O cigarro ou eu

Ana Maria Reis
Repórter
20/01/2000

Existem pessoas que param de fumar para que seus parceiros não se sintam tão incomodados. Mas por fim à dependência ao cigarro deve integrar um programa sério de tratamento para que a compensação do vício não encontre outros pilares.

Manoela Mattos, 25 anos, parou de fumar de um dia para o outro. Há um mês ela cedeu às investidas do namorado de 1 ano e meio. Eduardo Costa conviveu, dia após dia, com a fumaça do cigarro da companheira, desde que a conheceu em um barzinho. “Nunca alguém fumou em minha casa, não sei como pude suportar tanto tempo”, revela o agora satisfeito companheiro de Manoela.

Ela admite estar mais agitada que o normal e pediu a um primo que está indo a passeio aos Estados Unidos que lhe traga de presente uma caixa de chicletes de nicotina. A psiquiatra clínica Elimar Jacob Salzer Rodrigues lembra que o ato de fumar é considerado um epifenômeno, isto é, uma ação compensatória de pessoas que sofrem de um mal conhecido como “personalidade dependente”. Este quadro patológico pode acarretar outros tipos de vínculos, que não ao do cigarro, como doces, pessoas e até coisas inanimadas.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), existem na área médica duas espécies de dependência - a física e a psicológica. O cigarro, por sua vez, é uma substância que produz dependência física ao usuário compulsivo, causando modificações bioquímicas e anatômicas. As alterações celulares causadas pelas 4 mil substâncias tóxicas resultantes da combustão do cigarro modificam o organismo não somente do fumante mas daqueles considerados fumantes “passivos’.

“A combustão da nicotina e das demais substâncias do cigarro causam auto-poluição e hetero-poluição, quero dizer, que a dependência ao fumo pode prejudicar em muito as pessoas que convivem com um fumante”, explica Elimar Jacob, que tem especialização e mestrado em Psicofármacos, dentro da linha do Bioquimismo Cerebral.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.