Saúde


Artigo
Iridologia?
::: 03/12/2003

Iridologia é uma ciência que permite, graças à observação da íris, detectar perturbações orgânicas, metabólicas, nutricionais, nervosas, hormonais e certas patologias. Isto é possível estudando os numerosos sinais que devemos descodificar e interpretar segundo uma técnica rigorosa. Assim, observamos que, embora etimologicamente, Iridologia seja o estudo da íris, sabemos se tratar de algo mais que isso.

Clique aqui para saber sobre a origem da Iridologia

Conhecendo o estado de saúde
Dentro da Iridologia, não se estuda a íris para saber como se estrutura anatomicamente e pode-se dizer, mesmo que quase não precisamos saber sua histologia. Não necessitamos conhecer a íris para sabermos quando o organismo analisado está são ou está doente.

Na realidade, a Iridologia estuda a íris, (a parte colorida, o segmento anterior pigmentado do olho), para conhecer o estado de saúde de outras partes do corpo, servindo-nos de uma série de sinais que, ante as desordens orgânicas, ficam evidentes.

Podemos dizer, também, que a Iridologia é ciência e é arte, porque é um conjunto de conhecimentos ordenados que exige do Terapeuta, a destreza da interpretação dos sinais presentes na estrutura da íris humana. Mas, na hora de precisar..."que é a Iridologia?"..., vamos encontrar nas palavras da maior autoridade do assunto, o Dr. Bernard Jensen:

"a Iridologia é uma ciência que não faz diagnósticos, mas que pressupõe o grau de inflamação do organismo, ou seja, os estágios agudos, crônicos e degenerativos, em que se encontram os diferentes órgãos, assim como as suas debilidades, permitindo assim uma avaliação segura do estado geral do organismo"

Encontramos, assim, na Iridologia a possibilidade de o Terapeuta fazer uma minuciosa pesquisa através de observação da íris, que permite detectar, analisar e informar ao cliente os sinais encontrados na parte colorida do olho, onde está registrada toda a constituição orgânica de uma pessoa e como esta vem se apresentando, característica e comportamentos. A Iridologia não tem como objetivo dar nome às doenças (patologias), mas examinar o cliente e com bases nos mapas de Iridologia fazer uma minuciosa avaliação do cliente.

A partir da Irisdiagnose, elabora-se um programa de desintoxicação e reconstrução do organismo, que é a base do tratamento e que tem a finalidade de conscientizar e melhorar as carências nutricionais do cliente, melhorando, desta forma, sua qualidade de vida.

Em nossa experiência de 27 anos em Iridologia, temos combinado com sucesso os recursos da orientação da alimentação com base no "tipo sangüíneo" do cliente, assim como no uso da "Lei dos 5 Elementos" (da Acupuntura Chinesa), colhendo assim resultados muito positivos no reequilíbrio do estado geral de nossos clientes.

São utilizadas também, técnicas terapêuticas de apoio com Geoterapia , Acupuntura, Auriculoterapia, Massagem Terapêutica, Fitoterapia, Florais de Bach e outras. O tratamento visa suprir as necessidades individuais, tanto em relação aos desequilíbrios orgânicos já presentes como também às tendências que sejam observados na pessoa analisada. A Iridologia é simples, não invasiva, econômica e não agressiva, contrariamente aos testes de laboratório que são na maioria das vezes caros, alguns são demorados e por vezes desconfortáveis.

O pai da Iridologia moderna é o médico húngaro, Ignaz Von Peczely. Graças a suas observações e pesquisas chegamos ao estado atual da Iridologia no mundo atual.

A íris é a parte corada do olho, muito rica em filamentos nervosos, fabricada com os mesmos tecidos que o cérebro e formada nos primeiros dias de vida do embrião. Certamente por causa da sua complexidade em telecomunicação nervosa e ter uma relação genética, ainda não se descobriu tudo nem se explica tudo a respeito do assunto das telecomunicações celulares, mas já se sabe que as células comunicam umas com as outras. O cérebro é um verdadeiro computador composto de 10 bilhões de neurônios, cada um com mais de 25.000 possibilidades de comunicar com as células vizinhas. Cada neurônio é um verdadeiro laboratório químico. O olho é um anexo, uma extensão deste verdadeiro laboratório que envia para esta parte corada do olho milhões de informações, algumas das quais são visíveis. De fato, como um espelho no qual se inscrevem mensagens, cada célula do estroma da íris contém 25.000 de fibras nervosas que estão ligadas ao cérebro. O nervo óptico mais de 10.000 ramificações nervosas. Sob o estroma da íris, dois grupos de músculos aparecem, um para dilatar a pupila e outro para a contrair.

