• Assinantes
  • Cidade
    Quarta-feira, 8 de novembro de 2017, atualizada às 8h

    Campanha Papai Noel dos Correios começa nesta quarta-feira em Juiz de Fora

    Da redação

    Começa nesta quarta-feira, 8 de novembro, em Juiz de Fora, a Campanha Papai Noel dos Correios. Segundo a coordenadora do projeto, Maria do Carmo Lopes Maciel, a expectativa é cadastrar 11 mil cartinhas, que serão apadrinhadas na cidade. "São mais de 60 creches, escolas estaduais e municipais, do maternal ao 5° ano, que vão nos enviar as cartas de seus alunos", explica.

    De acordo com a Maria do Carmo, a data para a chegada simbólica do Papai Noel ainda não está confirmada, quando são lançados os tradicionais selos de Natal. "Apesar de não ter data certa para o lançamento, as cartas já podem ser apadrinhadas a partir desta quarta. Fazemos este trabalho de forma voluntária, e é gratificante. Acho muito bonito colocar o sorriso no rosto de uma criança".

    Realizada há 28 anos, a campanha tem como principal objetivo responder às cartas das crianças que escrevem ao Papai Noel e, sempre que possível, atender aos pedidos de presentes.

    Desde 2010, os Correios estabeleceram parcerias com escolas públicas, creches e abrigos que atendem crianças em situação de vulnerabilidade social. O objetivo é auxiliar no desenvolvimento da habilidade de redação de carta, de endereçar e usar corretamente o CEP.

    Como funciona

    As cartas enviadas pelas crianças são lidas e selecionadas. As que atenderem aos critérios da campanha são disponibilizadas para adoção na casa do Papai Noel ou em outras unidades da empresa. Os Correios não entregam cartas para adoção diretamente à população, em suas residências. Em Juiz de Fora, as cartas do Papai Noel dos Correios ficam disponíveis na agência da rua Marechal Deodoro 470, Centro., de segunda a sexta, das 9h às 17h, e aos sábados, das 9h às 12h.

    As cartinhas poderão ser apadrinhadas até o dia 2 de dezembro e a data limite para a entrega dos presentes destinados a cada carta adotada é de até 12 de dezembro, que deverão ser entregues nos Correios, que fará a distribuição, posteriormente. Não é permitida a entrega direta do presente e, para assegurar o cumprimento desse critério, o endereço da criança não é informado ao padrinho.

    Comboio do Bem

    Completando 17 anos, o Comboio do Bem também deu início, na última semana, ao apadrinhamento dos pedidos de Natal enviados ao Papai Noel, em parceria com a Campanha dos Correios. Neste ano, 439 cartinhas serão entregues no dia 8 de dezembro. A Escola Estadual Maria das Dores, Apae JF, Instituto Bruno e Instituto Vitória serão as instituições beneficiadas.

    As cartas estão disponíveis com os organizadores da iniciativa. Para quem não puder ler e separar uma cartinha, há a opção em contribuir com dinheiro. "Com a quantia que a pessoa se propor a ajudar, poderemos nós mesmos irmos às lojas e comprarmos o presente. Dependendo, conseguimos um poder de negociação maior com os comerciantes, podendo comprar os itens a um preço mais em conta", explica Wiliam Boy, um dos idealizadores da ação. "Normalmente, fazemos uma média de R$ 40 por cartinha. Umas custam menos, outras mais. Quem quiser ajudar, pode colaborar com este valor médio ou com a quantia que puder", destaca.

    O Comboio do Bem é formado por voluntários independentes, já mobilizados desde o mês de outubro. Além deles, participam também da ação: Exército, Bombeiros, Polícia Militar, Aeronáutica, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil, Marinha, Polícia Federal, Guarda Municipal, Settra e Correios.

    No dia 8, veículos de todas as entidades se reúnem e partem para cada uma das instituições atendidas para fazer a entrega dos presentes.


    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.