que ser recatada, se vestir comportadamente, ser obediente e esperar que no sexo o seu senhor tome sempre a iniciativa e se possível não manifestar muito tesão e "quando gozar", se possível, não fazer muito barulho para que o marido não pense mal dela, não fique assustado e receoso de ser traído. Novidades, então... "Onde foi que você aprendeu isso?"

    Os tempos são outros e a não ser que o rapaz dê provas de ser um excelente amante, as moças de hoje não vão aceitando qualquer pedido de casamento não. No consultório escuto muito dizer: "Ah, ele é uma gracinha, minha mãe adora ele, ganha bem, está estabilizado, me pediu em casamento, mas na cama... Parece que tem medo de me pegar, de me machucar. Trata-me com muito mais respeito do que eu gostaria na verdade. É desajeitado e apressado. Será que depois de casado vai mudar? Será que vamos ter mais liberdade".

    Costuma não mudar, não! Muitos homens costumam colocar suas esposinhas no lugar de suas mãezinhas e com mãe não se faz essas coisas, né? O que costuma mudar de vez são os valores dele que se engana achando que a mulher só quer e precisa do seu sucesso profissional e do seu dinheiro. E só pensa no trabalho deixando a intimidade deles de lado.

    Na maioria dos casos esses são o que nunca conseguem se dar bem profissionalmente. Não tem energia! Não tem o corpo e a mente abastecida das energias maravilhosas que o sexo feito com a mulher amada pode proporcionar.

    Como os homens mais despreparados se enganam. A mulher quente e orgástica não foi feita pra ser apagada. Ela foi feita pra ser explorada, para dar e receber do parceiro o melhor do sexo. Feliz do homem que tem uma mulher assim e que reconhece nela a melhor amante do mundo.

    Conselho para os mais iludidos e os mais descuidados com suas mulheres: Se você não fizer a sua parte, com certeza alguém vai fazer. Mulher quietinha e aparentemente resignada, nem sempre é a que está mais satisfeita com você. Às vezes, ela pode estar satisfeita com o amante, com o garoto de programa, com o vibrador, com o chuveirinho do banheiro, com a namorada e simplesmente levando a vida com você.

    Ah, e também não tem muito essa de dizer que as mulheres traem porque sentem falta do romantismo e do carinho que o marido não dá. Não concordo plenamente com isto. A mulherada nem está mais tão romântica assim. São decididas, organizadas, dinâmicas e conscientes da nova posição que ocupam no mundo.

    Atualmente, elas querem mesmo é todo o prazer a que tem direito e alguns maridos se recusam a oferecer. A mulher de hoje, quer estar em primeiro lugar, é na a posição de amante, desejada e amada, e por ultimo, na de patroa.

    A mulher de hoje tem acesso liberado e acessa com freqüência todos os meios de comunicação e tudo o que o mundo do sexo tem a oferecer. Ela sabe o que tem de melhor neste universo. Conhece seu corpo e tudo o que ele pode sentir e busca no parceiro o complemento para estas sensações.

    Ela é infinitamente capaz de somar às dezenas de obrigações que assume romantismo, carinho, companheirismo e muito prazer.

    Sendo assim meus amigos, por que não enxergar na dona do seu coração a Deusa dos seus prazeres?


    Clique aqui e mande sua sugestão sobre esta coluna

    Jussara Hadadd é terapeuta holística,
    especializada em sexualidade
    Saiba mais, clicando aqui!

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.