As máquinas de última geração

Empresas de informática lançam na Comdex 2000 os hardwares e softwares para a rede do século XXI

01/09/2000

As tendências das tecnologias da informação, desenvolvidas pelas maiores e melhores empresas do setor no Brasil e no exterior, estavam na 9ª edição da Comdex/Sucesu-SP, principal feira de informática e telecomunicações da América Latina, que aconteceu de 22 a 25 de agosto de 2000.

Um dos destaques da feira foi a demonstração das potencialidades da Internet 2, a rede de alta velocidade lançada há quatro anos nos Estados Unidos e que já está sendo operada em centros urbanos, como São Paulo e Rio de Janeiro. Dentre as vantagens exibidas estão os trabalhos em tele-medicina, tele-ciências em missões espaciais, cursos e conferências online, correio multimídia e o vídeo de alta qualidade.

O correio multimídia, que integra voz, vídeo, texto, fax e animações em mensagens eletrônicas, foi apresentado na feira e promete revolucionar o e-mail. Trata-se do E-Team, da Infocast - um programa de correio diferente, que capta imagens em tempo real (de uma webcam, por exemplo), abre-as no próprio corpo da mensagem e adiciona texto, som e desenhos. Pode-se enviar conferências inteiras por e-mail e, à medida que a pessoa lê (ou ouve) o texto, surgem imagens na tela que vão sendo sublinhadas por traços coloridos. O programa pode ser testado através de um download no site www.i-cast.net.

Para utilizar bem a Internet 2, contudo, os internautas vão precisar de hardwares de última geração. Nas vitrines da Comdex 2000, superchips e supermonitores estavam entre os destaques. Seguindo a tendência de miniaturização, as câmeras digitais encolhem cada vez mais. Confira os detalhes destes exemplos:

O chip Athlon, de 1.1GHz da AMD, foi mostrado com exclusividade no Brasil uma semana antes do lançamento mundial. O PC com o superchip foi montado especialmente para a feira. É capaz de rodar jogos de corrida no estilo Quake em alta precisão. O grande diferencial em relação aos chips anteriores é o uso do cobre (antes, eram usados alumínio), que permitiu que a barreira dos gigahertz fosse ultrapassada. Tecnicamente, a conexão de cobre consegue passar mais elétrons que o alumínio e dissipa menos calor, daí a velocidade maior. Novas máquinas com o 1.1GHz deverão chegar ao mercado brasileiro até outubro. Ainda não há um preço definido para computadores turbinados com ele, mas não custarão menos de R$ 2.700.

O supermonitor de 30'', da Samsung (com preço estimado entre US$ 20 mil e US$ 25 mil), poderá ser utilizado em áreas com alto nível de gerenciamento de informação que necessitem de interfaces gráficas, como simuladores de vôo, torres de controle de tráfego aéreo, e na parte de navegação e inteligência de tanques e submarinos.

A menor câmera digital do mundo, a Power Shot S100, foi o lançamento da Canon, com resolução de 2,1 megapixels e tamanho semelhante ao de um maço de cigarros. O equipamento pesa 190 gramas e custará cerca de R$ 2,5 mil. Com ela é possível armazenar até 46 imagens, com cartão Compact Flash de 8 MB. Possui flash embutido e bateria recarregável.

Fontes: Press Release AMD, IDGNOW, O Globo, CanalWeb e Comdex/2000.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.