Sexta-feira, 6 de dezembro de 2013, atualizada às 11h33

Após 17 anos, envolvido em racha em Mar de Espanha é preso

Lucas Soares
Repórter
Polícia Civil

A Polícia Civil (PC) de Mar de Espanha prendeu, na tarde da última quinta-feira, 5 de dezembro, o empresário Ismael Keller Loth, envolvido em um racha na MG-126, que liga a cidade à Bicas. O outro envolvido, o médico Ademar Pessoa Cardoso, já havia sido preso em novembro de 2012 e cumpre pena de 12 anos e nove meses. O caso ocorreu em 1996.

Ismael também foi condenado a 12 anos de prisão em 2004 e entrou com diversos recursos durante o período. No entanto, uma decisão do Supremo Tribunal de Justiça negou o último recurso e determinou que a pena fosse cumprida. Segundo a PC, os agentes foram até a casa do condenado por volta das 17h, mas ele não estava. Porém, por volta de 19h50, o próprio Ismael se apresentou na Delegacia.

Relembre o caso

O acidente aconteceu no dia 5 de abril de 1996 e ocasionou a morte de cinco pessoas da mesma família, dentre elas, duas crianças, sendo uma de sete meses e outra de dois anos, e uma idosa, de 93. O médico dirigia uma Blazer, que bateu de frente em um Fusca. Todas as vítimas morreram na hora. Ademar e Ismael teriam apostado R$ 2 mil para ver quem chegaria primeiro em Mar de Espanha.

Na época, a 9ª DPC de Bicas ficou responsável pelas investigações, uma vez que o acidente ocorreu no distrito de Santa Helena. O delegado Carlos Roberto da Costa Siqueira indiciou, ao término do inquérito policial, o médico por homicídio doloso, quando o autor assume o risco do crime, mesma conclusão do procurador de justiça e sub-corregedor da Corregedoria Geral do Ministério Público responsável pelo caso, Francisco Miranda Chaves.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.