Bicos injetores: quando fazer a limpeza?

Diego Cardoso Diego Cardoso 29/11/2018

A limpeza dos bicos injetores é um assunto que pode dar o que falar entre mecânicos e fabricantes de veículos e peças. Alguns defendem a sua limpeza, outros acreditam que não seja necessária porque as válvulas, teoricamente, são “autolimpantes” e não precisam passar pelo processo.

Os bicos são a parte final que leva o volume perfeito de combustível para dentro do motor do carro, eles possuem pequenos orifícios que não podem ser obstruídos de jeito nenhum. Porém, devido à qualidade dos combustíveis, pode acontecer a obstrução dessa passagem. Então é preciso fazer a sua limpeza? Não necessariamente.

Invista em manutenção preventiva

Apostar na manutenção preventiva pode ser o grande aliado para evitar problemas. Substituir o filtro de combustível regularmente e abastecer em postos de combustíveis de confiança são dois destaques nessa precaução.

Além do risco de combustíveis adulterados, a gasolina e o etanol podem ser contaminados durante o processo de transporte e armazenamento até chegar aos postos, por isso, é importante sempre trocar o filtro de acordo com a indicação do fabricante. É ele que evita a chegada da sujeira aos bicos injetores.

Antes de limpar os bicos, faça um diagnóstico

Caso exista algum problema no componente, o carro vai dar alguns sinais, podendo apresentar uma falha no motor, aumento de consumo e até perda de potência. Nesse caso, invista no diagnóstico dos bicos. Uma série de testes além da limpeza, precisam ser executados. É preciso verificar se há falhas em outros sensores ou atuadores antes de sair desmontando o motor. Não adianta fazer a limpeza de bicos sem consertar o motor e eliminar o problema original. A sujeira pode ser sintoma de um defeito ainda maior, e não a causa em si. Fique atento!

Qualquer dúvida, entre em contato com a gente por email ou Whatsap, ok?

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.