• Assinantes
  • Zona Pink

    Estréia de espetáculo Teatral
    A peça "Era uma vez uma Farsa" gera expectativa para a cena de beijo entre duas mulheres

    Sílvia Zoche
    18/08/2004

    O roteirista Paulo Monttero diz que idéia do texto para a peça Era uma Vez Uma Farsa surgiu de experiências de amigos que conhece. Clique e ouça o que ele diz!


    Fotógrafo: Di Carlo
Araújo


    "Era Uma Vez Uma Farsa" é um drama, com pitadas de ironia, encenado pelo grupo D'amantes, que estréia no Teatro do Espaço Mascarenhas, dia 18 de agosto, às 20h. Paulo Monttero - roteirista, produtor e ator - diz que o tema central da peça é o medo das pessoas revelarem sua homossexualidade. O espetáculo torna-se um desabafo contra a hipocrisia, aproveitando-se da comédia. "Eu, como roteirista, e os diretores nos preocupamos em retratar o cotidiano dos personagens e não o cenário em si. O foco é a história", explica Monttero.

    O texto é sobre o artista Gustavo Fernandes que está quase se tornando uma celebridade. Mas sua opção sexual corre o risco de ser revelada. Para que isso não aconteça, ele tenta impedir um escândalo, fingindo ser casado com uma amiga. A complicação começa a aumentar quando a amiga se apaixona por ele.

    Conheça alguns personagens: o artista que inventa a farsa, a amiga bissexual, a namorada da bissexual, o empresário aproveitador da fama do irmão, o machista e a repórter que quer descobrir toda a verdade. "A parte dark da história é a repórter e o empresário do irmão que só está a fim de dinheiro", diz Monttero.

    Uma das personagens, interpretada por Ana Paula Scarlately, é lésbica. Ana Paula diz que não teve problemas para atuar, até por gostar de fazer papéis polêmicos. "Eu acho que isso valoriza muito o ator e, neste caso, mostra que o ator não tem preconceitos", explica. Mas ela encontrou dificuldade na hora de dar o primeiro beijo em outra atriz, já que ela é heterossexual e não havia beijado outra mulher antes. Depois de um certo tempo, diz que tornou-se algo natural, de atuação. A expectativa dos amigos é para saber se o beijo será de língua ou técnico. Ana Paula então responde: "Vocês vão ter que assitir a peça para saber qual vai ser o beijo".

    Por isso, o diretor Anderson Ferigate diz que o público deve estar preparado para algumas cenas. "A gente não pode contar quais são, mas os fatos vão deixar as pessoas interessadas e chocadas", afirma Ferigate. Como no Teatro do Espaço Mascarenhas o palco se mistura com a platéia, o grupo quer que aconteça uma interação entre os dois, principalmente com o personagem machista. "Ele vai falar diretamente com o público e eu quero que o público tenha raiva dele. Só espero que não briguem com ele!", ri Monttero.

    Montagem da peça
    A idéia de montar uma peça com este tema surgiu quando Monttero morava no Rio de Janeiro, em 2003, e percebeu, na convivência com amigos, que esta história não é ficção. "Isso acontece mesmo. Conheço muita gente que tem medo de ser o que é por causa da profissão ou da família, e resolve inventar uma mentira", explica.

    Quando voltou para Juiz de Fora, em abril de 2004, convidou alguns amigos para montarem a peça. "Ao mesmo tempo que convidei as pessoas, formamos o grupo D'amantes, ou seja, em abril. É um grupo novo, mas com muitas afinidades e que está dando certo", afirma Monttero. O MGM ficou sabendo do tema do espetáculo e pediu para o grupo fizesse sua estréia na Rainbow Fest. "A pedido deles estamos fazendo uma estréia antecipada", diz Monttero.

    Mas para chegar até a estréia, o grupo passou por algumas dificuldades. Para conseguir patrocínio esbarraram no preconceito das pessoas, devido ao tema da peça. "Achamos que não teríamos este problema aqui em Juiz de Fora, por causa da Lei Rosa, mas tivemos", lamenta Ferigate. Monttero completa dizendo que o bordão usado pelos empresários foi: nós não podemos ter o nome da nossa empresa vinculado a este tipo de tema.

    Superados os obstáculos, fica somente a expectativa da estréia (saiba as datas, horários e locais). Antes da apresentação vai haver música eletrônica com DJ Rob e, em seguida, show de MPB com a cantora Veryanna Dias. Elenco: Sandra Ferraz, Ana Paula Scarlately, Anderson Ferigate, Déborah Dias, Paulo Monttero, Sandra Ferraz e Reinaldo Emerson.




    Teatro

    Clique aqui e veja a programação da peça "Era Uma Vez Uma Farsa"

    Exposição

    Saiba como foi montada a exposição "La vie en rose"

    Mostra de cinema e vídeos

    Clique e veja a programação dos três dias de festival

    Oficinas

    Clique aqui para saber como foi o segundo dia do Rainbow Fest
    Clique aqui para saber como foi o primeiro dia do Rainbow Fest



    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.