• Assinantes
  • Autenticação
  • Cidade
    Quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017, atualizada às 11h49

    Trio é preso com pasta base avaliada em R$ 1,5 milhão em Juiz de Fora

    Lucas Soares
    Repórter

    A Delegacia Especializada Antidrogas da Polícia Civil de Juiz de Fora apreendeu, na tarde da última quarta-feira, 1º de fevereiro, 23 quilos de pasta base, além de materiais para o refino de cocaína. Se fosse vendida, a droga estaria avaliada em R$ 1,5 milhão.

    Segundo o delegado Rafael Gomes de Oliveira, responsável pela apreensão, a investigação começou há aproximadamente um mês. "A pasta base é oriunda do Mato Grosso, passava por São Paulo e chegava em Juiz de Fora, sendo distribuída para toda a cidade. Ontem entramos no imóvel onde estavam dois suspeitos e realizamos a apreensão da pasta base, que é a cocaína pura. Após o refino, o preço no varejo gira em torno de R$ 1,5 milhão", explica.

    Os dois suspeitos, ambos com 22 anos, encontrados no imóvel, localizado na rua Onofre Mendes, no Alto dos Passos, eram do Ceará. Um deles era responsável pela guarda e segurança das drogas, enquanto o outro cuidava da contabilidade e entrega do produto. "Ele recebia orientação dos "patrões", fazia cobranças e entregava. Encontramos também balança de precisão e material para embalar", conta. Ambos não têm antecedentes criminais.

    Um outro homem, 29, que seria um dos chefes do esquema, também foi preso. Enquanto era realizado o flagrante, o terceiro suspeito chegou ao local e fugiu, mas foi abordado pela Polícia Militar (PM). Com ele, foram encontrados quase R$ 23 mil em dinheiro. O suspeito já teve passagem por tráfico e posse de armas, sendo apelidado de "Senhor das Armas" no bairro Santa Cruz, na Zona Norte de Juiz de Fora. Uma mulher, proprietária de um imóvel na avenida Rio Branco, esta sendo procurada por parte do esquema.

    Por fim, o delegado detalhou como os traficantes montaram o esquema. "As drogas vinham para Juiz de Fora em um caminhão de uma empresa de cesta básica, em um fundo falso. Nós sabemos qual é essa empresa e vamos adotar as medidas legais. Temos diversas outras pessoas já identificadas e vamos pedir a prisão de todas elas", conclui.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.