• Assinantes
  • Autenticação
  • Cidade

    Quarta-feira, 02 de abril de 2008 atualizada às 18h35

    Vereadora perde cargo por infidelidade partidária



    Priscila Magalhães
    Repórter

    A vereadora Regina de Fátima Nogueira, de Ewbank da Câmara, na Zona da Mata mineira, é a primeira, em Minas Gerais, a perder o mandato por causa da infidelidade partidária, regulamentada pela resolução 22.610/2007, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

    Segundo a assessoria do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG), no dia 03 de setembro de 2007, ela se desfiliou do DEM (Partido Democratas) e em 1º de outubro se filiou ao Partido Social Cristão (PSC). Ao DEM, ela teria deixado um documento afirmando que teria motivos pessoais para se desfiliar e agradeceu ao partido.

    A defesa da vereadora apresentou como motivo da desfiliação o fato de que o DEM não estaria estruturado, na cidade, o que não serve como argumento para o TRE, pois os partidos têm caráter nacional e o candidato pode se eleger em qualquer local do país. A resolução entrou em vigor em 27 de março de 2007 e proíbe que a desfiliação partidária aconteça sem justa causa.

    A Melhor Internet Está Aqui

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.