• Assinantes
  • Autenticação
  • Casa

    Conheça os ambientes preferidos na casa da jornalista Laila Hallack 

    Nome do ColunistaLuiz Henrique Duarte 13/01/2017

    Cada vez mais, as moradias da atualidade constituem espaços aconchegantes, projetados com muita criatividade para garantir o conforto, a funcionalidade e a praticidade dos usuários, de acordo com as suas reais necessidades. Na arquitetura e no design de interiores, o mobiliário e os revestimentos precisam estar
    integrados aos adornos e aos elementos decorativos, promovendo a harmonia e resgatando memórias afetivas para compor detalhes diferenciados nos mais diversos tipos de ambientes contemporâneos.

    A casa

    Para cada casa, existe um cheiro próprio, uma história diferente, uma atmosfera acolhedora, capaz de despertar às melhores sensações de bem-estar, conforto, liberdade e paz. A jornalista Laila Hallack, atual blogueira e digital influencer, abriu as portas de sua aconchegante casa "La Vila", um espaço composto por
    detalhes indescritíveis, com muito estilo e personalidade. "A decoração da minha casa é como uma colcha de retalhos", define Laila. "É um mosaico de referências, histórias, viagens, sensações... é o antigo e o novo juntos, uma mistura que tem a referência provençal, mas acima de tudo, é uma decoração com raízes, com a alma de nossa família."

    Mas a forma de compor a decoração e arrumar uma casa precisa de uma linguagem própria, uma simetria com os nossos sonhos e sentimentos, para fluir boas energias e deixar os ambientes convidativos ao descanso, relaxamento e ao lazer. "Uma casa arrumada é uma casa que tem alma, afeto, harmonia e felicidade", afirma a jornalista. "É uma casa que tem vida, não só através dos objetos, mas das pessoas."

    Canto afetivo e ambiente preferido

    Do lado esquerdo, em uma das salas, com a paisagem natural em primeiro plano - árvores, flores e montanhas invadem o espaço, trazendo a calma e a presença de Deus de uma forma suave - está o "canto afetivo", reunindo as reminiscências familiares, com fotos dos avôs materno e paterno, assim como a de seus pais no momento de suas bodas matrimoniais. Uma composição de porta-retratos e corações em aço expostos nas paredes demonstra o amor familiar incondicional. "Este é o cantinho que marca mais, que eu tenho mais afeto. Eu acho que a decoração, assim como a arte, tem que trazer não só um conceito estético, uma beleza, mas a cara e a verdade de cada um", enfatiza Laila.

    A jornalista aprendeu a gostar de decoração devido à sua mãe, e considera que a sua casa precisa ter, além do conforto, a cara de toda a família. "Eu não gosto de decorações copiadas, impessoais, muito clean, eu gosto de decoração que traga essa personalidade para as pessoas", conta. "Esse 'canto afetivo' demonstra que a família está acima de tudo", revela Laila com emoção.

    Além deste canto especial, existe uma ambiente preferido de Laila: uma varanda inigualável, cercada pelo som dos pássaros, onde consegue reunir os amigos e a família para momentos descontraídos ou brindar aos melhores momentos da vida. Esta varanda é muito utilizada para meditação, relaxamento e até mesmo estudos. "As pessoas que me seguem já estão habituadas com esta vista, porque como moramos em um lugar cheio de árvores, cercado de muito verde, nós ficamos aqui na varanda para alimentar, receber os amigos, ler um livro..." relata a blogueira. "É um canto que me faz conectar com a natureza, me traz essa paz e harmonia em um meio tão tranquilo."

    Araras, tucanos e outras espécies da fauna brasileira chegam para visitar a jornalista e sua família de surpresa em sua varanda. Até uma das apresentadoras mais queridas da TV brasileira, Xuxa Meneghel, já chegou de repente em sua casa para gravar um quadro para o seu programa semanal na Rede Record, deixando como legado a idéia de que tudo pode ser, e se quiser, será - basta acreditar.

    Uma coleção de dedais garimpados em viagens e expostos na sala merece destaque, assim como o lavabo todo provençal, com ênfase na cômoda antiga transformada em bancada principal. Entre várias peças decorativas, a "casa dos passarinhos" tem um significado especial. "Lá fora, na varanda, existem duas casas de passarinhos, que minha mãe fazia e todos nós ajudávamos: um lixava, outro pintava... quem me conhece sabe que gosto de tudo que é relacionado a asas e vôo, por representar a liberdade, e essas casas foram feitas por nós", explica Laila.

