Saúde
Armando Falconi Filho Armando Falconi Filho 01/09/2008

Alimentos que aumentam sua massa muscular

Foto de Falconi mostrando que sua calça está larga A primavera chegou, embora fria, mas sabemos que o clima está mudando com a nova estação. Daqui a algumas semanas com os termômetros subindo a marcação, o verão vai dar as caras.

E a preocupação é geral, tanto homens como mulheres querem apresentar um corpo mais bonito nestas duas estações.

Existem dentre outros, dois caminhos básicos que recomendamos em nossos atendimentos no Consultório, assim como passamos em nossas palestras e treinamentos: atividade física programada e nutrição.

Tanto o aumento de massa muscular, quanto à diminuição da gordura corporal, varia de pessoa para pessoa, pois cada organismo responde de uma forma à atividade física e as dietas alimentares.

Observamos organismos, que conseguem resultados mais rápidos. Outros demoram mais tempo, levando em conta a atividade, a freqüência, a intensidade da atividade física, dieta, genética, e problemas hormonais, etc.

Para os apressadinhos lembramos que a natureza não dá saltos, insista e tenha muita disciplina que os resultados aparecerão.

Em nossa atividade profissional de acompanhar e direcionar pessoas para viver melhor, encontramos algumas pessoas têm muita facilidade para aumentar a massa muscular. Outras têm muita dificuldade. E a maioria consegue certo aumento, mas sem atingir valores excepcionais, como os fisiculturistas campeões.

Optando pelas atividades corpóreas, busque a orientação de um bom personal trainner, para acompanhar seu desenvolvimento e evolução.

Explicamos sempre com exemplos, os chineses dizem que uma imagem vale por mil palavras. Assim se o seu objetivo é desenvolver peitoral, bíceps e tríceps, dentre outras partes do seu corpo, lembramos que se dependesse apenas de comer pizza e batata frita e beber cerveja em grandes quantidades, todos os homens seriam sarados.

Mas como Terapeuta Holístico, analisando sempre o ser humano numa visão global, todos os sistemas funcionando o mais equilibrado possível, afirmamos sempre que infelizmente essas coisas no máximo fazem crescer os "pneus" na barriga - e não é isso o que você quer (e nem as mulheres gostam).

Aí, vem a pergunta lógica: - Afinal, quais alimentos contribuem para o crescimento muscular?

Com nossas pesquisas e observações em Trofoterapia (terapia pelos alimentos), e acompanhando vários atletas, destacamos alguns alimentos que são indispensáveis quando você deseja turbinar sua dieta e ganhar massa. E o melhor é que quase todos eles já fazem parte da sua lista de supermercado.

Ingredientes que podem fazer você crescer massa muscular
  • ÁGUA: fonte de vida e saúde

É do conhecimento geral que o nosso corpo é formado por cerca de 70% de água, que são perdidos e repostos constantemente pelo nosso organismo. A reposição é o grande segredo da saúde e da beleza em geral.

Quando a água deixa a pele, ela se desidrata, fica áspera e se torna vulnerável ao processo do envelhecimento. Daí a importância de mantê-la sempre hidratada. Só que a pele não absorve água num simples banho. É preciso um condutor que infiltre a água e a mantenha nas células. Os melhores agentes para isso são os hidratantes com princípios ativos, que agem profundamente.

Já que os músculos são formados por 75% de água, a queda no nível de hidratação corporal pode prejudicar a performance nos treinos, segundo pesquisadores. Um estudo feito na Alemanha mostrou que a síntese de proteínas é melhor em células bem hidratadas. Ou seja, quanto mais desidratado você estiver, mais lentamente seu corpo usa as proteínas para construir musculatura.

Por ser boa para todo o corpo, beber bastante água facilita a eliminação de toxinas pela urina, melhora o funcionamento dos intestinos e nutre a pele.

  • PEIXES: reguladores do crescimento

Foto de Falconi mostrando que sua calça está larga Infelizmente o brasileiro come pouca quantidade de peixes. E quando come, na maioria das vezes usa da forma menos recomendado: frito. Esquece as delícias do peixe ensopado, assado, grelhado, das moquecas e tantas outras maneiras tão brasileiras de preparar esta iguaria.

É de sabor muito agradável, fácil digestão e excelente como fonte nutritiva. Para começar, o peixe é rico em proteínas, como qualquer outra carne. Por isso, quem quer deixar de lado a carne vermelha, estará bem nutrido comendo peixe. Além disso, tem grande quantidade de minerais, entre eles cálcio, fósforo, iodo e cobalto, e é também fonte das vitaminas A, D e B.

E a melhor notícia é que peixe tem pouca gordura! É claro que existem algumas espécies gordurosas, mas, em geral, o peixe tem bem menos gordura que carne vermelha e o frango, e isso faz com que sua digestão seja mais rápida.

Explicamos que principalmente os peixes de águas frias tem proteínas e ácido graxo ômega 3, gordura benéfica que estimula a produção de hormônios que, por sua vez, favorecem o crescimento muscular. Depois do treino, monte um prato com salmão grelhado e carboidratos (uma porção de arroz ou de batatas cozidas, por exemplo). Esse cardápio vai garantir energia extra aos músculos e auxiliar na sua recuperação.

