• Assinantes
  • Zona Pink

    Miss Brasil e Parada Gay já movimentam Juiz de ForaHotéis, restaurantes, lanchonetes e armarinhos apontam Parada Gay e Miss Brasil Gay como eventos responsáveis pela movimentação na economia da cidade

    Aline Furtado
    Repórter
    19/8/2011
    Lanchonete enfeitada

    Na véspera de dois grandes eventos realizados anualmente em Juiz de Fora, a Parada da Cidadania e do Orgulho Gay e o Miss Brasil Gay, vários setores da economia já comemoram o aumento do movimento registrado nesta sexta-feira, 19 de agosto.

    De acordo com o gerente de qualidade de um hotel localizado na região central da cidade, Luiz Carlos Fernandes, a ocupação, que em dias normais fica em torno de 40%, já subiu para 60%.

    "É um público organizado, que faz reservas de forma antecipada. Mas, ainda assim, há pessoas que deixam para última hora, chegando sem avisar." Segundo Fernandes, a maioria dos hóspedes vem do Rio de Janeiro, de São Paulo e de Belo Horizonte. Já o gerente de outro hotel, também no Centro de Juiz de Fora, Fernando Rodrigues de Paula, prevê que a demanda cresça até 40% neste sábado, dia 20. "Muita gente chega na sexta-feira que antecede o evento, mas o pico do movimento ocorre mesmo no sábado. Nossas expectativas são as melhores."

    No caso de lojas e armarinhos que comercializam produtos com purpurina e paetês, comerciantes afirmam que registram aumento no fluxo de pessoas. "Não dá para arriscar um percentual, mas verificamos maior procura", aponta o proprietário de uma loja de artigos diversos, Leomário Cysneiro. Ele afirma que a procura não é proveniente das candidatas ao título de Miss Brasil Gay, mas dos turistas que vêm para Juiz de Fora no período das festas.

    "As concorrentes costumam vir com tudo pronto. O que sai é para o público que vem prestigiar. Mas é claro que sempre aqueles que buscam acertar detalhes finais. Por isso, o que mais sai é brilho, muita purpurina e paetês."

    Restaurantes e lanchonetes estão enfeitados

    Outro setor que registra a alta nos negócios no período de realização dos eventos é o gastronômico. De acordo com o proprietário de uma restaurante na rua Santo Antônio, Luiz Cézar Menezes, as expectativas são boas, apesar da procura do ano passado ter ficado abaixo do que esperava. "Mesmo assim, esperamos aumento de 20%. Para isso, buscamos decorar o estabelecimento, a fim de chamar atenção do público, sendo receptivo."

    Ele explica que as boas perspectivas devem-se ao movimento que já vem sendo percebido na cidade. Mantenho contato com os hotéis e sei que a ocupação está muito satisfatória. Ele conta que a preparação da casa faz com que o público veja o local como referência. "É o caso, por exemplo, de uma candidata ao título de Miss Brasil Gay, que vem à cidade pelo terceiro ano e sempre prestigia meu estabelecimento."

    O gerente de outro restaurante, Jouber José de Souza, vê o movimento com cautela. "Antes, quando as ações se concentravam nas ruas centrais da cidade, o aumento era de 40%. Hoje, com a descentralização dos eventos, percebemos um movimento, mas não tão significativo. Ainda assim, investimos neste público ao longo de todo o ano e o retorno tem sido muito positivo."

    Turistas aprovam receptividade

    Para o morador da cidade de Piedade, Osmar Mendes, que vem à cidade há cinco anos para participar do evento, a receptividade do juiz-forano é positiva. "Sempre me senti muito bem aqui e faço questão de voltar a cada ano", conta ele, que costuma chegar na sexta-feira, antes das festas, e ficar hospedado, até o domingo, em um hotel da cidade.

    Para o conterrâneo de Osmar, Fred Monteiro, que mora, atualmente, em Juiz de Fora, as expectativas com relação às festas, à Parada do Orgulho Gay e ao Miss Brasil Gay são as melhores. "Sempre percebi muito respeito vindo dos moradores daqui. A tendência, com a aprovação da união estável entre homossexuais, é que este cenário permaneça positivo."

    Os textos são revisados por Thaísa Hosken

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.