Segunda-feira, 10 de dezembro de 2012, atualizada às 17h20

Juiz de Fora registra primeira morte pelo período de chuvas

Nathália Carvalho
Repórter
Período de Chuvas em JF

As fortes chuvas que assolaram Juiz de Fora durante o último final de semana fizeram a primeira vítima fatal registrada na cidade. Maciel do Carmo Souza, de 19 anos, foi atingido pelo desabamento de uma parede, ocorrido no bairro Jóquei Clube, no sábado, 8 de dezembro, por volta das 17h. Ele foi socorrido e encaminhado para o Hospital de Pronto Socorro (HPS) em estado grave, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O óbito foi constatado por volta das 19h05 do mesmo dia.

Segundo informações da assessoria da Secretaria de Saúde (SS), o corpo de Maciel já foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Juiz de Fora. Outros dois homens também ficaram feridos no acidente, que ocorreu enquanto eles trabalhavam em uma obra localizada na avenida Brasil. De acordo com o Corpo de Bombeiros, durante a chuva forte, os funcionários tentaram se abrigar próximos ao local, que desabou sobre eles. As vítimas foram encontradas em meio aos escombros e receberam atendimento médico.

Outras ocorrências

Ainda no sábado, outro desmoronamento, desta vez de um galpão em um canteiro de obras, foi registrado pelos Bombeiros na rua Ivan Batista de Oliveira, no bairro Milho Branco, ocasionando uma vítima, que foi atingida pelos destroços na região do rosto. Ela foi encaminhada para o HPS, aonde recebeu atendimento médico por volta das 17h20. Além disso, o órgão identificou quedas de árvores e destelhamentos pela cidade, principalmente na Zona Norte, mas ninguém ficou ferido. A foto acima mostra a queda de galhos em cima de um carro, ocorrida também no sábado, na avenida Santa Luzia, no bairro de mesmo nome.

No total, a Defesa Civil registrou 21 ocorrências entre as 18h da sexta, 7, e as 8h da manhã desta segunda. Desse número, 12 foram na região Norte, maior atingida no período, seguida de quatro na Sul, três na Sudeste, uma no Centro, uma na Leste e nenhuma nas regiões Oeste e Nordeste (ver mapas). A maior parte das ocorrências foi devido ao destelhamento parcial de edificações, com seis chamadas registradas.

Cidade em alerta durante esta semana

Durante o final de semana chuvoso, foram registrados 46.2 milímetros de precipitação em Juiz de Fora, conforme dados do Centro de Climatologia Tempo Clima Puc/Minas. Próximo à cidade, em uma zona de coleta de dados na cidade de Coronel Pacheco, o acumulado de chuva chegou a 50 milímetros somente no domingo, sendo que 37 milímetros foram em apenas uma hora.

Para esta semana, a previsão é de que as chuvas continuem, conforme explica o meteorologista Heriberto dos Anjos. "Uma frente fria que está localizada no oceano, próxima ao litoral do Rio de Janeiro, está atuando na região e trazendo convergência de umidade", diz. Com isso, o tempo deve permanecer nublado e instável, com possibilidade de temporais principalmente a partir desta quarta-feira, 12. "A cidade deve ficar em alerta durante esta semana. O risco é de chuva muito forte, que pode ocasionar situações adversas, como alagamentos e desabamentos."

O calor durante o dia, típico do período, também permanece. As temperaturas devem variar entre 18º C a mínima, e 29ºC a máxima, nesta terça, 11, e a partir de quinta, 13, a máxima não ultrapassa os 26º C.

Os textos são revisados por Juliana França

Segunda-feira, 10 de dezembro de 2012, atualizada às 17h20

Juiz de Fora registra primeira morte pelo período de chuvas

Nathália Carvalho
Repórter
Período de Chuvas em JF

As fortes chuvas que assolaram Juiz de Fora durante o último final de semana fizeram a primeira vítima fatal registrada na cidade. Maciel do Carmo Souza, de 19 anos, foi atingido pelo desabamento de uma parede, ocorrido no bairro Jóquei Clube, no sábado, 8 de dezembro, por volta das 17h. Ele foi socorrido e encaminhado para o Hospital de Pronto Socorro (HPS) em estado grave, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O óbito foi constatado por volta das 19h05 do mesmo dia.

Segundo informações da assessoria da Secretaria de Saúde (SS), o corpo de Maciel já foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Juiz de Fora. Outros dois homens também ficaram feridos no acidente, que ocorreu enquanto eles trabalhavam em uma obra localizada na avenida Brasil. De acordo com o Corpo de Bombeiros, durante a chuva forte, os funcionários tentaram se abrigar próximos ao local, que desabou sobre eles. As vítimas foram encontradas em meio aos escombros e receberam atendimento médico.

Outras ocorrências

Ainda no sábado, outro desmoronamento, desta vez de um galpão em um canteiro de obras, foi registrado pelos Bombeiros na rua Ivan Batista de Oliveira, no bairro Milho Branco, ocasionando uma vítima, que foi atingida pelos destroços na região do rosto. Ela foi encaminhada para o HPS, aonde recebeu atendimento médico por volta das 17h20. Além disso, o órgão identificou quedas de árvores e destelhamentos pela cidade, principalmente na Zona Norte, mas ninguém ficou ferido. A foto acima mostra a queda de galhos em cima de um carro, ocorrida também no sábado, na avenida Santa Luzia, no bairro de mesmo nome.

