• Assinantes
  • Tecnologia
    Lucas Soares Lucas Soares 30/03/2016

    Um joystick e um fone: A Lenda do Herói é uma excelente produção nacional

    Meus caros amigos, sejam bem-vindos a minha mais nova coluna aqui na ACESSA.com! Depois de assinar o caderno de esportes por quase três anos, inicio hoje o novo desafio, nos jogos eletrônicos. Sempre aos dias 15 e 30 de cada mês, darei meus pitacos sobre games das mais diversas plataformas, em especial, ao Playstation 4, PC e iOS, que são as plataformas que atualmente possuo. Essa lista, no entanto, tende a crescer...

    O jogo que escolhi para fazer uma análise imparcial - é importante frisar que não recebi nenhum incentivo da produtora para falar bem - é A Lenda do Herói, desenvolvido e distribuído por Castro Brothers e pela Dumativa Creative Studio para computadores. O game foi criado em um mundo de pixel art, com quase todas as ações do jogador sendo cantadas por Marcos Castro e Matheus Castro, idealizadores da série que ficou famosa no Youtube, com mais de 4 milhões de visualizações. Se você ainda não conhece, recomendo dar uma olhada nos vídeos antes de seguir o texto ou assistir ao trailer do jogo.

    "A Lenda do Herói - O Jogo", como está sendo chamado, é um game diferente e, claramente, feito para o público mais nostálgico, a geração nascida entre 1980 e 1995. Os gráficos lembram os jogos de 16/32 bits, o cenário é em 2D linear e existe a semelhança com jogos clássicos, como as séries Wonder Boy (No Brasil, a série fez sucesso no Master System e no Mega Drive, com versões da Turma da Mônica) e os primeiros jogos de Zelda e Mário. A Lenda do Herói chegou com um hype alto pela comunidade brasileira de gamers, já que participou de financiamento coletivo no Catarse e foi aprovado para ser vendido através da Nuuvem e do Steam.

    A grande sacada do game são as sátiras feitas pelos cantores ao longo do gameplay com os jogos mais antigos. Para não dar spoilers, logo na primeira fase, há frases como "Para encontrar o castelo, eu já tenho a receita. Eu sei que numa missão preciso seguir sempre à direita" e "Derrotei a serpente e arranquei o seu couro. Só não entendi por que ela comeu uma moeda de ouro???" que dão o tom cômico daquilo que vai ser visto ao longo de todo o jogo. O mais interessante é que as frases mudam, em tempo real, de acordo com o que você faz no jogo - como andar para trás ou ficar com pouca vida. A musicalidade é suave e gostosa de se ouvir. A jogabilidade, retrô, também foi bem executada e apresenta um bom nível de dificuldade.

    Porém, é de ressaltar que o jogo chegou com alguns bugs. Uma rápida olhada nas análises negativas no Steam e através do Facebook do game mostra usuários reclamando de algum problema. É evidente que, por ser uma produção grande, complexa e com orçamento baixo, erros existirão, como acontece em qualquer game AAA das grandes plataformas, como PS4 e Xbox One. Nada que seja injogável. Mas os patchs de correção d'A Lenda do Herói estão saindo diariamente para fornecer a melhor experiência ao usuário. Um ponto positivo para a equipe de desenvolvedores! O outro fator que me incomodou foi não salvar entre os atos, apenas quando termina uma fase.

    "A Lenda do Herói - O Jogo" está sendo vendido apenas online na Nuuvem e no Steam por R$ 29,90.

    Outros destaques

    1. A série Resident Evil comemorou 20 anos no dia 22 de março. A série abriu o mundo dos games para o gênero de survival horror, apresentando corredores escuros e aposentos agourentos que causam sustos e calafrios nos jogadores. Qual jogo do gênero mais te marcou?

    2. Rumores apontam que a Sony estaria em estágio avançado do desenvolvimento de um novo Playstation 4, que seria batizado de Playstation 4K, com upscaling à resoluções maiores que as atuais. Um golpe pesado em quem pagou caro em um hardware que pode ser ultrapassado, dentro da mesma geração.


    Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, pós-graduado em Jornalismo Multiplataforma na UFJF e repórter no Portal ACESSA.com. É apaixonado por games, séries e futebol. Foi colunista esportivo na ACESSA.com por quase três anos e editor-chefe do blog Flamengo em Foco por dois anos e sete meses.

    Os autores dos artigos assumem inteira responsabilidade pelo conteúdo dos textos de sua autoria. A opinião dos autores não necessariamente expressa a linha editorial e a visão do Portal ACESSA.com

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.