A íris está intimamente ligada ao organismo pelos seguintes intermediários:

  • sistema nervoso
  • sistema linfático
  • sistema orgânico e protéico
  • As perturbações do sistema nervoso provocadas pelo estresse permanente, hoje mais conhecido pelo nome de estresse oxidativo, são susceptíveis de modificar a estrutura da íris. Os estados de alcalinidade ou de acidez, são fatores que alteram o sistema nervoso que, então, retransmite mensagens anormais através do sistema simpático para o cérebro que por sua vez os retransmite à íris.

    Os sistemas nervoso e linfático alteram de numerosas maneiras a estrutura da íris. Tornam-se ensombreadas pela quantidade de toxinas transportadas. Modifica a cor inicial com as sobrecargas de colesterol, lípides, peróxido e hidrogênio, cristais de ácido, metais pesados, medicamentos, etc. Na íris está registrada toda a constituição orgânica de uma pessoa e como esta vem se apresentando, características e comportamentos.

    A observação em Iridologia pode ser feita a olho nu ou com o auxílio de lentes (quando mais potentes, maior a riqueza de detalhes e, sem dúvida, melhor será o diagnóstico).

    O exame Iridológico
    Para a realização deste exame é necessário a utilização de um aparelho que promova a ampliação e simultânea iluminação da íris, sem que ocorram deformações, de tal sorte que, quanto mais possante for o aparelho, mais minucioso e esclarecedor será o exame.

    Veja como funciona o exame passo-a-passo

    Hoje, a Iridologia usufrui também os benefícios da informática. A íris do cliente é projetada na tela de um computador, de forma ampliada, com toda a riqueza de detalhes e de cores, podendo ser arquivada para sucessivos estudos e comparações. Por ser um exame rico em detalhes e variantes, requer do Terapeuta, além de uma boa formação que o capacite com conhecimento profundo, muita cautela e paciência.

    Todos os dados colhidos são registrados no Mapa Iridológico e, em síntese, revelam dentre outros pontos:

  • a constituição e resistência orgânicas globais, fornecidas pela qualidade da trama irial e pela cor da íris;

  • padrão genético do cliente, através da classificação iridológica proposta pelo renomado médico iridólogo alemão, Joseph Deck;

  • estado dos vários sistemas orgânicos (digestivo, nervoso, circulatório, endócrino, de revestimento, etc.);

  • A condição de cada órgão em particular, assim como as carências e perturbações metabólicas;

  • aspecto comportamental, através do método Rayid, desenvolvido pelo pesquisador americano, Denny Jonhson.
  • Nestes anos todos de trabalho com a Iridologia, temos aprendido e ensinado sempre que o próprio cliente precisa melhorar seu auto-conhecimento sobre saúde integral, para que cada um possa fazer sempre do alimento o seu remédio. Aprender e vivenciar que práticas simples como atividades físicas regulares, exercícios respiratórios, visualizações terapêuticas, cultivo de pensamento positivo, trabalho ativo no bem (trabalho voluntário), boas leituras, convivência pacífica, ajudam a manter e sustentar vida longa com qualidade de saúde e equilíbrio.

    Com sinceros votos de muita paz a tudo e a todos, desejamos um Natal de amor e saúde e que 2004 seja pleno de realizações positivas. Ficamos à disposição para responder e esclarecer pontos relacionados a esse tema.

    Encerramos com saudações holísticas!


    Armando Falconi Filho
    é terapeuta holístico, consultor e advogado
    Saiba mais clicando aqui.

    Sobre quais temas (da área de terapia holística) você quer ler nesta seção? O terapeuta Armando Falconi aguarda suas sugestões no e-mail viver_serholistico@acessa.com

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.