• Assinantes
  • Autenticação
  • Casa Aluguel de imóveis

    Um trote que ainda persegue veteranos

    Colaboração
    Repórter: Ana Maria Reis
    13/01/2000

    Achar, logo de cara, o lugar dos seus sonhos para morar, enquanto se conclui um curso universitário, é tarefa difícil para os estudantes que chegam a Juiz de Fora. O valor do aluguel nem sempre é o problema. Pessoas que nunca se viram antes acabam compartilhando, dia a dia, situações de extrema intimidade. E, assim, passam anos, numa rotina parecida com a de um casamento e longe de ser uma lua de mel.

    “As grandes brigas e discussões não são as piores coisas de se dividir apartamento. O dia a dia e os pequenos atritos gerados pela estreita convivência é que estressam mais”, reclama a “veteraníssima” Ana Junqueira (foto acima). Jornalista formada há um ano, ela mora em república e pensão desde 1995, quando saiu do sul de Minas para fazer cursinho pré-vestibular em Juiz de Fora. Atualmente, divide um apartamento de dois quartos em São Mateus com mais três universitárias.

    “Na hora de rachar as despesas da conta do supermercado, sempre tem uma que torce o nariz”, comenta Ana, que também aponta as vantagens de se alugar imóvel com mais pessoas. “Nosso apartamento é bem localizado e somando os valores do aluguel, condomínio, IPTU e luz, cada uma de nós desembolsa R$ 130 por mês”, comenta a jornalista.

    Não menos veterano no assunto, o estudante de Rádio e TV, Victor Hugo Menezes, vem dividindo quarto com colegas há pouco mais de três anos, numa rotina que está, segundo ele, prestes a acabar . “Passei uma tarde com os classificados na mão e ,com certeza, passarei outras várias visitando imobiliárias”, observa, reclamando da via-crucis que é alugar um apartamento quando o problema são os sistemas de contrato disponíveis a um universitário, sem parentes na cidade e região, ou amigos que possam servir como fiadores.

    Menezes reconhece que morar com outras pessoas é sinônimo de casa sempre cheia, companhia para conversar e fazer programas com companhia certa. Mas quando o problema não é a solidão e, pelo contrário, o inverso - a falta de privacidade, não há quem sinta remorso em pagar mais caro por mais sossego.

    Leia mais
    Dicas para uma locação

    Novas exigências de locação

    Pensões e hotéis

    Pão com margarina

    Ratos e ratazanas

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.