• Assinantes
  • Autenticação
  • Casa

    Lavabos são continuidade do espaço social da casa Por se tratar de um local de uso esporádico e por visitas, a montagem do espaço requer cuidado e atenção especial, detalhando a decoração ambiente

    Aline Furtado
    Repórter
    4/5/2011
    Lavabo

    Um espaço concebido para ser a continuidade do espaço social da casa, onde é permitido imprimir, por meio de revestimentos e peças decorativas, a personalidade do proprietário da residência. "Lavabos são como cartões de visita das casas. São pensados como o hall, com muito cuidado, de forma a priorizar peças mais bonitas e diferenciadas", define a arquiteta Aline Andrade.

    Aliás, por se tratar de um espaço de uso esporádico, composto basicamente pelo vaso sanitário e pela cuba, ou pia, e destinado, na maioria das vezes, a visitas, merece uma atenção especial durante a montagem do projeto.

    Pelo fato de não ser um ambiente completamente úmido, por não contar com chuveiro, não deve ser pensado como um banheiro convencional. "Neste caso, há mais liberdade na hora de escolher o revestimento, já que o local não fica tão molhado, apenas a bancada, permitindo então a opção por materiais como madeira, tecido e papel de parede.

    Com relação ao tamanho do lavado, Aline lembra que é possível desenvolvê-lo mesmo em ambientes pequenos. "O ideal é que sejam medidas maiores, mas é possível planejar em um ambiente com largura mínima de um metro e dez centímetros, e profundidade mínima de um metro e vinte centímetros." A boa notícia para quem não dispõe de muito espaço, mas não quer abrir mão do lavabo em casa é que existem recursos que permitem a ampliação visual do espaço.

    Utilizar espelhos, usar o mesmo revestimento no piso e na parede, além da iluminação, podem contribuir para que a ideia de tamanho seja ampliada. "No caso da área da bancada, que serve como ponto de referência durante o desenvolvimento do projeto, é possível abusar de espelhos, por exemplo."

    Lavabo Lavabo
    Tendências

    Ainda que seja possível usar materiais diversificados nos lavabos, a arquiteta lembra que a indústria vem trabalhando linhas de cerâmica e porcelanato que reproduzem materiais como papel, madeira, palha, couro, entre outros. "Neste caso, a manutenção é mais fácil, além de serem materiais industriais de grande durabilidade."

    Com relação aos acessórios que compõem o ambiente, Aline destaca que a linha de metais pode ser encontrada de forma diversificada no mercado. "Papeleiras, toalheiras e outros itens devem ser pensados de forma a compor o visual do local. E isto tem a ver com a cara do dono, ou seja, é possível usar peças clássicas, modernas, aquelas que conferem um ar mais intimista ou ousado ao espaço e por aí vai."

    Lavabo Lavabo
    Janela

    Há lavabos construídos em cômodos sem janela. "Não é o ideal. De preferência, é melhor que haja este meio de ventilação. Caso contrário, é possível fazer uso de ventilação mecânica, como no caso do exaustor que é ativado quando a luz é acesa, sugando o ar para fora do local."

    Os textos são revisados por Thaísa Hosken

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.