Cães teráo espa?o nas praças dos bairros São Mateus e Bom Pastor

Por

Sexta-feira, 10 de abril de 2015, atualizada às 18h16

Cães terão espaço nas praças dos bairros São Mateus e Bom Pastor

cao

O projeto piloto de parques de lazer canino foi apresentado nesta sexta-feira, 10 de março, em coletiva na Prefeitura de Juiz de Fora. Lançado com o nome ParCão, a novidade será, inicialmente, implantada nas praças do bairro Bom Pastor e na Jarbas de Lery, no São Mateus. O espaço terá cercamento de canteiros, instalação de portão, bancos e lixeiras, além de placas com regras e normas de uso. As obras devem ser iniciadas em 15 dias, a princípio, no bairro São Mateus.

A iniciativa foi a pedido da organização Matilha de Cães na Praça, que levou a proposta para o ex-vereador e atual deputado estadual Noraldino Júnior. O representante legislativo fez apresentação do projeto à administração, que apoiou a iniciativa. A integrante do grupo, Valéria Ribeiro, conta que foram feitas reuniões com os representantes das associações dos bairros. "Verificamos primeiro se os moradores estariam de acordo com o projeto. A ideia surgiu de uma ocasião em que um morador com criança se sentiu inibido de ficar dentro de uma quadra fechada, porque outra pessoa estava com seu cachorro no local", explica.

O diretor geral do Demlurb, Marlon Martins, ressalta que este espaço será importante que os donos possam soltar seus animais sem incomodar outros frequentadores da praça. "Este é um projeto pioneiro em Minas e deve ser finalizado em 45 dias. Teremos regras para a utilização do espaço, que são fundamentais para que não haja conflitos". As regras que estarão expostas são: a obrigatoriedade de coleta das fezes do animal, proibição de cães desacompanhados, sendo que todos devem estar de coleira, fazer uso correto do portão de entrada, será proibido o acesso de cães por cima do cercamento e de cadelas no cio, o condutor deverá estar sempre perto do animal e não será permitida a entrada de ração ou alimentos para cães.

No parque canino de São Mateus ainda será construído uma rampa de acesso para o espaço, e outras áreas ainda serão futuramente avaliadas para novas implantações.

">
Sexta-feira, 10 de abril de 2015, atualizada às 18h16

Cães terão espaço nas praças dos bairros São Mateus e Bom Pastor

cao

O projeto piloto de parques de lazer canino foi apresentado nesta sexta-feira, 10 de março, em coletiva na Prefeitura de Juiz de Fora. Lançado com o nome ParCão, a novidade será, inicialmente, implantada nas praças do bairro Bom Pastor e na Jarbas de Lery, no São Mateus. O espaço terá cercamento de canteiros, instalação de portão, bancos e lixeiras, além de placas com regras e normas de uso. As obras devem ser iniciadas em 15 dias, a princípio, no bairro São Mateus.

A iniciativa foi a pedido da organização Matilha de Cães na Praça, que levou a proposta para o ex-vereador e atual deputado estadual Noraldino Júnior. O representante legislativo fez apresentação do projeto à administração, que apoiou a iniciativa. A integrante do grupo, Valéria Ribeiro, conta que foram feitas reuniões com os representantes das associações dos bairros. "Verificamos primeiro se os moradores estariam de acordo com o projeto. A ideia surgiu de uma ocasião em que um morador com criança se sentiu inibido de ficar dentro de uma quadra fechada, porque outra pessoa estava com seu cachorro no local", explica.

O diretor geral do Demlurb, Marlon Martins, ressalta que este espaço será importante que os donos possam soltar seus animais sem incomodar outros frequentadores da praça. "Este é um projeto pioneiro em Minas e deve ser finalizado em 45 dias. Teremos regras para a utilização do espaço, que são fundamentais para que não haja conflitos". As regras que estarão expostas são: a obrigatoriedade de coleta das fezes do animal, proibição de cães desacompanhados, sendo que todos devem estar de coleira, fazer uso correto do portão de entrada, será proibido o acesso de cães por cima do cercamento e de cadelas no cio, o condutor deverá estar sempre perto do animal e não será permitida a entrada de ração ou alimentos para cães.

No parque canino de São Mateus ainda será construído uma rampa de acesso para o espaço, e outras áreas ainda serão futuramente avaliadas para novas implantações.

Sexta-feira, 10 de abril de 2015, atualizada às 18h16

Cães terão espaço nas praças dos bairros São Mateus e Bom Pastor

O projeto piloto de parques de lazer canino foi apresentado nesta sexta-feira, 10 de março, em coletiva na Prefeitura de Juiz de Fora. Lançado com o nome ParCão, a novidade será, inicialmente, implantada nas praças do bairro Bom Pastor e na Jarbas de Lery, no São Mateus. O espaço terá cercamento de canteiros, instalação de portão, bancos e lixeiras, além de placas com regras e normas de uso. As obras devem ser iniciadas em 15 dias, a princípio, no bairro São Mateus.

A iniciativa foi a pedido da organização Matilha de Cães na Praça, que levou a proposta para o ex-vereador e atual deputado estadual Noraldino Júnior. O representante legislativo fez apresentação do projeto à administração, que apoiou a iniciativa. A integrante do grupo, Valéria Ribeiro, conta que foram feitas reuniões com os representantes das associações dos bairros. "Verificamos primeiro se os moradores estariam de acordo com o projeto. A ideia surgiu de uma ocasião em que um morador com criança se sentiu inibido de ficar dentro de uma quadra fechada, porque outra pessoa estava com seu cachorro no local", explica.

O diretor geral do Demlurb, Marlon Martins, ressalta que este espaço será importante que os donos possam soltar seus animais sem incomodar outros frequentadores da praça. "Este é um projeto pioneiro em Minas e deve ser finalizado em 45 dias. Teremos regras para a utilização do espaço, que são fundamentais para que não haja conflitos". As regras que estarão expostas são: a obrigatoriedade de coleta das fezes do animal, proibição de cães desacompanhados, sendo que todos devem estar de coleira, fazer uso correto do portão de entrada, será proibido o acesso de cães por cima do cercamento e de cadelas no cio, o condutor deverá estar sempre perto do animal e não será permitida a entrada de ração ou alimentos para cães.

No parque canino de São Mateus ainda será construído uma rampa de acesso para o espaço, e outras áreas ainda serão futuramente avaliadas para novas implantações.

Últimas Notícias