Nasce mais um cisne negro no Museu Mariano Procópio

Envie a sua foto pelo link SUA NOTÍCIA, clique aqui
5/04/2017


Nasceu, na última sexta-feira, 31 de março, mais um cisne negro no Museu Mariano Procópio. O filhote é de uma ninhada de apenas três ovos. No mês passado, nasceram quatro aves, que estão sob cuidados especiais em uma área isolada, onde devem ficar até completar 90 dias de vida.

Segundo a assessoria da prefeitura, dias após a choca do primeiro ovo, foi constatado que somente uma ave nasceria dessa ninhada. O filhote foi levado ao veterinário, que fez o trabalho de preparação do cisne para o manejo na área de isolamento, até que ele seja liberado para o lago. Para as próximas semanas, o Departamento de Planejamento e Manejo do Parque (DPMP) espera a chegada de mais filhotes, de uma ninhada de nove ovos.

As aves estão entre os destaques no paisagismo do Parque histórico, que possui uma coleção variada de espécies da flora e da fauna. Os cisnes negros, ao contrário de muitas outras aves aquáticas, não têm hábitos migratórios. Eles vivem cerca de 25 anos, formam famílias e passam a vida no local onde nasceram. Diante das necessidades específicas de acompanhamento, tratamento e controle dos animais que habitam o Museu, um veterinário monitora cada um deles, prestando os cuidados necessários.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.