Tendências do outono-inverno 2000

13/03/2000

Múltiplas combinações para a moda outono-inverno 2000: a tecnologia pós-moderna se mistura ao antigo. Tecidos rústicos, quase primitivos, transformam-se em novas texturas. Um mix que traz o romântico-retrô e suas cores outonais, e também a contemporaneidade dos efeitos cósmicos, futuristas e coloridos.

Nos tecidos, a textura estará em alta no inverno. Muita leveza, conforto e maciez são a marca principal. Fofos, dublados, os aspectos de "sanduíche", os dupla faces, os matelassados, os "chamois", os acabamentos escovados e as malhas de todas as espécies. Tecidos fluidos com processo de "high twist" nas suas fibras, jérseis, os tecidos "stretch"e os aspectos sedosos.

As novidades ficam com as lãs aflaneladas, lixadas, escovadas, caneladas e felpadas, o tweed, e as malhas tipo mohair, cashemere e angorá. Os tricôs e crochês surgem com pontos grandes. Os algodões puros aparecem misturados com fios sintéticos, conseguindo texturas inusitadas, como a empapelada e a acolchoada.

Jeans, canvas, gabardines, veludos e nailon são indispensáveis. Na moda casual e esportiva, as neoprenes, o índigo e o nylon. Valem as transparências dos chiffons, crepes, voils e os metalizados changeants. Os couros tipo camurça ou sintéticos não podem faltar numa estação fria.



As cores são naturais. Em alta o bege, cinza, e naturais arenosos. Tons terrosos como o castanho, camelo, castor e acobreados combinam com cores quentes como o amarelo, laranja, vermelho e azuis. Mas os neutros continuam fazendo sucesso: preto, verdes folhagens, musgo, chumbo, mescla e ameixa. As estampas mais valorizadas são o xadrez, listrados clássicos e manchados.

Formas casuais misturam o sportswear com o workwear e o jeanswear. É a moda dinâmica, para o dia-a-dia em modelagens soltas, confortáveis e com direito a sobreposições. Nos agasalhos, as malhas ganham golas rolê e aparecem nas pelerines, ponchos, casacos na altura dos joelhos, xales, toucas e peças com efeito de casulo.

Peças importantes: calças funcionais, leggings, tops acolchoados, cardigans, jaquetas-túnica, jaquetas espaciais, boleros, vestidos longos, conjuntos com calça. Blazer, jaquetas e casacos próximos ao corpo, saias com comprimentos que variam do joelho ao micro mini, calças de perna reta, boot ou capri, volta de camisas estilo blusas, jaquetas esportivas, ternos, vestidos ultrafemininos e estilo camisa, como inovação.

Detalhes: passamanarias, pespontos aparentes, galões, rendas, debruns de pele, pedrarias, efeito plissê, franjas, efeitos metálicos. Zíperes continuam dominando fechamento de paletós e jaquetas, botões de pressão, colchetes gigantes ou em fita, uso do velcro, matelassé ou acolchoamento realçam joelhos, cotovelos ou ombros, golas altas.

Para a noite, retornam as silhuetas das "divas" do cinema dos anos 40, com vestidos longos, fendas, decotes e ombros de fora, usados puros ou com boleros e estolas. Os detalhes suntuosos são pedrarias, bordados, galões e efeitos de transparência, fluidez e brilho.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.