• Assinantes
  • Zona Pink
    Segunda-feira, 7 de maio de 2012, atualizada às 18h20

    Martinella Ferraz quer contar a história do Acre no Miss Brasil Gay

    Clecius Campos
    Subeditor
    Foto de Martinella Ferraz

    A Miss Acre Gay 2012, Martinella Ferraz, quer contar a história do Estado durante a apresentação de seu traje típico no dia 18 de agosto na 36ª edição do Miss Brasil Gay. "Meu traje típico vai contar a história do Acre. O que queremos colocar na passarela é algo que o público vai ver e lembrar imediatamente do Estado. Vão dizer: 'Essa é a Miss Acre'." A fantasia será desenhada e confeccionada por Ribas Azevedo, também responsável pelo vestido de gala, cuja inspiração será guardada até o data do desfile.

    A transformista foi eleita Miss Beleza Gay Centro-Oeste no dia 28 de abril e conquistou a vaga para representar o Estado da região Norte do país. Esta será a segunda vez que Martinella apresenta-se no Miss Brasil Gay. Em 2011, ela representou o Goiás e levou dos prêmios de segundo melhor traje de gala e de Miss Brasil Gay Júri Popular, eleita pelos votos dos internautas. Em 2012, a intenção é garantir um espaço entre as cinco melhores da noite.

    "No ano passado, o público me conheceu, viu quem é Martinella Ferraz. Os prêmios conquistados foram muito importantes para mim. Mas, esse ano, faremos tudo diferente. Estamos trabalhando para um ótimo desfile, um ótimo trabalho em equipe. Minha aparição será um grande choque. Algo inédito em relação a tudo que já foi apresentado pelo Acre." Uma torcida organizada também está sendo montada para apoiar a candidata. "Estamos levando um ônibus da minha cidade e o mais importante, meus pais vão comigo para me dar apoio."

    Martinella tem 22 anos, trabalha com produção de moda e de eventos, estuda psicologia e vive na cidade de São Joaquim da Barra, no interior de São Paulo. Ela acredita que o Miss Brasil Gay 2012 será um concurso bem apertado. "No ano passado a disputa foi muito concorrida. A vitória de Raika Bittencourt foi merecida, pois ela estava bem em tudo. Este ano, está dando a entender que só será possível decifrar quem será a vencedora na passarela, como foi no ano passado com a surpresa da vitória da Raika. Cada uma vai se preparar para o melhor."

    Além do concurso, Martinella espera poder conhecer um pouco mais de Juiz de Fora na vinda à cidade. "Amei Juiz de Fora, achei tudo maravilhoso. Vamos ver se consigo chegar um dia antes, para andar um pouquinho pela cidade. No dia do concurso são tantas coisas para fazer que, quando percebemos, já é a feijoada", brinca.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.