• Assinantes
  • Autenticação
  • Casa

    Quarto para adolescentes

    Nome do Colunista Luiz Henrique Duarte 14/10/2016



    As tendências sempre mostram novas ideias para compor os ambientes com criatividade e harmonia. A grande sacada do momento para projetar os espaços e deixá-los com uma atmosfera aconchegante é utilizar de elementos que transmitem o conforto e a praticidade, sem perder a originalidade. Os adolescentes, cada vez mais, curtem quartos com uma pegada multifuncional, para dormir, relaxar, curtir a vida e receber os amigos, com toda a efervescência da juventude.

    Na arquitetura e no design de interiores, os espaços da novíssima geração ganham uma linguagem própria, são atraentes e despojados, além de extremamente urbanos e cada vez mais informatizados. O mobiliário e os revestimentos ganham uma versatilidade, permitindo inúmeras possibilidades de uso.  A irreverência e a liberdade de expressão fazem destes adolescentes exímios talentos, sabendo escolher tudo o que desejam para a decoração de seus espaços, garantindo o seu bem-estar.

    A arquiteta e urbanista Natália Torres participa da segunda edição da Mostra Casa Design, com o projeto de um quarto para adolescentes, com todos os artifícios e recursos para deixá-lo acolhedor e muito bem setorizado. "Fui tentar buscar um quarto para adolescente que está na fase de transição, de criança para a fase adulta, então é um quarto com vários ambientes, ambiente para dormir, estudar e lazer", define ela.

    A arte urbana é expressa na forma do grafismo, exibindo um enorme pássaro asteca e um caramujo, com uma paleta de cores quentes, transmitindo toda essa alegria observada nos jovens. O cenário urbano foi uma das fontes de inspiração para a arquiteta, como o concreto bruto das cidades, observado dentro do ambiente no revestimento de uma das paredes. A marcenaria planejada para o espaço está presente na convidativa cama Deck, toda confeccionada em madeira freijó e com a rouparia em chivron, no black jeans, contrastando com as almofadas turquesa de seda indiana. O armário, em laca fendi, recebeu portas espelhadas e o hack de TV, todo em ébano preto, faz contraste com o armário em estilo inglês, que armazena livros e objetos pessoais.

    O posto de trabalho é composto por uma mesa com tampo em madeira de árvore, garantindo o reaproveitamento e a sustentabilidade. O revestimento em lambri do teto do espaço permaneceu o mesmo, como a paginação do piso. "Nesse sentido, meu trabalho é muito econômico, e nos tempos de hoje, isso é ótimo, é o reaproveitamento, não existe uma aquisição pelo consumo, o norte todo foi esse, pensar em uma coisa que fosse econômica, agradável, o volume das janelas também é o mesmo, só ganhou revestimentos novos", explica a arquiteta com entusiasmo.

    Outro destaque é a iluminação do espaço, onde é possível criar vários cenários luminotécnicos, de acordo com o estado de espírito de cada adolescente, merecendo destaque a luminária em bronze, com lâmpada aparente e os pendentes expostos em uma escada, mostrando o lado lúdico do ambiente. "Consigo um ambiente mais intimista, outro ambiente para a hora de dormir e uma iluminação focada para o trabalho, que ela é mais intensa e você vê que o ambiente ficou mais claro", argumenta Natália.

    Os objetos decorativos podem ser observados, como as esculturas em fios de aço. O skate e o violão, expostos em um painel todo reaproveitado, garante personalidade ao espaço, como a super bike, que pode ser apreciada de qualquer ponto do quarto. Os quadros e as gravuras configuram a arte e a cultura de forma irretocável. "Na verdade, não abusei dos enfeites, mas busquei objetos que tivessem a ver e representassem um pouco do quarto, como a lupa, o bulldog, o cacto, que é um verde fácil de cuidar, você tem o fusca, que retrata o urbano", analisa a arquiteta.

    As cortinas em linho preto permitem maior privacidade e controlam a entrada de luz natural, deixando o quarto mais sofisticado e casual. Entretanto, vocês em casa podem inspirar-se e compor novos espaços, utilizando-se de uma base neutra, aproveitando tudo o que já possuem, reinventando funções para um móvel ou aplicando uma nova cor. Ser fashion no momento é economizar, mas com estilo e bom gosto!

    As fotos de Bruno Caniato registram.

    Casa Design:

    Rua Randall de Oliveira, 107 - Aeroporto, até 30/out
    Quarta à Domingo e feriados de 14h às 22h

    Luiz Henrique Duarte é Bacharel em direito, designer de interiores graduado, jornalista apaixonado por arte clássica e contemporânea, boa música, arquitetura e tudo relacionado à estética do bem viver.

    Os autores dos artigos assumem inteira responsabilidade pelo conteúdo dos textos de sua autoria. A opinião dos autores não necessariamente expressa a linha editorial e a visão do Portal ACESSA.com

    A Melhor Internet Está Aqui

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.