• Assinantes
  • Zona Pink
    Quinta-feira, 3 de maio de 2012, atualizada às 16h22

    Candidata aposta na tradição do Espírito Santo no Miss Brasil Gay

    Clecius Campos
    Subeditor
    Foto de Sheila Veríssimo

    A candidata ao título de Miss Brasil Gay 2012 Sheila Veríssimo vai apostar na tradição do Estado do Espírito Santo para brilhar na passarela do maior concurso de beleza gay do país. Eleita Miss Espírito Santo no último domingo, 29 de abril, Sheila ainda está por definir os trajes que pretende usar no dia 18 de agosto em Juiz de Fora.

    "Acho que é a hora de pensar com calma e não agir por impulso. Como é meu último ano em Juiz de Fora [é a terceira vez de Sheila no Miss Brasil Gay e o regulamento permite apenas três tentativas] é evidente que farei o melhor de mim. O público pode esperar produções ainda melhores do que as que eu apresentei em 2009 e em 2011. Só que agora com um diferencial, com a coordenação de um Estado que tem tradições em misses."

    O Espírito Santo é dono de sete vitórias no Miss Brasil Gay, tendo coroado Maria Fernanda (1978), Paula Blue Man Chenquel (1980), Gabi (1985), Sumara Gunar (1987), Louise Balmain (1998), Ianka Ashylen (2007) e Ava Simões (2009). "Sinto-me muito bem amparada. Mais preparada para lidar com o concurso. Será um trabalho de equipe. Aliás, uma grande equipe." Nem por isso, a transformista considera-se uma favorita. "Quem participa do Miss Brasil Gay sabe que não existe favoritismo. As candidatas de todos Estados se empenham muito e sempre candidatas belíssimas com produções maravilhosas. Pelo fato de ser o Espírito Santo, há uma grande expectativa que espero corresponder muito bem. Estou me empenhando para isso."

    Sheila está acompanhando as etapas eliminatórias e rende elogios às concorrentes. "O nível das candidatas está excelente. Será uma disputa estimulante. Adoro esse clima de competição." A intenção da transformista é sair da festa coroada. "Quando a gente entra em uma competição, pensa em levar o prêmio máximo. Estou indo com a expectativa do primeiro lugar, até porque é meu último ano. Meu empenho é em busca deste objetivo, o título nacional."

    Mudança de nome

    Sheila Veríssimo disputou o título de mais belo transformista do Brasil por duas vezes, com o nome de Sheila Xiss, uma clara homenagem à Miss Brasil Gay 2000, Michelly X. A mudança de seu sobrenome causou estranheza nas redes sociais e a candidata preferiu o espaço do Portal ACESSA.com para justificar a alteração. "Mudei o nome porque não se pode construir uma carreira baseada na sombra de alguém. Eu precisava construir minha história, ter minha identidade e não ser comparada a ninguém. Respeito muito a Michelly, é só uma questão de individualidade. O Xis é uma marca dela e será sempre assim. Quero mostrar a Sheila de verdade, em sua essência. Nada mais justo do que ser eu de verdade, ser vero, Veríssimo", brinca.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.