No total, a Defesa Civil registrou 21 ocorrências entre as 18h da sexta, 7, e as 8h da manhã desta segunda. Desse número, 12 foram na região Norte, maior atingida no período, seguida de quatro na Sul, três na Sudeste, uma no Centro, uma na Leste e nenhuma nas regiões Oeste e Nordeste (ver mapas). A maior parte das ocorrências foi devido ao destelhamento parcial de edificações, com seis chamadas registradas.

Cidade em alerta durante esta semana

Durante o final de semana chuvoso, foram registrados 46.2 milímetros de precipitação em Juiz de Fora, conforme dados do Centro de Climatologia Tempo Clima Puc/Minas. Próximo à cidade, em uma zona de coleta de dados na cidade de Coronel Pacheco, o acumulado de chuva chegou a 50 milímetros somente no domingo, sendo que 37 milímetros foram em apenas uma hora.

Para esta semana, a previsão é de que as chuvas continuem, conforme explica o meteorologista Heriberto dos Anjos. "Uma frente fria que está localizada no oceano, próxima ao litoral do Rio de Janeiro, está atuando na região e trazendo convergência de umidade", diz. Com isso, o tempo deve permanecer nublado e instável, com possibilidade de temporais principalmente a partir desta quarta-feira, 12. "A cidade deve ficar em alerta durante esta semana. O risco é de chuva muito forte, que pode ocasionar situações adversas, como alagamentos e desabamentos."

O calor durante o dia, típico do período, também permanece. As temperaturas devem variar entre 18º C a mínima, e 29ºC a máxima, nesta terça, 11, e a partir de quinta, 13, a máxima não ultrapassa os 26º C.

Os textos são revisados por Juliana França

-
Segunda-feira, 10 de dezembro de 2012, atualizada às 17h20

Juiz de Fora registra primeira morte pelo período de chuvas

Nathália Carvalho
Repórter
Período de Chuvas em JF

As fortes chuvas que assolaram Juiz de Fora durante o último final de semana fizeram a primeira vítima fatal registrada na cidade. Maciel do Carmo Souza, de 19 anos, foi atingido pelo desabamento de uma parede, ocorrido no bairro Jóquei Clube, no sábado, 8 de dezembro, por volta das 17h. Ele foi socorrido e encaminhado para o Hospital de Pronto Socorro (HPS) em estado grave, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O óbito foi constatado por volta das 19h05 do mesmo dia.

Segundo informações da assessoria da Secretaria de Saúde (SS), o corpo de Maciel já foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Juiz de Fora. Outros dois homens também ficaram feridos no acidente, que ocorreu enquanto eles trabalhavam em uma obra localizada na avenida Brasil. De acordo com o Corpo de Bombeiros, durante a chuva forte, os funcionários tentaram se abrigar próximos ao local, que desabou sobre eles. As vítimas foram encontradas em meio aos escombros e receberam atendimento médico.

Outras ocorrências

Ainda no sábado, outro desmoronamento, desta vez de um galpão em um canteiro de obras, foi registrado pelos Bombeiros na rua Ivan Batista de Oliveira, no bairro Milho Branco, ocasionando uma vítima, que foi atingida pelos destroços na região do rosto. Ela foi encaminhada para o HPS, aonde recebeu atendimento médico por volta das 17h20. Além disso, o órgão identificou quedas de árvores e destelhamentos pela cidade, principalmente na Zona Norte, mas ninguém ficou ferido. A foto acima mostra a queda de galhos em cima de um carro, ocorrida também no sábado, na avenida Santa Luzia, no bairro de mesmo nome.

No total, a Defesa Civil registrou 21 ocorrências entre as 18h da sexta, 7, e as 8h da manhã desta segunda. Desse número, 12 foram na região Norte, maior atingida no período, seguida de quatro na Sul, três na Sudeste, uma no Centro, uma na Leste e nenhuma nas regiões Oeste e Nordeste (ver mapas). A maior parte das ocorrências foi devido ao destelhamento parcial de edificações, com seis chamadas registradas.

Cidade em alerta durante esta semana

Durante o final de semana chuvoso, foram registrados 46.2 milímetros de precipitação em Juiz de Fora, conforme dados do Centro de Climatologia Tempo Clima Puc/Minas. Próximo à cidade, em uma zona de coleta de dados na cidade de Coronel Pacheco, o acumulado de chuva chegou a 50 milímetros somente no domingo, sendo que 37 milímetros foram em apenas uma hora.

Para esta semana, a previsão é de que as chuvas continuem, conforme explica o meteorologista Heriberto dos Anjos. "Uma frente fria que está localizada no oceano, próxima ao litoral do Rio de Janeiro, está atuando na região e trazendo convergência de umidade", diz. Com isso, o tempo deve permanecer nublado e instável, com possibilidade de temporais principalmente a partir desta quarta-feira, 12. "A cidade deve ficar em alerta durante esta semana. O risco é de chuva muito forte, que pode ocasionar situações adversas, como alagamentos e desabamentos."

O calor durante o dia, típico do período, também permanece. As temperaturas devem variar entre 18º C a mínima, e 29ºC a máxima, nesta terça, 11, e a partir de quinta, 13, a máxima não ultrapassa os 26º C.

Os textos são revisados por Juliana França