• Assinantes
  • Autenticação
  • Cidade

    Filho mata mãe durante surto e é morto por policiais no Parque Guarani

    Homem de 33 anos tinha histórico de esquizofrenia; PMs não conseguiram conter o ataque

    Da redação
    16/01/2017

    Um homem de 33 anos matou a mãe, de 60 anos, durante um surto de esquizofrenia ocorrido por volta das 21h do último sábado, 14. O crime aconteceu na casa da família na Av. Juiz de Fora, no bairro Parque Guarani; ao chegar à residência, os policiais foram atacados pelo homem e dispararam para contê-lo, matando o autor no local.

    Segundo o boletim de ocorrência, a mãe do homem teria ligado para sua irmã, pedindo que esta acionasse a Polícia Militar e o SAMU, pois estava com medo de seu filho, que tinha histórico de esquizofrenia, não havia dormido na noite anterior e estava olhando para ela de forma ameaçadora. A irmã atendeu ao pedido; ao ligar novamente para a casa em busca de informações, ela ouviu gemidos de dor e a voz do homem ao fundo gritando "Morre! Morre!", sendo a ligação interrompida pouco depois. A irmã e o outro irmão da vítima decidiram ir de carro até a casa da vítima, chegando no mesmo momento que a viatura da PM.

    Os policiais militares tentaram fazer contato com o filho, mas não obtiveram sucesso e tiveram de arrombar o cadeado do portão com um alicate, entrando na residência em seguida, acompanhados do irmão da vítima. Ao entrar na casa, encontraram o autor encostado na parede próxima à porta, empunhando uma cavadeira de metal. Os policiais recuaram e tentaram conter o homem com advertências verbais, mas foram atacados. Um dos militares disparou contra o autor, mas este, mesmo sendo atingido, continuou a investir contra a polícia.

    Ao recuar, um dos policiais escorregou na escada e caiu. O assassino aproveitou a oportunidade para golpear outro militar no pé esquerdo com a cavadeira; neste momento, a polícia abriu fogo, tendo disparado cinco tiros no total. O agressor foi atingido e caiu; os policiais prestaram os primeiros socorros, mas o óbito foi constatado no local.

    Em seguida, os militares entraram na residência e encontraram o corpo da mãe na lavanderia, já sem vida e com manchas de sangue nas roupas e nos móveis ao redor. Uma faca com cabo de madeira e lâmina ensanguentada foi achada dentro do tanque. A perícia chegou ao local do crime e constatou que a mãe sofreu três golpes perfurantes no tórax e diversas feridas dilacerantes na cabeça; o filho foi atingido por uma bala no ombro, duas na perna, uma na panturrilha e uma na região genital. Os corpos foram levados ao IML, as armas do crime foram recolhidas e os militares que efetuaram os disparos receberam voz de prisão em flagrante por homicídio, sendo conduzidos ao 2º BPM para apresentação à autoridade policial competente.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.