    Blog

    Atualmente, a jornalista está à frente de um blog, onde assuntos do cotidiano são abordados abertamente de uma forma espontânea, livre, verdadeira e democrática, sem perder a qualidade de informação e o profissionalismo de sempre. Os temas englobam arte, bem-estar, cultura, comportamento, design, diversão, moda, saborosas receitas gourmets celíacas e muitos tópicos para aumentar a auto estima. "Eu brinco que o blog é o meu veículo de comunicação, então, dedico as pautas aos assuntos que tenho interesse, pelos quais as pessoas possam se interessar", esclarece Laila. "Gosto muito de retratar a diversidade, o bem-estar, o respeito ao próximo, a idéia de ser light, uma pessoa mais tranquila... eu tento passar essas coisas boas, que fazem bem pra mim", fala.

    Para realizar as pesquisas diárias, apurar informações e interagir em suas redes sociais, a confortável cadeira Ghost, do designer Philippe Starck, e a escrivaninha retrô pink garantem à jornalista um home office prazeroso para o trabalho. A coleção de mini cadernos é um de seus hobbies de peso e já foi matéria em seu blog, revelando suas escolhas preferidas. Os textos fantásticos são escritos com o coração e espontaneidade, mas com seriedade na alma e a liberdade de ser, simplesmente Laila. "Quem lê o nosso conteúdo vai ler com mais prazer, vai entender melhor nossa mensagem, passando mais credibilidade. Associei este trabalho na minha área de jornalismo com essa espontaneidade e com essa leveza", define sobre o blog.

    Por ter tanta disposição e emocionar os seguidores, o sucesso é algo inevitável, consequência de muita dedicação e reciclagem na área profissional, como os cursos de apresentadora e roteirista que levaram a jornalista a optar por um site que fosse a sua cara. " ucesso é uma palavra relativa; é você estar feliz e sentir-se bem com o que você faz, é colocar o amor, a alma e a verdade", opina ela.

    Receitas sem gúten

    As tardes de verão reservam surpresas agradáveis, como o cheiro suave e convidativo de dois bolos deliciosos, saindo do forno, com sabores de banana e laranja, receitas saudáveis sem glúten e lactose que Laila fez para ilustrar nossa matéria. Em uma mesa redonda, jarras em vidro com águas de coco e saborizadas, frutas da estação, chips crocantes naturais de maçã, pães de queijo e um aparelho em porcelana com detalhes suaves em rosas resumem todo o cuidado de nossa anfitriã. Ao som da banda Cake, uma energia irradiava pelo ambiente, com uma verdadeira metamorfose de bons presságios, onde tudo estava na mais perfeita sintonia. Uma presença cativante se juntou a nós neste instante: Jovita Hallack, a mãe de nossa entrevistada.

    A restrição alimentar é um tema muito divulgado por Laila, que realiza importantes pesquisas na área, devido ao aumento de pessoas intolerantes a glúten. No seu blog, ela ensina receitas celíacas, testando antes cada uma delas. "O principal desafio da receita é fazer, ficar boa e dar certo, então, o combinado aqui em casa é fazer só as melhores", explica. "Não adianta eu ter uma restrição alimentar e comer um bolo sem sabor. Tem que ser aprovado aqui, pela minha família e amigos."

    "Até o meio do ano, vou organizar um evento em Juiz de Fora para abordar o tema. Vai ser um bate-papo com profissionais em quem confio, que são especialistas neste tipo de assunto, para esclarecer, tirar dúvidas e acabar com os mitos", antecipa os projetos futuros.

    Faça você

    Para todos que desejam inspirar-se nestes ambientes aconchegantes, basta ter idéias originais e reunir peças decorativas de que gostem; não precisa ser nada de alto custo, basta ter criatividade. "Aqui em casa, praticamente tudo é reaproveitado, comprado em antiquário ou presente de amigos e parentes. As pessoas não precisam gastar muito para ter um canto aconchegante - é só procurar, garimpar, abrir os olhos para as possibilidades", ensina Laila. "Às vezes, andando pela rua, encontramos um móvel antiguinho que você pode pintar, por exemplo."

    No meio de tantas sugestões, nossos olhos observaram bicicletas utilizadas como cachepôs e um armário antigo de demolição condicionado para um novo uso, em um contexto de muitas descobertas. Muitas novidades devem estar por chegar no blog da jornalista, que está sempre aberta ao diálogo e à divulgação de cenas interessantes de nossa cidade e região. "Tudo é feito com muito carinho e trabalho. Encaro o blog como fazer uma reportagem em rede nacional, e aceito muito dialogar com as pessoas, aceito sugestões, artistas da cidade que tem trabalhos interessantes... bora dialogar, falar de reflexões importantes! Espero que
    Juiz de Fora se abra para este novo canal de comunicação", finaliza Laila com o recado.

    As fotos exclusivas de Bruno Caniato registram.

    Os autores dos artigos assumem inteira responsabilidade pelo conteúdo dos textos de sua autoria. A opinião dos autores não necessariamente expressa a linha editorial e a visão do Portal ACESSA.com

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.