Recomendamos por suas propriedades benéficas para o corpo todo. Vários estudos mostraram que o ômega 3 ajuda a prevenir doenças cardíacas e inflamatórias (como a artrite), além de contribuir para o tratamento de doenças degenerativas, como o mal de Alzheimer e alguns tipos de câncer.

  • AMÊNDOAS: fonte de saúde e da juventude

Foto de Falconi mostrando que sua calça está larga Com certeza vamos dedicar espaço a estas sementes maravilhosas: amêndoas, castanhas e nozes: fonte de saúde.

Se as amêndoas, castanhas e nozes não fazem parte de seu cardápio semanal, está na hora de mudar de opinião, você não sabe o que está perdendo. Essas delícias fazem parte do seleto grupo das frutas oleaginosas, que, além de carregarem muitos nutrientes, podem ser excelentes parceiras na hora de emagrecer.

Pesquisas realizadas em diversas universidades indicam que, quando aliadas a uma dieta, essas castanhas auxiliam no emagrecimento, pois são ricas em gorduras monoinsaturadas, responsáveis por manter o nível de açúcar no sangue estável e ativar o metabolismo da queima de gorduras.

Boas para os músculos, essas oleaginosas contêm vitamina E na forma de alfa- tocoferol, um antioxidante poderoso. São os antioxidantes, que defendem seu corpo dos radicais livres, moléculas que causam dano às células, são responsáveis por doenças e pelo envelhecimento precoce. Seus efeitos nocivos são potencializados por poluição, cigarro, álcool e estresse.

Explicamos então que as amêndoas (além das nozes e das castanhas-do-pará) estão cheias de antioxidantes. Esses agentes secretos ajudam os músculos a se recuperar depois de um treino pesado.

Não apenas para os músculos, elas são excelentes para o corpo todo: ricas em ácidos graxos poliinsaturados, as amêndoas são grandes amigas do coração, pois ajudam a baixar o LDL, o colesterol ruim, responsável pela formação de placas de gordura nas artérias. Repletas de cálcio, também fazem bem aos ossos.

  • IOGURTE natural ou COALHADA natural (é o leite fermentado)

Ao invés de usar o leite, recomendamos o iogurte ou a coalhada natural, prefira as opções sem açúcar, sabor artificial ou outros ingredientes. Compre ou prepare em casa e se quiser use com mel, granola, ou frutas da estação. Além de saudável, ele dá aquele toque de sabor azedinho em receitas salgadas - rápidas e magrinhas. É só apostar na versão light, que tem até 61% menos calorias que o iogurte convencional.

Rico em vitamina B12 e cálcio, o iogurte é a morada por excelência dos lactobacilos vivos, que se preservam nas receitas que não vão ao fogo. Eles protegem o aparelho digestivo. Por isso inserem-se entre os alimentos probióticos, que dão uma força para o intestino e afastam as doenças oportunistas.

A combinação de proteínas e carboidratos é uma ótima pedida para a recuperação depois de uma sessão intensa de musculação. Bom para o corpo todo: além de ser fonte de cálcio (bom para ossos e dentes), esse alimento possui pequenas quantidades de CLA (sigla em inglês para o ácido linoléico conjugado, encontrado nos laticínios). Estudos mostraram que esse nutriente acelera o metabolismo e bloqueia o processo de lipogênese (acúmulo e armazenamento de gordura no corpo).

  • AZEITE DE OLIVA: energia dourada

Foto de Falconi mostrando que sua calça está larga

Em artigos anteriores já comentamos diversos benefícios deste alimento extraordinário. Lembramos que os habitantes dos países mediterrâneos possuem uma dieta bastante saudável, consumindo altas doses de azeite de oliva, frutas, legumes e peixes.

Dentre esses alimentos o azeite de oliva é considerado o principal fator para a preservação da saúde dessa população. Dados de estudos científicos revelam que a dieta mediterrânea, protege a população de doenças coronarianas, de câncer, principalmente, do intestino, de mama e do envelhecimento.

Assim é excelente para ajudar os músculos, pois as gorduras monoinsaturadas e poliinsaturadas do azeite diminuem os níveis de uma proteína celular de nome sinistro: o fator de necrose tumoral alfa (TNF-alfa), ligado ao enfraquecimento e desgaste dos músculos. Opte pelo azeite extra-virgem (extraído por meio da prensagem a seco das azeitonas), já que nele há maior concentração de gorduras monoinsaturadas e também de vitamina E, antioxidante campeão na luta contra os radicais livres, que lesionam as células.

Bom para o corpo todo: por todos os seus benefícios a saúde, o azeite é considerado alimento funcional. Com alto teor de gorduras saudáveis, ele afasta o risco de doenças cardíacas, câncer de cólon, diabetes e osteoporose.

Estas são pois, as observações que compartilhamos, com todos que queiram nesta primavera/verão, apresentar um corpo mais saudável, bonito e bem nutrido.

Com sinceros votos de muita paz a tudo e a todos, ficamos à disposição para responder e esclarecer pontos relacionados a este tema. Quer saber mais? Entre em contato conosco, pois as informações são muitas, mas o espaço do artigo é limitado. Aguardamos seu e-mail.

Encerramos com saudações holísticas!


Armando Falconi Filho
é terapeuta holístico, escritor, consultor, conferencista e advogado
Saiba mais clicando aqui.

Sobre quais temas (da área de terapia holística) você quer ler nesta seção? O terapeuta Armando Falconi aguarda suas sugestões no e-mail viver_serholistico@acessa.com

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.