Saúde
Reflexoterapia
Ciência mostra que massagem em pontos específicos
nos pés pode avaliar e tratar distúrbios físicos e emocionais


Djenane Pimentel
20/08/2004

Terapeutas explicam que a Reflexoterapia permite que se faça uma leitura da personalidade do indivíduo, e de seus problemas

Ouça!

Você sabia que através da massagem em pontos específicos em seus pés é possível avaliar e tratar distúrbios físicos e emocionais, permitindo a recuperação gradativa de muitas doenças?

Trata-se da Reflexoterapia, um método capaz de aliviar os mais variados sintomas, como dores musculares, enxaquecas, estresse, TPM, síndrome do pânico, menopausa, miomas uterinos, cistos ovarianos, artrite, labirintite, má-circulação, problemas digestivos, alérgicos, sexuais, e até aqueles de ordem emocional, como depressões e ansiedades.

Como funciona?
Segundo os reflexoterapeutas, Carlos Eduardo do Nascimento e Fabiano André Pereira, os pés são riquíssimos em terminações nervosas - os plexos nervosos - que correspondem, em sua topografia local, a uma representação fiel de cada órgão que compõe o corpo humano.

Carlos Eduardo do
Nascimento e Fabiano André Pereira Quando ocorre debilidade ou dificuldade funcional de um tecido ou órgão, as respostas ao estímulo dado provocam pequenos curtos circuitos, formando bolsas de sangue em nossos pés.
Os reflexoterapeutas conseguem localizar essa área e dissipar as bolsas, deixando livre o canal de comunicação entre órgãos e cérebro, aliviando sintomas e, muitas vezes, até mesmo curando.

A Reflexologia, ciência que estuda os efeitos reflexos no organismo, demonstrou que os plexos, quando estimulados corretamente, enviam e recebem informações dos órgãos a que são ligados, restabelecendo o funcionamento ideal e a sáude do organismo.

Técnica trabalha o emocional
A Reflexoterapia é milenar e tem sido desenvolvida, no Brasil, por Osni Tadeu Lourenço e Érik Motta Pereira, fundadores e dirigentes da ABRT - Associação Brasileira de Reflexologia e Terapias Afins, sediada em São Paulo.
Por estar embasada em estudos mais profundos de fisiologia e do mecanismo das doenças, e porque propicia resultados mais rápidos a nível clínico, vem recebendo elogios e apoio de várias autoridades internacionais da área.

foto ilustrativa O terapeuta Carlos Eduardo do Nascimento esclarece que faz parte do tratamento trabalhar o emocional da pessoa. "A comunicação entre paciente e terapeuta é importante e enriquece o tratamento, pois algum distúrbio pode estar diretamente ligado a algum trauma que a pessoa tenha sofrido, e algumas delas nem mesmo se lembram disso", afirma. "Usamos de muita psicologia, embora não sejamos psicólogos", completa.

Segundo os terapeutas, a técnica permite que se faça uma leitura da personalidade do indivíduo através dos pés e, muitas vezes, consegue-se detectar problemas do paciente em menos de cinco minutos, só analisando o seu pé.

Tratamento de apoio
A consulta com o reflexoterapeuta dura aproximadamente uma hora e consiste em muita conversa, análise dos pés e massagem terapêutica, que pode vir a doer bastante, dependendo do grau do distúrbio ou doença do indivíduo.

Os terapeutas advertem que a Reflexologia não deve ser utilizada em total substituição à medicina ocidental (a não ser em casos de determinação do próprio médico). "Na maioria das vezes, a técnica é usada utilizada como apoio à medicina, mas, em muitas ocasiões, ela pode ser curadora também, sem a necessidade de tomar remédios e, até mesmo, evitar uma cirurgia", afirmam.

Conheça seu corpo através dos pés
Abaixo estão especificadas as partes dos pés que correpondem a uma representação de cada órgão que compõe o corpo humano

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.