• Assinantes
  • Autenticação

  • Juiz de Fora 150 anos em um minuto:
    Os fatos e personalidades que construíram a história da cidade.
    Novas crônicas todos os dias, de segunda a sexta.
    Uma iniciativa da Rádio FM Itatiaia e do JFService

    18/05/2000

    ouça a crônica
    Palacete Santa Mafalda
    Os imperadores sempre tiveram fama de excêntricos e, no Brasil, eles não fugiram a esta regra. Em 1861, o Comendador Manoel do Vale Amado, um rico proprietário rural, resolveu construir um imóvel para presentear o Imperador Dom Pedro II, quando de sua primeira visita à cidade. O Palacete Santa Mafalda, como foi chamado, foi erguido num dos pontos nobres da cidade, na esquina da Rua Braz Bernardino com Rua Principal, hoje Avenida Rio Branco. No entanto, o presente foi recusado por sua majestade. O monarca chegou a utilizar o casarão para a cerimônia do Beija-Mão, em que recebia os convidados e pessoas que tinham audiências marcadas. No prédio, todo ornamentado com móveis que vieram de Paris, também foram assinados documentos históricos. Mas Dom Pedro II disse que só aceitaria a oferta se o prédio fosse doado ao estado para abrigar uma obra de caridade ou escola. Revoltado, Manoel do Vale Amado decidiu que a casa não seria jamais habitada. Em 1904, o prédio acabou sendo doado à Santa Casa de Misericórdia, Av. Rio Branco, 3353, e, três anos depois, transformado no primeiro grupo escolar de Minas Gerais. O prédio dos Grupos Centrais, como ficou conhecido, foi tombado em 1983 e hoje abriga a Escola Estadual Delfim Moreira, Av. Rio Branco, 2437.

    ouça a crônica
    Ministrinho
    A escola de samba Turunas do Riachuelo, R. Vespasiano Pinto Vieira, 50, foi a primeira de Minas Gerais, tendo sido fundada em 1937. Um dos responsáveis pela história desta agremiação foi o músico Armando Toschi, nosso popular Ministrinho. O músico é um dos mais respeitados de Juiz de Fora e, na década de 40, não havia boa roda de samba sem que ele estivesse presente. Quando Itamar Franco foi Presidente da República, reconheceu o valor de Ministrinho para a música, entregando-lhe, em Brasília, a comenda da ordem do Rio Branco, concedida a personalidades de reconhecida honradez e destaque profissional. Temendo uma viagem de avião, Ministrinho tentou se esquivar, mas acabou não conseguindo e teve que fazer a viagem, além de vestir terno e gravata, conforme exigia o cerimonial. No avião, Ministrinho, por causa do apelido, foi confundido pelo comandante do avião, que pensava ser Armando Toschi, o nome de algum ministro italiano. Em Brasília, Ministrinho embarcou em carro oficial e foi recebido com honrarias no Palácio do Planalto, onde se encontrou com Itamar Franco. Depois do cerimonial, foi convidado para jantar, mas, de modo simples, Ministrinho recusou e completou dizendo que, ainda naquela noite, tinha um compromisso no bar do Jerônimo, em Juiz de Fora.

    ouça a crônica
    Instituto de Laticínios Cândido Tostes
    Era 1935 e Juiz de Fora via nascer o Instituto de Laticínios Cândido Tostes, Tenente Luiz de Freitas, 116. Criado graças a um decreto do governo do estado de Minas Gerais, a entidade tinha e ainda tem como meta o ensino e a pesquisa. Em 1974, um novo decreto do governo de Minas Gerais determinou a incorporação dos bens e das atividades do Instituto pela Epamig. Foi nessa época que também teve início todo o programa de pesquisas no Instituto, localizado desde sua fundação no bairro Santa Terezinha. Além dos estudos, há 63 anos, a instituição também se dedica à formação e ao desenvolvimento de recursos humanos, que irão atuar no setor agroalimentar de empresas de todo o país. O Cândido Tostes ainda vem oferecendo, ao longo dos anos, cursos de educação média e profissional para estudantes de quaisquer sistemas de ensino e de indústrias, de acordo com um calendário anual. Além disso, a entidade também mantém cursos provenientes de convênios firmados com órgãos governamentais e não-governamentais. A meta, desde o início dos trabalhos na cidade, é atingir o aprofundamento, a atualização de conhecimento de tecnologia e a capacitação de mão-de-obra especializada.

    Créditos:
    Texto e áudio - Equipe de Jornalismo Rádio FM Itatiaia JF
    Edição Internet e recursos digitais - Equipe JFService / ArtNet

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720