• Assinantes
  • Autenticação
  • Cidade

    Polícia apresenta suspeito de roubar empresa e fazer oito reféns no bairro Nova Era

    Jovem foi preso dias depois da ocorrência ao tentar roubar uma lan house no bairro Santa Lúcia

    Envie a sua foto pelo link SUA NOTÍCIA, clique aqui
    28/06/2016

    foto

    Um jovem, de 19 anos, foi apresentado como suspeito de envolvimento em um assalto a uma empresa de transporte e logística do bairro Nova Era, no dia 31 de dezembro de 2015. Na data, o rapaz e um comparsa armados com revólver fizeram oito funcionários reféns dentro da empresa e roubaram cerca de R$ 1.500, pertences e celulares das vítimas e vários documentos do local.

    O titular da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos da Polícia Civil, delegado Rafael Gomes, conta que no dia 5 de janeiro, o suspeito tentou outro roubo em uma lan house, no bairro Santa Lúcia, quando foi preso em flagrante. “Com andamento das investigações conseguimos associar o mesmo autor ao outro assalto na empresa de logística. As imagens das câmeras de vigilância foram muito importante para identificação. As testemunhas também fizeram o reconhecimento. Já o outro envolvido ainda não foi identificado”, explica.

    A delegada regional da Polícia Civil, Patrícia Ribeiro, fala sobre a importância da finalização de mais um inquérito com a apresentação do suspeito e reorganização das competências de investigação. “Operações estão sendo desencadeadas e a Delegacia Especializada de Roubos teve as atribuições diminuídas em relação ao número de ocorrências relacionadas na cidade. Isso se deve ao direcionamento das investigações de roubos a transeuntes as distritais, deixando crimes de roubos mais complexos, como a estabelecimentos comerciais, para a especializada. Em 30 dias tivemos 30 pessoas identificadas como autores de roubos, com conclusão de inquérito”, destaca.

    O delegado de Roubos afirma, ainda, que as denúncias anônimas ou direto na Delegacia, localizada no bairro Santa Terezinha, são fundamentais para que os processos de investigação tenham andamento. “Contamos com qualquer identificação ou informação importante, pois são a partir destes dados que conseguimos andar com os inquéritos. Neste caso, por exemplo, não descartamos que o preso possa estar envolvido em outros crimes de roubo, por isso a identificação é importante”.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.