• Assinantes
  • Autenticação
  • Casa

    Decoração do hall de entrada deve ser feita sem exageros

    Em um hall não pode faltar uma boa iluminação, de preferência que tenha ativação por meio de sensores

    Jorge Júnior
    Repórter
    27/4/2012
    hall

    O hall de entrada da sua casa é o primeiro local em que você e quem o visita tem acesso. Para que este ambiente gere uma boa imagem da sua moradia a design de interiores Iara Santos alerta: "exagero de cores e revestimentos deve ser evitado, afinal o hall tem o papel de acolher quem você recebe, traduzir espacialmente o sentimento de boas-vindas aos visitantes."

    Segundo a design de interiores Renata Basques, normalmente, os halls, mesmo de casa, são pequenos e, por isso, não devem possuir muita informação, cores fortes ou papéis de parede com estampas. "Itens muito marcantes devem ser evitados, porque como o espaço é pequeno, as informações ficam mais evidentes, podendo proporcionar um certo desconforto aos visitantes."

    Além de não exagerar, Renata diz que o espaço, mesmo sendo quase independente, não deixa de ser um ambiente da casa e, por isso, deve manter a mesma unidade com o restante da decoração. "O hall é uma extensão da casa e, sendo assim, ele deve manter a mesma linha de decoração do restante da morada", concorda Iara.

    Outro fator importante na hora de decorar o espaço é pensar na iluminação. "Procure usar poucos focos de luz, mas se lembre de que eles devem ser suficientes para atender às necessidades dos usuários do espaço." Renata endossa a dica. "A decoração de um hall não pode faltar uma boa iluminação, de preferência que tenha luz com sensores, ou até uma marcação com arandelas [iluminação na parede]", orienta.

    As especialistas no assunto também aconselham que os adornos sejam trabalhados de forma bem moderada, e que a decoração seja atemporal, clássica e com cores claras. "A marcação das portas é outro item que não pode faltar. Um hall com uma boa marcação, seja em alisares de marcenaria ou um belo puxador de portas e acessos, também fica mais interessante", opina Renata.

    Tendências

    De acordo com Renata, para o hall, os espelhos sempre caem bem. "O papel de parede com textura de tecido está sendo muito usado, pois torna o ambiente aconchegante. Além disso, existe a praticidade do material, que permite que a pessoa o modifique sem que para isso se faça sujeira ou obra." 

    Contudo, Iara garante que atualmente o mercado oferece vários tipos de revestimentos que valorizam as paredes. "Acredito que a grande tendência, no que diz respeito à decoração do hall, está na aplicação desse recurso. Afinal, como sempre, o requinte e a sofisticação estão nos detalhes." Além desses, o revestimento do piso do hall com um carpete cortado especialmente para o local é uma boa opção.

    No entanto, Iara destaca que a textura em parede não é mais utilizada como forma de decorar interiores das residências. "Esse tipo de recurso é mais utilizado em áreas externas", esclarece.

    hall hall

    Prédios

    Para o hall do edifício, a decoração deve combinar com o estilo do prédio, porém o mais importante para não errar neste tipo de decoração é ouvir as demandas e as necessidades dos condôminos. "A decoração do hall do edifício deve manter a mesma linguagem do local. Por exemplo, se o lugar possui estrutura sofisticada, a decoração não pode ir de encontro a isso. Não se pode, por exemplo, empregar uma decoração rústica mesmo que isso seja de interesse da maioria. Como tudo o que se relaciona à decoração, o bom senso tem que ser mantido", salienta Renata.

    Os textos são revisados por Mariana Benicá

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.