• Assinantes
  • Zona Pink

    Misses mostram cristais gigantes, cabelo e ouro no desfile de trajes de galaCandidatas investiram no luxo para agradar os jurados. Miss Rio de Janeiro Gay fez performance caricata, imitando uma diva, e levantou o público

    Clecius Campos
    Subeditor
    22/8/2011
    Foto da Miss Brasil Gay

    Mais do que beleza e simpatia, as candidatas ao maior concurso gay do país investiram no luxo para agradar os jurados. Cristais gigantes, pedras banhadas a ouro e 60 metros de cabelo presos à roupa foram desfilados na passarela com o objetivo de impressionar o público e o júri.

    A Miss Brasil Gay 2011, Raika Bittencourt, levou o prêmio de melhor traje de gala, com um vestido de Henrique Filho. A peça custou R$ 40 mil e foi confeccionada em tule de seda puro na cor nude e bordada em cristais swarovski gigantes com seis faces refletoras. A produção era formada por três vestidos sobrepostos: um forro em lantejoulas, um segundo vestido em micro cristais e a terceira peça cravejada. A intenção era conseguir um efeito tridimensional.

    O prêmio de segundo melhor traje de gala foi dado à Miss Goiás Gay, Martinella Ferraz. Ela usou vestido assinado por Jair Fernandes e Ribas Azevedo. O longo prata tinha longas franjas de strass em metros e cristais. O terceiro lugar nos trajes de gala ficou com a Miss São Paulo Gay, Sheila Xiss. A candidata desfilou um vestido preto, bordado em cristais vermelhos, rosas e furta-cor. O decote escandaloso agradou o júri. A criação e a confecção são de Michelly X.

    Foto da Miss Goiás Gay Foto da Miss SP Gay

    Além das premiadas, a Miss Rio Grande do Sul Gay, Victória Viper, também conseguiu impressionar o público, com traje confeccionado em segunda pele e bordado com cristais. O diferencial foram os 60 metros de cabelo natural loiro, que formavam a saia e longos adereços de punho do vestido. O figurino foi criado e confeccionado por Antara Gold. A candidata de Alagoas, Bianca Snydder, apresentou vestido em tule francês de tons pastéis, bordado, à mão, com pedrarias banhadas a ouro.

    Foto da Miss RS Gay Foto da Miss AL Gay

    A Miss Pará Gay, Rafaela de Castro, trouxe um vestido prata, confeccionado com strass em metros e cristais, totalmente bordado à mão. As amplas ombreiras do vestido da transformista chamaram a atenção do público. A roupa tinha um estilo que evocava o futuro.

    Miss Rio de Janeiro Gay faz graça na passarela

    A Miss Rio de Janeiro Gay, Aretha Sadick, abusou de seu talento como atriz e fez uma verdadeira performance durante seu desfile de traje de gala. A roupa, aparada por uma enorme capa em pele branca, ficou em segundo plano diante da graciosidade como a candidata cumprimentava o público, com trejeitos caricatos de uma diva. Ao final de seu desfile, a miss passou a ser uma das favoritas do público, que clamou por sua vitória. A transformista, no entanto, não figurou entre as vencedoras, nem foi premiada pelos trajes apresentados.

    Foto da Miss PA Gay Foto da Miss RJ Gay

    Os textos são revisados por Thaísa Hosken

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.