• Assinantes
  • Só Sabor

    Salada? Não, obrigado

    Nome do Colunista Iago Schmidt 12/04/2018

    Nesta coluna vamos dar espaço aos vegetarianos que tanto merecem. Quem diz que quem faz a opção de não comer carne só come "mato", está muito enganado. Veremos a seguir:

    Vamos começar diferenciando os vegetarianos dos veganos. Alguns leigos não conhecem tal diferença. Vegetarianos são aqueles que não consomem carnes, seja de qual tipo for, já os veganos não consomem nada de origem animal, como leite ou ovo, talvez por restrições quanto à saúde, também podendo ser como forma de protesto em defesa dos animais, confesso que estes últimos são um pouco radicais. Não é uma escolha que eu faria, mas devemos valorizar o paladar de todos e na cozinha os chefs devem trabalhar para surpreender todos e chegar ao sabor mais próximo possível do alimento que quer reproduzir, mas com outros ingredientes.

    Assim, já fazemos, até mesmo, referência à cozinha molecular, que vem ascendendo nos dias atuais e envolve ciência no preparo. Isso mesmo, química! Talvez um produto mais conhecido por nós seria a gelatina sem sabor que tem a intenção de deixar o alimento mais consistente, mas possuímos outros vários ingredientes que aqui podem ser usados, quem diria comer um pó de azeite ou um talharim de morango, por isso estas são grandes figuras no caso dos vegs. As receitas trabalham com o psicológico, trazendo uma imagem e quando se come, um sabor surpreendente, o que atende muito bem aos paladares exigentes, seja dos que não consomem carne, como de quem busca a alta gastronomia, pois se tratando de química e vários produtos na cozinha, temos um produto a ser valorizado no mercado e o preço é alto.

    Mas, agora, centrando em suas "dietas", quem diria que eles não são felizes comendo seu hambúrguer? Não precisa procurar muito para acharmos hambúrguer de grão de bico ou proteína de soja, não vou mentir que como curioso já experimentei e não é nada do que pensamos, são surpreendentes, alcançando até mesmo sabores próximos ao hamburguer tradicional, e como na coluna anterior foi dito, esses são feitos artesanalmente, então o que vale na hora dos complementos é a criatividade, com isso até mesmo trazemos a ascendência das casas de comidas puxadas para este lado, o mercado centrado na área vem crescendo, casas novas vem aparecendo, a sociedade hoje opta por uma vida saudável (pelo menos em parte), o que os faz buscar produtos destinados aos vegs, seja aquela pessoa que vive em academia, quem cuida da saúde ou também curiosos querendo descobrir mais sobre novas culturas ou até mesmo com o desejo de comer comida boa, diferente.

    E após este breve resumo da culinária veg e suas novidades, caso sintam um pouco de fome, que tal descobrir um pouco deste mundo, valerá a pena, e sem procurar muito, dê uma chance e vai se surpreender. Se quer só mais um motivo pra você ir, eles servem batata frita.

    Iago Schmidt é estudante de Direito e Gastronomia.

    Os autores dos artigos assumem inteira responsabilidade pelo conteúdo dos textos de sua autoria. A opinião dos autores não necessariamente expressa a linha editorial e a visão do Portal ACESSA.com

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.