• Assinantes
  • Negócios

    Mês de julho é sinônimo de lucros para hotéis Congresso de Laticínios e Festival de Música Colonial trazem milhares de pessoas para Juiz de Fora

    Guilherme Oliveira
    *Colaboração
    29/06/2007

    O mês de julho para os hotéis da cidade é sinônimo de bons negócios. Nesse período, Juiz de Fora sediará o 24ª Congresso Nacional de laticínios e o XVIII Festival Internacional de Música Colonial Brasileira e Música Antiga. Os principais hotéis da cidade já estão praticamente lotados para esses eventos.

    Sempre realizado em Juiz de Fora, pela primeira vez o Congresso de laticínios não acontecerá no Instituto Cândido Tostes, o novo local será o Expominas que tem capacidade para dez mil pessoas o que traz uma expectativa ainda maior para Juiz de Fora.

    Para o Coordenador executivo do Sindicatos de hotéis de Juiz de Fora, Rogério Barros, o evento é considerado como o de maior representatividade para o sistema hoteleiro. "A expectativa é muito boa. Esse é o maior evento de turismo da cidade. É quase uma semana, temos tarifas boas e trabalhamos com os hotéis cheios", diz Rogério.

    foto de Silmara Fonseca, gerente de hotel Segundo Silmara Fonseca (foto), gerente de um hotel no centro na cidade, o Congresso pode ser encarado como um fenômeno. "Para nós, é o maior evento com certeza. Percebemos que traz maior receita e um público de maior poder aquisitivo. Há meses esgotaram as vendas no hotel para esse período, consideramos um fenômeno. Esperamos que a cidade invista e mantenha o evento sempre em Juiz de Fora", diz

    foto de Erick Wagner, Chefe de recepção de hotel Mais de cem empresas expositoras estarão no Expominas entre os dias 16 e 19 de julho, como afirma a representante pela área de eventos da Epamig (Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais), Carolina Valente. "Nós temos uma média de 130 empresas expositoras. Não dá para dizer com certeza quantas pessoas vão para o congresso. Mas a expectativa é de 15 mil.

    Chefe de recepção de um outro hotel, Erick Wagner também comemora. "É um tipo de público diferenciado, são propagandistas. Aqui no hotel muitas pessoas que vieram no último ano já haviam feito reservas para esse ano que tem tendência de ser ainda maior pelo local que vai ocorrer o evento", aposta Erick.

    Festival de música espera público de 80 mil pessoas
    O XVIII Festival Internacional de Música Colonial Brasileira e Música Antiga é o outro evento de grande porte que traz bons frutos para os hotéis da cidade. Entre os dias 15 e 28 de julho é esperado um público de aproximadamente 80 mil pessoas para o festival que promove o encontro de milhares de espectadores e artistas, nos teatros e nas ruas da cidade.

    Segundo dados da assessoria do Pró Música, 1453 diárias em hotéis já foram feitas para abrigar professores, integrantes da orquestra barroca e representantes de outras programações culturais.

    "É um bom evento para os hotéis, porém muitas pessoas que vêm de fora se hospedam em casas de familiares, ou de outros alunos, mas também tem muita repercussão", conta Rogério.

    *Guilherme Oliveira é estudante de Comunicação Social da UFJF

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.