Quarta-feira, 15 de janeiro de 2014, atualizada às 11h51

Polícia Civil apresenta dono de quase meia tonelada de drogas, apreendidas na semana passada

Lucas Soares
Repórter
Victor Hugo

A Polícia Civil (PC) de Juiz de Fora realizou a prisão do suspeito de ser o proprietário de quase meia tonelada de drogas, apreendidas no último dia 6 de janeiro, dentro de dois carros no bairro Linhares, Zona Leste de Juiz de Fora. Victor Hugo Antunes da Silva, de 26 anos, assumiu a propriedade dos entorpecentes, disse que está no ramo há pouco mais de um mês e que trabalhava sozinho, revendendo apenas para usuários de Juiz de Fora. O suspeito se diz arrependido do que fazia.

De acordo com a delegada Sheila Aparecida Pedrosa de Melo Oliveira, o suspeito foi encontrado em uma casa no bairro Costa Carvalho pela Delegacia de Roubos. "A informação que tínhamos é que o suspeito estava fora da cidade. Por meio de monitoramento com os contatos locais dele, que chegamos até o local onde ele estava", afirma. Ainda de acordo com a delegada, existe a suspeita de que o homem não estava sozinho. "Não descartamos nenhuma hipótese, mas por enquanto, só podemos apresentar esta pessoa."

Ainda de acordo com Sheila, junto ao suspeito foram encontrados uma escopeta, calibre 12. "Realizar a repreensão ao tráfico é uma forma de combater a violência na cidade, visto que está tudo interligado", garante.

-
Quarta-feira, 15 de janeiro de 2014, atualizada às 11h51

Polícia Civil apresenta dono de quase meia tonelada de drogas, apreendidas na semana passada

Lucas Soares
Repórter
Victor Hugo

A Polícia Civil (PC) de Juiz de Fora realizou a prisão do suspeito de ser o proprietário de quase meia tonelada de drogas, apreendidas no último dia 6 de janeiro, dentro de dois carros no bairro Linhares, Zona Leste de Juiz de Fora. Victor Hugo Antunes da Silva, de 26 anos, assumiu a propriedade dos entorpecentes, disse que está no ramo há pouco mais de um mês e que trabalhava sozinho, revendendo apenas para usuários de Juiz de Fora. O suspeito se diz arrependido do que fazia.

De acordo com a delegada Sheila Aparecida Pedrosa de Melo Oliveira, o suspeito foi encontrado em uma casa no bairro Costa Carvalho pela Delegacia de Roubos. "A informação que tínhamos é que o suspeito estava fora da cidade. Por meio de monitoramento com os contatos locais dele, que chegamos até o local onde ele estava", afirma. Ainda de acordo com a delegada, existe a suspeita de que o homem não estava sozinho. "Não descartamos nenhuma hipótese, mas por enquanto, só podemos apresentar esta pessoa."

Ainda de acordo com Sheila, junto ao suspeito foram encontrados uma escopeta, calibre 12. "Realizar a repreensão ao tráfico é uma forma de combater a violência na cidade, visto que está tudo interligado", garante.

Quarta-feira, 15 de janeiro de 2014, atualizada às 11h51

Polícia Civil apresenta dono de quase meia tonelada de drogas, apreendidas na semana passada

Lucas Soares
Repórter
Victor Hugo

A Polícia Civil (PC) de Juiz de Fora realizou a prisão do suspeito de ser o proprietário de quase meia tonelada de drogas, apreendidas no último dia 6 de janeiro, dentro de dois carros no bairro Linhares, Zona Leste de Juiz de Fora. Victor Hugo Antunes da Silva, de 26 anos, assumiu a propriedade dos entorpecentes, disse que está no ramo há pouco mais de um mês e que trabalhava sozinho, revendendo apenas para usuários de Juiz de Fora. O suspeito se diz arrependido do que fazia.

De acordo com a delegada Sheila Aparecida Pedrosa de Melo Oliveira, o suspeito foi encontrado em uma casa no bairro Costa Carvalho pela Delegacia de Roubos. "A informação que tínhamos é que o suspeito estava fora da cidade. Por meio de monitoramento com os contatos locais dele, que chegamos até o local onde ele estava", afirma. Ainda de acordo com a delegada, existe a suspeita de que o homem não estava sozinho. "Não descartamos nenhuma hipótese, mas por enquanto, só podemos apresentar esta pessoa."

Ainda de acordo com Sheila, junto ao suspeito foram encontrados uma escopeta, calibre 12. "Realizar a repreensão ao tráfico é uma forma de combater a violência na cidade, visto que está tudo interligado", garante.