Empresas ganham mais espaço para publicidade


Arte: Elza Brasil

Repórter: Emilene Campos
16/07/99

Já entrou em vigor a lei que permite a veiculação de propaganda nos táxis de Juiz de Fora. Com a medida, os donos de táxis poderão instalar painéis no teto do veículo. Os preços ainda não foram definidos, mas o Secretário de Transportes, Luiz Carlos de Carvalho, explica que serão cobrados valores de mercado. A expectativa é de que, no máximo em seis meses, o regulamento para comercialização do novo espaço esteja pronto.

O Secretário adianta que cada anunciante vai pagar um preço específico pela veiculação de sua marca. Depois de realizado o contrato, o valor será informado à Settra para que a mesma taxa seja cobrada pelos demais. A medida visa impedir que haja concorrência entre a categoria.

O painéis serão fixados na carroceria ou através de suporte e não poderão exceder 40 cm de altura, nem ultrapassar a largura ou comprimento do teto. Outro ponto importante é que a fixação seja nas laterais do veículo, garantindo a visibilidade da placa de identificação do táxi.

Existem ainda restrições quanto ao conteúdo da publicidade. Propagandas de bebidas alcoólicas, cigarros e político-partidárias não poderão ser exibidas. A multa para quem desobedecer a lei será de 50 UFIR's (R$48,85 - valor em 16/07/99).

Já o taxista que quiser usufruir do novo sistema vai pagar a taxa mensal de 20 UFIR's (R$19,54 - valor em 16/07/99) ao Fundo Municipal de Transportes. O que for arrecadado com a exploração das propagandas deverá ser dividido em partes iguais entre quem tem a permissão para oferecer o serviço de táxi e o auxiliar.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.