Sexta-feira, 19 de setembro de 2014, atualizada às 11h11

Fórum de Segurança Pública busca alternativas para conter a violência em JF

Com a proposta de buscar alternativas para conterForum o avanço da violência em Juiz de Fora, autoridades, entidades empresariais, especialistas e representantes da sociedade civil se reúnem nesta sexta-feira, 19 de setembro, no 1º Fórum de Segurança de Juiz de Fora. O encontro é realizado na sede da 4ª Região Integrada de Segurança Pública (4ª Risp), localizada no bairro Santa Lúcia.

Após a abertura oficial pelo prefeito Bruno Siqueira (PMDB), o juiz presidente do Tribunal do Júri de Juiz de Fora José Armando da Silveira ministrou a palestra "Segurança Pública em Juiz de Fora: Panorama Atual e Desafios".

Durante o encontro, serão promovidas sete oficinas temáticas que debaterão temas relacionados à redução da criminalidade. Um documento com os problemas e as soluções apontados no fórum será apresentado à sociedade e aos veículos de comunicação na próxima terça-feira, 23, e encaminhado a autoridades estaduais e federais, além dos candidatos a governador.

As propostas levantadas por cada Grupo Temático (GT) resultarão em uma carta que evidencie as prioridades e aponte caminhos para reduzir os problemas na área da defesa social. Este documento tem a intenção de garantir ações efetivas de reforço da segurança em Juiz de Fora. Os participantes das oficinas já vêm se reunindo para estruturação dos temas. Eles foram escolhidos previamente de acordo com o vínculo entre sua área de atuação e o assunto analisado no GT.

Os sete eixos temáticos são: "O tráfico e o consumo de drogas em Juiz de Fora e o impacto da violência"; "Adolescente em conflito com a lei e a reincidência juvenil"; "Medo do crime e sensação de insegurança"; "Impunidade"; "Déficit do Sistema Prisional e Alternativas Penais"; "Reincidência criminal" e "Ações Imediatas Integradas".

-
Sexta-feira, 19 de setembro de 2014, atualizada às 11h11

Fórum de Segurança Pública busca alternativas para conter a violência em JF

Com a proposta de buscar alternativas para conterForum o avanço da violência em Juiz de Fora, autoridades, entidades empresariais, especialistas e representantes da sociedade civil se reúnem nesta sexta-feira, 19 de setembro, no 1º Fórum de Segurança de Juiz de Fora. O encontro é realizado na sede da 4ª Região Integrada de Segurança Pública (4ª Risp), localizada no bairro Santa Lúcia.

Após a abertura oficial pelo prefeito Bruno Siqueira (PMDB), o juiz presidente do Tribunal do Júri de Juiz de Fora José Armando da Silveira ministrou a palestra "Segurança Pública em Juiz de Fora: Panorama Atual e Desafios".

Durante o encontro, serão promovidas sete oficinas temáticas que debaterão temas relacionados à redução da criminalidade. Um documento com os problemas e as soluções apontados no fórum será apresentado à sociedade e aos veículos de comunicação na próxima terça-feira, 23, e encaminhado a autoridades estaduais e federais, além dos candidatos a governador.

As propostas levantadas por cada Grupo Temático (GT) resultarão em uma carta que evidencie as prioridades e aponte caminhos para reduzir os problemas na área da defesa social. Este documento tem a intenção de garantir ações efetivas de reforço da segurança em Juiz de Fora. Os participantes das oficinas já vêm se reunindo para estruturação dos temas. Eles foram escolhidos previamente de acordo com o vínculo entre sua área de atuação e o assunto analisado no GT.

Os sete eixos temáticos são: "O tráfico e o consumo de drogas em Juiz de Fora e o impacto da violência"; "Adolescente em conflito com a lei e a reincidência juvenil"; "Medo do crime e sensação de insegurança"; "Impunidade"; "Déficit do Sistema Prisional e Alternativas Penais"; "Reincidência criminal" e "Ações Imediatas Integradas".

Sexta-feira, 19 de setembro de 2014, atualizada às 11h11

Fórum de Segurança Pública busca alternativas para conter a violência em JF

Com a proposta de buscar alternativas para conterForum o avanço da violência em Juiz de Fora, autoridades, entidades empresariais, especialistas e representantes da sociedade civil se reúnem nesta sexta-feira, 19 de setembro, no 1º Fórum de Segurança de Juiz de Fora. O encontro é realizado na sede da 4ª Região Integrada de Segurança Pública (4ª Risp), localizada no bairro Santa Lúcia.

Após a abertura oficial pelo prefeito Bruno Siqueira (PMDB), o juiz presidente do Tribunal do Júri de Juiz de Fora José Armando da Silveira ministrou a palestra "Segurança Pública em Juiz de Fora: Panorama Atual e Desafios".

Durante o encontro, serão promovidas sete oficinas temáticas que debaterão temas relacionados à redução da criminalidade. Um documento com os problemas e as soluções apontados no fórum será apresentado à sociedade e aos veículos de comunicação na próxima terça-feira, 23, e encaminhado a autoridades estaduais e federais, além dos candidatos a governador.

As propostas levantadas por cada Grupo Temático (GT) resultarão em uma carta que evidencie as prioridades e aponte caminhos para reduzir os problemas na área da defesa social. Este documento tem a intenção de garantir ações efetivas de reforço da segurança em Juiz de Fora. Os participantes das oficinas já vêm se reunindo para estruturação dos temas. Eles foram escolhidos previamente de acordo com o vínculo entre sua área de atuação e o assunto analisado no GT.

Os sete eixos temáticos são: "O tráfico e o consumo de drogas em Juiz de Fora e o impacto da violência"; "Adolescente em conflito com a lei e a reincidência juvenil"; "Medo do crime e sensação de insegurança"; "Impunidade"; "Déficit do Sistema Prisional e Alternativas Penais"; "Reincidência criminal" e "Ações Imediatas Integradas".